'Sidriguinho' dá show, Corinthians goleia Paraná em Curitiba e assume liderança do Brasileirão

Corinthians Corinthians 4 x 0 Paraná Clube Paraná Clube

Brasileiro 2018

'Sidriguinho' dá show, Corinthians goleia Paraná em Curitiba e assume liderança do Brasileirão

55 mil visualizações 456 comentários Comunicar erro

Sidcley marcou o segundo gol do Corinthians (e deu assistência para o primeiro)

Sidcley marcou o segundo gol do Corinthians (e deu assistência para o primeiro)

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Numa espécie de roteiro adaptado do sucesso sertanejo Apelido Carinhoso, de Gusttavo Lima, o Corinthians venceu o Paraná Clube por 4 a 0 na manhã deste domingo, na Vila Capanema, em Curitiba, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. E o destaque ficou por conta de Sidcley e Rodriguinho, autores de um gol e uma assistência cada. Ou melhor: Sidriguinho! Ah... E também brilhou a estrela do "ex" Clayson.

Há pouco tempo quem ditava o ritmo pela ala esquerda do Corinthians eram Sidcley e Clayson, apelidados carinhosamente de Sidclayson pela Fiel. A dupla passou por um término recente, proposto pelo técnico Fábio Carille para o jogo deste fim de semana (leia mais abaixo). Mais rápido do que na música de Gusttavo Lima, Rodriguinho surgiu para arrumar o tal sentimento pendente, que mal teve tempo de balançar a mente do lateral-esquerdo.

E no roteiro adaptado proposto pelo Corinthians, surgiu Clayson diretamente do banco de reservas para mostrar que ex também supera! E se não rola mais dupla com o lateral-esquerdo, que venha o direito: foi com assistência de Fagner que o atacante marcou seu gol - e ainda houve tempo para também dar assistência, desta vez para tento de Gabriel.

E convenhamos: nessa história, não há ninguém mais ou menos complicado! Jogando o fino da bola, o Corinthians de Sidriguinho, Sidclayson, Fagner, Gabriel e mais quem quiser entrar nesse romance assumiu a liderança do Brasileirão com a vitória deste domingo: são seis pontos conquistados e 100% de aproveitamento até aqui - cabe ressaltar que os resultados dos jogos ainda pendentes na rodada podem alterar a posição do Timão na classificação caso alguém iguale a pontuação e supere os atuais cinco gols do saldo alvinegro.

Vale agora explicar o tal término recente! O Corinthians entrou em campo escalado com três modificações em relação à equipe que iniciou a partida de quarta-feira, contra o Independiente, pela Libertadores: além da saída de Clayson para a entrada de Mateus Vital, também deixaram a equipe Ralf e Maycon dando lugar a Gabriel e Renê Júnior.

Assim, o Timão foi definido por Carille, no esquema 4-2-4, com: Cássio, Fagner, Balbuena, Henrique e Sidcley; Gabriel, Renê Júnior, Romero, Jadson (capitão), Rodriguinho e Mateus Vital.

Dando sequência à maratona de jogos "quarta e domingo", o Corinthians já volta a campo nesta quarta-feira, às 19h30, contra o Vitória, no Barradão, em Salvador, pela ida das oitavas de final da Copa do Brasil. No próximo domingo, contra o Atlético-MG, o Timão retorna ao Brasileirão.

Primeiro tempo

Verdade seja dita: o Corinthians não fez lá muita questão de pressionar o Paraná na primeira metade da etapa inicial. Pelo contrário, aliás: os donos da casa, empurrados pelas lotadas arquibancadas da Vila Capanema, é que ditavam o ritmo do jogo.

O auge da ofensiva paranista foi um chute cruzado de Raphael Alemão precedido de lindo (e eficiente) chapéu em Balbuena. A partir daí, porém...

Só deu Timão! O Corinthians parece ter acordado em meados do primeiro tempo. E nesse cenário não demorou nem um pouco para os comandados de Carille abrirem o placar: aos 25 minutos, Jadson ligou Sidcley, que tabelou com Vital na entrada da área. O lateral então aproveitou a saída indecisa do goleiro Richard e cruzou para Rodriguinho. Livre na pequena área, o artilheiro corinthiano só teve o trabalho de empurrar a bola para o fundo do gol.

Rodriguinho abriu o placar para o Corinthians no duelo contra o Paraná

Rodriguinho abriu o placar para o Corinthians no duelo contra o Paraná

Reprodução/TV

A Fiel ainda comemorava quando, no minuto seguinte, Sidcley voltou e brilhar e marcou um golaço. O lateral roubou a bola na defesa e rapidamente tocou para Vital, que também sem enrolação tratou de rolar para Rodriguinho. O meia, então, retribuiu o presente do lance anterior e fez lançamento para Sidcley, que driblou Raphael Alemão, avançou em direção ao goleiro Richard e estufou as redes paranistas.

E por pouco o Corinthians não foi para o intervalo com goleada parcial no placar. Aos 41, Rodriguinho recebeu lançamento de Jadson e tentou encobrir Richard. A bola passou por cima do travessão, para frustração do camisa 26. Se bem que juntar frustração e Rodriguinho numa mesma frase na atual fase do jogador... Melhor deixar pra lá!

Segundo tempo

Ciente da grande vantagem no marcador construída nos primeiros 45 minutos, o Corinthians voltou do vestiário com a clara missão de cozinhar o jogo e assim valorizar sua vitória parcial. A defesa travava as tentativas de subidas do Paraná. O ataque ora ou outra se arriscava, sem no entanto criar grandes oportunidades de gol. Nesse sentido, Carille decidiu tirar Jadson e colocar Clayson em campo, deslocando assim Vital para o meio de campo, mais próximo de onde Rodriguinho costuma se postar. E assim o Timão goleou!

Aos 34 minutos, Fagner recebeu boa bola de Romero e cruzou com perfeição para Clayson. O atacante, então, apareceu livre no segundo pau par balançar as redes.

Cinco minutos depois, foi a vez de Clayson fazer as vias de garçom. O atacante deitou e rolou pela esquerda e cruzou rasteiro para Gabriel. Como elemento surpresa, o volante mostrou desenvoltura de artilheiro e bateu com precisão para fechar o placar!

Cabe ainda registrar outras duas substituições feitas por Carille nos minutos finais da partida: Marquinhos Gabriel e Pedrinho entraram nas vagas de Ángel Romero e Mateus Vital. Mas numa goleada como na deste domingo, não havia mais espaço para nenhum outro protagonista. Fim de jogo na Vila Capanema!

Veja mais em: Campeonato Brasileiro, Clayson, Sidcley, Rodriguinho e Gabriel.

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes