Queda de energia em clássico com Corinthians causa afastamento de diretor do Pacaembu

Queda de energia em clássico com Corinthians causa afastamento de diretor do Pacaembu

Por Meu Timão

3.1 mil visualizações 39 comentários Comunicar erro

Após apagão no Pacaembu, Timão cedeu empate ao Santos

Após apagão no Pacaembu, Timão cedeu empate ao Santos

Foto: Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

Diretor do Estádio Paulo Machado de Carvalho, o Pacaembu, José Eduardo Gomes foi afastado nesta segunda-feira pela Secretaria Municipal de Esportes e Lazer de São Paulo. A saída de Eduardo Gomes, a princípio temporária, está diretamente relacionada à queda de energia no estádio durante o clássico entre Santos e Corinthians disputado no domingo à tarde, pelo Campeonato Paulista.

Aos 21 minutos do segundo tempo, a partida foi paralisada pelo árbitro Luiz Flávio de Oliveira por conta da queda parcial da luz. O problema persistiu por aproximadamente 50 minutos, quando, enfim, os demais postes iluminação foram desligados para que a energia fosse restabelecida. O jogo terminou empatado por 1 a 1.

Em nota oficial divulgada à imprensa nesta segunda, a Secretaria de Esportes, administrada pela gestão do prefeito João Doria, também informou que um relatório preliminar indicou como causa do incidente um “problema na cabine primária” do Pacaembu. Tal problema pode ser consequência da oscilação da rede alimentada pelo Eletropaulo, que é uma empresa privada.

Também com relação à empresa, a Secretaria fez cobranças e sugeriu que um novo circuito elétrico seja instalado na região do Pacaembu – leia a nota na íntegra abaixo.

Leia também:
Apagão prejudica, e Corinthians cede empate ao Santos em clássico no Pacaembu
Com presença de Doria, clássico entre Santos e Corinthians é paralisado por falta de luz

Essa não foi a primeira vez que o estádio registrou falta de luz em 2018. Em suma, cinco das oito partidas realizadas no local acabaram prejudicadas pelo mesmo contratempo, entre elas as vitórias do Timão sobre São Caetano (0 a 4) e Ferroviária (2 a 1), além do clássico.

O Corinthians volta a campo nesta quarta-feira, diante do Mirassol, às 21h45, pela 11ª rodada do Paulistão. O compromisso está marcado para a Arena Corinthians.

Leia a nota oficial

Após reunião nesta segunda-feira (5) para elaboração de um relatório preliminar sobre os problemas ocorridos no Estádio Paulo Machado de Carvalho neste domingo (4), a Secretaria Municipal de Esportes e Lazer resolveu afastar o diretor do Pacaembu, José Eduardo Gomes. Decidiu também solicitar à Eletropaulo que estude a instalação de um novo circuito elétrico na região do Pacaembu, tendo em vista que o estádio é um consumidor final de linha e recebe carga instável. Essa instabilidade torna necessário que os clubes que mandam jogos no estádio providenciem gerador para a partida.

O relatório preliminar elaborado hoje apontou que houve um problema na cabine primária, que é um equipamento do próprio estádio. Essa falha pode ter ocorrido em razão de oscilação na rede da Eletropaulo, da energia do gerador ou ainda por um erro do próprio equipamento. Em virtude disso, será feita uma análise completa da cabine primária. Todos os jogos passarão, a partir de agora, a ser acompanhados por um engenheiro e equipe técnica da Eletropaulo.

Veja mais em: Corinthians x Santos e Campeonato Paulista.

Veja Mais:

  • Emprestado pelo Corinthians, Gustagol é o artilheiro do futebol brasileiro em 2018

    Gustavo tem mais gols em jogos oficiais que todos os atacantes do Corinthians somados

    ver detalhes
  • Tite durante a histórica goleada sofrida pelo Corinthians para a Portuguesa em 2013

    Corinthians se aproxima de sequência negativa que quase fez Tite se demitir

    ver detalhes
  • Vôlei alvinegro começa sua caminhada na Superliga nesta semana

    Brasileirão, estreia na Superliga e final no feminino: a semana de compromissos do Corinthians

    ver detalhes
  • Atacante já marcou dez gols na atual edição da Serie B e deve chegar ao Timão

    Torcida do Corinthians repercute possível acerto com André Luis para 2019; veja tuítes

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes