Em nota oficial, Carille admite generalização e se desculpa com imprensa por desabafo em coletiva

44 mil visualizações 238 comentários

Por Meu Timão

Assessoria do treinador divulgou nota oficial na manhã desta terça-feira

Assessoria do treinador divulgou nota oficial na manhã desta terça-feira

Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

No último domingo, Fábio Carille subiu o tom ao falar sobre a possibilidade de fechar com o Al-Hilal e deixar o Corinthians. Além de negar qualquer proposta (mas admitir sondagens) por parte dos árabes, o comandante alvinegro afirmou que grande parte da imprensa mente. Nesta terça-feira, no entanto, o técnico teve nota oficial publicada por sua assessoria, se desculpando pela generalização do discurso.

"Na coletiva, eu disse que 'grande parte da imprensa mente'. Li, sim, mentiras a meu respeito. Uma parte da imprensa errou, sim, nesta última semana. Não foi a maioria, porém. Então, exagerei ao generalizar em meu comentário. Por isso, peço desculpas", afirmou - confira nota na íntegra abaixo.

As declarações de Carille no último domingo não foram bem recebidas pela imprensa. Na segunda, a ACEESP (Associação dos Cronistas Esportivos do Estado de São Paulo) emitiu nota de repúdio questionando as afirmações feitas pelo treinador do Corinthians.

"Recebi a nota de repúdio emitida pela Aceesp e respeito as colocações da entidade. Sempre respeitei o trabalho da imprensa e fiz questão de tratar os jornalistas da melhor forma possível. Como já me manifestei com relação aos meus incômodos neste caso, e os jornalistas, por meio de sua associação, fizeram o mesmo, encaro essa questão como encerrada", pontuou Carille.

Durante a semana, vale lembrar, a imprensa repercutiu muito a possibilidade de o treinador se juntar ao Al-Hilal. Em entrevista, até o pai de Carille admitiu a chance de o filho deixar o Corinthians rumo à Arábia Saudita.

Confira nota oficial de Fábio Carille na íntegra

"No último domingo, concedi entrevista coletiva após o empate com o Sport, em Recife, e expus alguns pontos que haviam me incomodado com relação à postura da imprensa ao noticiar uma possível proposta do Al-Hilal, da Arábia Saudita, pelo meu trabalho.

Na coletiva, eu disse que 'grande parte da imprensa mente'. Li, sim, mentiras a meu respeito. Uma parte da imprensa errou, sim, nesta última semana. Não foi a maioria, porém. Então, exagerei ao generalizar em meu comentário. Por isso, peço desculpas.

Recebi a nota de repúdio emitida pela Aceesp e respeito as colocações da entidade. Sempre respeitei o trabalho da imprensa e fiz questão de tratar os jornalistas da melhor forma possível. Como já me manifestei com relação aos meus incômodos neste caso, e os jornalistas, por meio de sua associação, fizeram o mesmo, encaro essa questão como encerrada".

Veja mais em: Fábio Carille.

Veja Mais:

  • Grupo com maioria de palmeirenses compareceu a ato contra corinthianos na Avenida Paulista

    Grupo responde manifestação pró-democracia de corinthianos em tom de ameaça

    ver detalhes
  • Corinthians corre risco de cruzeirar e também ter pontuação negativa no brasileirão?

    VÍDEO: Corinthians corre risco de cruzeirar e também ter pontuação negativa no brasileirão?

    ver detalhes
  • Carlão vestiu as cores do Corinthians entre 2005 e 2008

    Título, queda e reestruturação: Carlão relembra trajetória de extremos no Corinthians

    ver detalhes
  • Atacante teve passagem curta no Fortaleza antes de rumar à Europa

    Setorista do Fortaleza se surpreende com iminente chegada de Léo Natel ao Timão: 'Bom para Série B'

    ver detalhes
  • 'Quero ir embora!': Cássio só não saiu do Corinthians por um motivo

    VÍDEO: 'Quero ir embora!': Cássio só não saiu do Corinthians por um motivo

    ver detalhes
  • Roberto de Andrade explica contratação de quarteto no Corinthians e cita até problema familiar

    VÍDEO: Roberto de Andrade explica contratação de quarteto no Corinthians e cita até problema familiar

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: