Comissão eleitoral do Corinthians recebe pedido de impugnação da candidatura de Citadini

4.0 mil visualizações 41 comentários Comunicar erro

Por Meu Timão

Antonio Roque Citadini é um dos quatro candidatos da oposição no Corinthians

Antonio Roque Citadini é um dos quatro candidatos da oposição no Corinthians

Meu Timão/Larissa Lima

Marcada para o dia 3 de fevereiro, a eleição para o novo presidente do Corinthians tem cinco candidatos confirmados, mas esse número pode sofrer alteração. Isso porque a comissão eleitoral do clube recebeu um pedido para impugnar a candidatura de Antonio Roque Citadini. A informação é do UOL Esporte.

O pedido foi feito por um sócio do clube, que não foi identificado pela reportagem. A justificativa apresentada por ele é o fato de Citadini fazer parte do Tribunal de Contas do Estado. A argumentação do associado é que este cargo é do mesmo nível de magistrados, proibidos, por estatuto, de competir a cargos administrativos no clube.

Leia também:
Saída de diretor coincide com surgimento de entraves em negociações do Corinthians
Nem Jô salva! Negociações de Corinthians e dois brasileiros viram gafe em cartaz da Florida Cup

O próximo passo da comissão é aguardar a defesa do candidato. Depois disso, o caso será analisado para que as providências cabíveis sejam tomada. Miguel Marques e Silva, presidente da comissão eleitoral, confirmou a existência da contestação à candidatura do oposicionista, que negou qualquer tipo de irregularidade.

"Vou contestar. Estão usando uma legislação superada. Já existe jurisprudência favorável a juízes e conselheiros (dos tribunais de contas). E não há nenhuma restrição no estatuto do clube. Se existe alguma queixa, ela deve ser apresentada ao tribunal, não ao Corinthians", disse Citadini, ao UOL Esporte.

Caso não tenha o processo de candidatura impugnado, Antonio Roque Citadini segue disputando a presidência alvinegra com outros quatro nomes: Andrés Sanchez, da situação, e Romeu Tuma Júnior, Felipe Ezabella e Paulo Garcia, todos da oposição.

Leia também as exclusivas com os candidatos:
Andrés Sanchez: "Institucionalmente o Corinthians deu uma parada"
Felipe Ezabella: "Clube ainda é muito dependente da receita de TV"
Antonio Roque Citadini: "O Corinthians é o Corinthians e basta"
Romeu Tuma Júnior: "Não faço promessas, assumo compromissos"

Veja mais em: Eleições no Corinthians.

Veja Mais:

  • Ralf volta ao plantel do Timão para o jogo desta quarta-feira

    Com três retornos, Corinthians confirma lista de relacionados contra o Goiás; veja provável time

    ver detalhes
  • Corinthians não tomou conhecimento do adversário e garantiu mais um título estadual

    Corinthians goleia Magnus fora de casa e garante título do Campeonato Paulista de Futsal

    ver detalhes
  • Treinador português corre risco de demissão no Monaco

    Possível interesse do Corinthians em técnico do Monaco repercute na Europa

    ver detalhes
  • Arena compete com outros sete estádios pela honraria de sediar a final continental

    Conmebol confirma Arena Corinthians como candidata para sediar final da Libertadores de 2020

    ver detalhes
  • Timão perdeu a primeira pelo NBB

    Corinthians perde para São Paulo em noite de atuação apática na estreia do NBB

    ver detalhes
  • Casagrande rebateu as entrevistas concedidas pelo treinador

    Casagrande culpa Carille por deficiências do elenco citadas pelo técnico: 'Má escolha dele'

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: