Advogado de Juninho fala em 'absurdo' e promete processar Corinthians

Advogado de Juninho fala em 'absurdo' e promete processar Corinthians

Por Meu Timão

25 mil visualizações 181 comentários Comunicar erro

Com histórico de problemas extracampo, Juninho não será jogador do Sub-20 do Corinthians

Com histórico de problemas extracampo, Juninho não será jogador do Sub-20 do Corinthians

Foto: Williams Aguiar/Sport

O “caso Juninho” deve render dor de cabeça ao Corinthians. Advogado do atacante, Ernesto Cavalcanti promete processar o Timão pelo fato de o clube ter desistido de contratar seu cliente, acusado de agredir a ex-noiva no fim de 2017.

“Conversei agora há pouco com Juninho, que está tranquilo diante deste absurdo. Ele foi duas vezes para o Corinthians. Hoje eu passei a tarde toda conversando com o jurídico do Corinthians. Estamos entrando com a ação indenizatória por conta desse absurdo”, declarou o advogado à Rádio Jornal.

O caso

Promessa do Sport, Juninho teve o empréstimo ao Sub-20 do Corinthians anunciado pela equipe de Recife na noite da última segunda-feira. O atacante assinaria contrato válido até dezembro de 2019 com o Timão, com opção de compra ao término do período.

Rapidamente, porém, milhares de corinthianos protestaram contra a contratação do atleta nas redes sociais. O motivo? O episódio de agressão protagonizado por ele em outubro passado, quando foi detido sob acusação de ter batido e ameaçado de morte a ex-namorada.

A repercussão negativa da negociação fez com que o Corinthians, que planejava utilizar o jogador nas categorias de base, desistisse de última hora. Juninho chegou a desembarcar em São Paulo na tarde desta quinta-feira, mas não mais será jogador do Timão.

Para Cavalcanti, a decisão tomada pela diretoria do Timão abre pretexto para ação indenizatória:

“Não se faz isso com um ser humano. Esta pena que estão impondo a Juninho é infinitamente maior do que a pena que o Código Penal pode impor a ele. Estão execrando o rapaz, colocando-o na sarjeta”, lamentou o especialista.

Estão tentando, mas não vão conseguir transformar esse jovem em um bandido. Ele não é bandido. Ele cometeu um erro e está tentando se recuperar. Mas não querem deixar. Para isto, eu vou acionar judicialmente cobrando uma ação do Corinthians pelo absurdo cometido”.

Edimar Ribeiro da Costa Júnior, o Juninho, nasceu em Amarante, no Piauí, em 26 de fevereiro de 1999. O atacante disputou 37 partidas e marcou sete gols com a camisa do Sport, para onde deve retornar. Ele estava emprestado ao Ceará.

Veja mais em: Diretoria do Corinthians.

Veja Mais:

  • Corinthians de Romero foi derrotado pelo Grêmio por 1 a 0 no fim do primeiro turno

    Cruzeiro só empata, Corinthians mantém posição, mas vê distância para o G6 aumentar

    ver detalhes
  • Fessin anotou o único gol do Corinthians no José Liberatti

    Com goleiro Filipe, Corinthians sai atrás, empata, mas é superado pelo Palmeiras no Paulista Sub-20

    ver detalhes
  • Corinthians caiu para o Grêmio, na Arena Corinthians

    Corinthians chega a 16 derrotas em 2018; falta uma para igualar pior temporada nesta década

    ver detalhes
  • Time comandado por Arthur Elias conquistou nova vitória na temporada de 2018

    Cacau sai do banco, marca golaço e dá vitória ao Corinthians feminino fora de casa

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes