Acostumado a jogar com camisa 11, Sheik revela ideia 'irada' sobre novo número

Acostumado a jogar com camisa 11, Sheik revela ideia 'irada' sobre novo número

79 mil visualizações 182 comentários Comunicar erro

Sheik recebeu camisa das mãos do gerente de futebol Alessandro Nunes

Sheik recebeu camisa das mãos do gerente de futebol Alessandro Nunes

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Apresentado como reforço do Corinthians nesta sexta-feira, no CT Joaquim Grava, Emerson Sheik já tem em mente qual número de camisa deseja utilizar ao longo de sua segunda passagem pelo clube. O atacante, que ganhou Copa Libertadores e Mundial pelo Timão com o 11 às costas, sabe que a numeração pertence ao concorrente Ángel Romero atualmente. Até por isso, tratou de ter uma ideia “irada”, segundo ele.

“Eu sempre joguei com a 11 em todos os lugares que passei. No Botafogo eu joguei com a 7. O presidente pediu para eu jogar com a camisa que era do Garrincha, sei lá (risos). Não era da minha época. Mas a minha volta ao Corinthians me fez entender que eu simplesmente só quero vestir a camisa do Corinthians, independentemente de número. Poder representar 40 milhões de torcedores já é o máximo. Eles estão até vendo o número. Eu tive uma ideia irada, não sei se vai agradar”, revelou Sheik.

Ainda assim, o atacante, hoje com 39 anos, logo contou que pretende vestir a camisa 77, em alusão ao histórico título do Paulistão de 1977, vencido pelo Corinthians após jejum de quase 23 anos. Em 2017, 40 depois daquela vitória sobre a Ponte Preta, o Timão promoveu inúmeras ações a fim de celebrar tal conquista.

“Não sei se posso falar... Não sei se vai ser. Inclusive, acho que não vai dar. Mas tive ideia da 77, que seria uma homenagem ao título de 77, aí implica em outras coisas, há competições que não permitem esse número. Vamos chegar a um número”, prometeu.

Sheik assinou com o Corinthians até o fim de junho. Entre outros assuntos, o ídolo corinthiano falou sobre a desconfiança de parte da torcida e da imprensa perante seu retorno, de uma possível renovação com o Timão e do reencontro com a Fiel na Arena Corinthians no ano passado, quando atuava pela Ponte Preta.

Veja mais em: Emerson Sheik, Romero, Títulos do Corinthians, Jogos Históricos, História do Corinthians e Ídolos do Corinthians.

Veja Mais:

  • Gustavo Silva foi apresentado oficialmente nesta terça-feira

    Com pedido por mudança de apelido, Corinthians apresenta Gustavo Silva no CT

    ver detalhes
  • Time de Jair Ventura troca muitos passes, mas não consegue criar oportunidades

    Muitos passes, poucas finalizações: números evidenciam falta de criatividade do Corinthians

    ver detalhes
  • Andrés Sanchez bancou Jair Ventura para a temporada 2019

    Andrés garante Jair Ventura em 2019, mas admite preocupação com situação do Corinthians

    ver detalhes
  • Fessin está no Corinthians há quatro meses e já é um dos destaques do Sub-20

    Aparelhos eletrônicos são motivação curiosa de Fessin em início goleador no Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes