De vice-líder a oitavo colocado: o que mudou desde o último Corinthians e Ceará no Brasileirão

1.5 mil visualizações 20 comentários

Por Meu Timão

Último duelo entre Corinthians e Ceará terminou com empate de 1 a 1

Último duelo entre Corinthians e Ceará terminou com empate de 1 a 1

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Quase cinco meses após o primeiro duelo no Brasileirão de 2018, Corinthians e Ceará voltam a se enfrentar no returno da competição nacional nesta quarta-feira, às 20h, no estádio Castelão. Muita coisa mudou desde o empate de 1 a 1 entre as equipes, no dia 6 de maio, em plena Arena Corinthians. E o balanço não é exatamente positivo para o Timão.

Ainda comandado pelo técnico Fábio Carille, o Corinthians recebeu o Ceará em Itaquera desfalcado pelo zagueiro Balbuena, pelo lateral Fagner, pelo atacante Romero e pelos meias Jadson, Rodriguinho e Mateus Vital. Com isso, enfrentou os cearenses com: Cássio, Guilherme Mantuan, Pedro Henrique, Henrique e Sidcley; Gabriel e Maycon; Marquinhos Gabriel, Danilo e Pedrinho; Roger.

Nesta quarta-feira, já sob o comando do ex-auxiliar e atual técnico Osmar Loss, o Corinthians também irá sofrer com desfalques. O goleiro Cássio acabou cortado por dores nas costas e aparece como baixa ao lado do zagueiro Pedro Henrique - que já assumiu a titularidade -, que trata uma pancada no joelho. O Timão deve entrar com: Walter, Guilherme Mantuan, Léo Santos, Henrique e Danilo Avelar; Ralf e Douglas (Gabriel); Pedrinho, Jadson e Romero; Roger.

Leia também: Corinthians tem mistério e rachão no último treino antes de pegar Ceará

Fora as mudanças no elenco, o Corinthians também enfrenta uma situação oposta da que vivia quando enfrentou o Ceará no primeiro turno do Brasileirão. Em 6 de maio de 2018, a equipe de Fábio Carille (que seguiu para o futebol da Arábia Saudita dias após o empate em Itaquera) era vice-líder do torneio nacional. Até o momento eram sete pontos conquistados em quatro rodadas disputadas.

Se na ocasião a Fiel já vislumbrava o atual campeão brasileiro Corinthians na disputa direta pelo título nacional deste ano, hoje a expectativa é outra. O time de Osmar Loss é o oitavo colocado da competição, com 30 pontos somados. São 16 pontos a menos que o líder São Paulo.

Eliminado da Libertadores durante as oitavas de final, o Corinthians de setembro de 2018 busca se fixar ao menos entre os seis melhores colocados do Brasileirão, para garantir uma vaga na edição 2019 do torneio.

Uma vitória em Fortaleza, nesta quarta-feira, pode garantir dar Corinthians ao menos o sétimo lugar do Brasileirão. A posição atualmente é ocupada pelo Cruzeiro, com 31 pontos, que enfrenta o Botafogo na atual rodada da competição. Além disso, o Timão encostaria no seu objetivo principal: o G6 da tabela. O último colocado da zona, Atlético-MG, soma 35 pontos.

Veja mais em: Campeonato Brasileiro.

Veja Mais:

  • O Corinthians enfrenta o Palmeiras em busca do tetracampeonato paulista

    Corinthians visita Palmeiras em busca do tetracampeonato paulista; saiba tudo

    ver detalhes
  • Bruno Méndez e Lucas Piton durante o último treino do Corinthians antes da final do Paulista

    Corinthians finaliza preparação para decisão do Paulista; veja provável escalação contra Palmeiras

    ver detalhes
  • Segredo do Corinthians de Tiago Nunes e antecipação da venda de Carlos Augusto | #RMT

    VÍDEO: Segredo do Corinthians de Tiago Nunes e antecipação da venda de Carlos Augusto | #RMT

    ver detalhes
  • Cássio concedeu entrevista coletiva no início da tarde desta sexta-feira no CT Joaquim Grava

    Cássio celebra entrada no seleto grupo dos dez jogadores que mais atuaram pelo Corinthians

    ver detalhes
  • Fagner e Ramiro durante a final do Paulistão 2020

    [Publi] Apostadores apontam Palmeiras como favorito, mas Corinthians vai em busca do tetra

    ver detalhes
  • Carlos pode rumar ao futebol italiano nos próximos dias, após o fim do Paulistão

    Portal italiano diz que Monza espera Carlos ainda neste mês para exames; dirigente admite interesse

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: