Em jogaço de quatro gols, Corinthians despacha Ferroviária e vai às oitavas da Copinha

Corinthians Corinthians 3 x 1 Ferroviária Ferroviária

Copa São Paulo 2018

Em jogaço de quatro gols, Corinthians despacha Ferroviária e vai às oitavas da Copinha

22 mil visualizações 114 comentários Comunicar erro

João Pedro comemora primeiro gol na Copinha; Timão segue embalado em busca do 11º título

João Pedro comemora primeiro gol na Copinha; Timão segue embalado em busca do 11º título

Foto: Reprodução/SporTV

Maior e atual campeão, o Corinthians está classificado para as oitavas de final da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Em duelo eletrizante disputado na noite deste domingo, na Arena Fonte Luminosa, em Araraquara, o Timãozinho derrotou a Ferroviária por 3 a 1. Os gols alvinegros foram de Lucas Minele, Rafael Bilu e João Pedro.

O triunfo foi construído pelo Corinthians já nos minutos iniciais, com Minele marcando da entrada da área. Bilu deixou o dele após belo lançamento de Fabricio Oya, um dos destaques do duelo. Já no período complementar, João Pedro, que acabara de deixar o banco de reservas, aproveitou vacilo da defesa adversária para fazer o terceiro.

Para o segundo mata-mata do Timão no campeonato, o técnico Dyego Coelho voltou a optar por William no lugar de Nathan, atacante que iniciou a Copinha como titular, mas perdeu espaço em razão das atuações discretas.

A equipe do Parque São Jorge foi a campo com a seguinte escalação: Diego, Samuel, João Victor, Ronald e Carlos Augusto; Lucas Minele e Renan Areias (capitão); Vitinho, Fabricio Oya e Rafael Bilu; William.

William foi titular outra vez

Meu Timão

Do outro lado, a Ferroviária, dirigida por Leonardo Mendes, encarou o maior vencedor da Copa São Paulo com Vitor Dias, Luan, Jordan, Maycon e Alex Silvério; Pedro do Rio, Pedro Guerreiro e Lauro; Maurício, Luis Henrique e Rafinha.

O próximo adversário do Corinthians já está definido: o Avaí, que eliminou o Red Bull Brasil nos pênaltis depois de empatar por 1 a 1 no tempo normal. A partida decisiva deve acontecer nesta terça-feira, com horário e local a serem confirmados pela Federação Paulista de Futebol (FPF).

Primeiro tempo

O Corinthians não demorou a mostrar porque é um dos favoritos ao título da Copinha. Pressionando a saída de bola da Ferroviária, Fabricio Oya fez bom desarme e rolou para Lucas Minele na entrada da área. O volante chutou colocado, no canto esquerdo do goleiro, e abriu o placar na Arena Fonte Luminosa.

Minele comemora gol diante da Ferroviária

Minele comemora gol diante da Ferroviária

Reprodução/SporTV

O tento logo no início não freou o ímpeto do Timãozinho, que passou a trocar passes com certa tranquilidade e, sem a bola, apostar nos contra-ataques em velocidade. Em praticamente todas as jogadas ofensivas, Fabricio Oya, o camisa 10 alvinegro, aparecia para dar opção, organizar o meio de campo e dar criatividade à equipe.

E foi dos pés dele que o Corinthians aumentou a vantagem ainda no primeiro tempo. Oya recebeu passe na intermediária e deu lindo lançamento para Rafael Bilu. Em velocidade, o ponta-direita ganhou da marcação, matou no peito e finalizou de canhota, ampliando a favor do atual campeão.

Rafael Bilu, camisa 11, celebra gol na Fonte Luminosa

Rafael Bilu, camisa 11, celebra gol na Fonte Luminosa

Reprodução/SporTV

A válvula de escape da Ferroviária estava no meia Rafinha. O camisa 10, porém, era cercado por corinthianos a cada toque na bola e mal conseguia ditar o ritmo do jogo. Após alguns contra-ataques sem sucesso do Timãozinho, a primeira etapa teve fim com saldo de 2 a 0 a favor da equipe preta e branca.

Segundo tempo

Corinthians e Ferroviária estavam dispostos a fazer da partida deste domingo uma das melhores de toda a Copa São Paulo. Já no início da segunda etapa, a equipe do interior se mandou para o ataque e descontou com Luis Henrique, que aproveitou rebote cedido pelo goleiro Diego e arrematou cruzeiro.

Diante da ameaça rival, Coelho mexeu rapidamente em seu time: sacou William e Vitinho para as respectivas entradas de João Pedro e Kaio Cristian. As alterações, para a alegria da Fiel presente em Araraquara, foram o fôlego que o Timãozinho necessitava para anotar o terceiro.

João Pedro, que acabara de entrar no embate, recebeu lançamento no campo de ataque, não tremeu diante do goleiro da Ferroviária e bateu firme, no alto, recolocando a vantagem do Corinthians em dois gols.

Coelho logo promoveria outras duas novidades. Tirou Minele, com dores no pé, e colocou Guilherme Borges. Em seguida, deu nova chance a Zé Gabriel, testado na vaga de Rafael Bilu.

A partir do terceiro gol alvinegro, o jogo perdeu velocidade, e tanto Corinthians quanto Ferroviária passaram a dosar as descidas ao ataque. Melhor para o time do Parque São Jorge, que se encaminhava nova classificação no torneio, desta vez para as oitavas de final.

Ainda teve tempo de Coelho colocar o meia Ramonzinho em campo. O jovem canhoto entrou na vaga de Fabricio Oya com o objetivo de colocar a bola no chão e fazer do cronômetro “amigo” do Corinthians. E ficou assim. Nova vitória, nova classificação, e Timãozinho embalado em nova campanha no principal torneio de base do país.

Vai, Corinthians!

Veja mais em: Crônica, Corinthians Sub-20, Copinha, Base do Corinthians, Dyego Coelho e Fabricio Oya.

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes