Coelho se empolga com vitória do Corinthians, aponta diferencial e explica estratégia

Coelho se empolga com vitória do Corinthians, aponta diferencial e explica estratégia

Por Meu Timão

4.1 mil visualizações 49 comentários Comunicar erro

Coelho gostou do que viu no último domingo na Arena Fonte Luminosa

Coelho gostou do que viu no último domingo na Arena Fonte Luminosa

Foto: Rodrigo Gazzanel/ Ag. Corinthians

A vitória de 3 a 1 do Corinthians sobre a Ferroviária pela terceira fase da Copa São Paulo de Futebol Júnior encheu de orgulho o técnico Dyego Coelho. O comandante do Sub-20 do Timão viu tal atuação como a melhor de sua equipe na atual edição do torneio.

Em entrevista coletiva concedida após o jogo, no fim de noite desse domingo, Coelho enalteceu o espírito de garra dos jovens corinthianos.

"Foi sem dúvida (a melhor partida na Copinha) porque nós competimos, essa é a realidade. Tecnicamente nós tivemos alguns jogadores que foram realmente muito bem, mas o que me deixa mais feliz e é o que eu peço para eles, é que quando você toma um gol no Corinthians, você precisa competir", declarou.

Leia também:
De volta ao Brasil, Carille se aprofundará na análise dos meninos na Copinha
Início do Paulistão, mata-matas na base e vôlei: a programação semanal do Corintihans
Dono de atuação inspirada, Oya é eleito craque da partida; meia 'serviu' assistências

"Todo mundo quer ganhar do Corinthians, a gente sabe disso. Competindo, a gente tem uma chance maior. Foi o melhor jogo taticamente e tecnicamente, mas também foi nosso melhor jogo competindo com o adversário e eu fico muito feliz com isso", completou.

Chama atenção o fato de a grande atuação corinthiana ter sido registrada justamente contra a equipe que mais se aproximou de tirar a invencibilidade de quatro anos do Timãozinho no torneio: na fase de grupos, a Ferroviária vencia o Corinthians por 1 a 0 até o último lance da partida, quando Ramonzinho garantiu o empate para os comandados de Coelho.

"Ficamos praticamente um dia e meio estudando (a Ferroviária) e os gols saíram da maneira que a gente programava que tinha que sair. Só assim para a gente ganhar do time da Ferroviária, que é muito qualificado (...) O que tivemos que fazer foi descer o time um pouco mais para não ficar toda hora a gente pressionando. Jogando de dois em dois dias, você tem que armar uma maneira de recuperá-los dentro do jogo e você esperando o adversário, uma hora ou outra te dá um fôlego maior", explicou o treinador corinthiano.

E todo o estudo que serviu de base para a vitória sobre a Ferroviária já está sendo utilizado com foco no próximo adversário: o Timãozinho mede forças contra o Avaí pelas oitavas de final da Copinha nesta terça-feira à noite, a partir das 19h15, na Fonte Luminosa, em Araraquara.

"O Gabriel, que é nosso chefe de análise e desempenho. Guilherme, que é o Analista e o Sid, que é o analista, eles já estão trabalhando no jogo do Avaí. Nós já temos praticamente tudo, só falta a gente chegar no hotel e ver o que a gente vai passar para os jogadores de feedback sobre o nosso próximo adversário", afirmou Coelho.

"Agora é sentar, não temos tempo para curtir uma vitória pois já temos um jogo importante, contra uma grande equipe que é o Avaí, que tem qualidade. É mais uma batalha, vamos ter que entrar concentrado, competindo mais uma vez e a gente espera ser classificado mais uma vez", acrescentou.

Veja mais em: Dyego Coelho, Corinthians Sub-20, Copinha e Base do Corinthians.

Veja Mais:

  • Nathan fez o gol do Corinthians contra o Palmeiras, pelo Brasileiro Sub-20

    Corinthians enfrenta o Palmeiras pelo Paulista Sub-20 em término de sequência contra o rival

    ver detalhes
  • A Fiel levou bom público à Arena Corinthians neste sábado, contra o Grêmio

    Corinthians anuncia promoção para jogo em dia do aniversário do clube; venda começa segunda-feira

    ver detalhes
  • 'Nem Pedrinho salva...': Timão não foi páreo para o Grêmio na noite deste sábado

    Pobre tecnicamente, Corinthians é derrotado pelo Grêmio no fim do primeiro turno

    ver detalhes
  • Walter 'voa' para afastar perigo de gol do Grêmio; nem arqueiro evitou revés em casa

    Walter evita o pior, e Loss é eleito 'vilão': as avaliações do revés corinthiano

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes