Jair descreve provável posicionamento de Díaz e explica 'idas e vindas' de Matias ao Sub-20

Jair descreve provável posicionamento de Díaz e explica 'idas e vindas' de Matias ao Sub-20

Por Meu Timão

31 mil visualizações 82 comentários Comunicar erro

Díaz segue esperando oportunidade de fazer sua estreia pelo Corinthians

Díaz segue esperando oportunidade de fazer sua estreia pelo Corinthians

Rodrigo Gazannel/Ag. Corinthians

Convocado para defender a seleção do Paraguai nesta terça-feira, Sergio Díaz ainda não estreou com a camisa do Corinthians. Os pedidos por sua utilização por parte da torcida, porém, não param. Relacionando o paraguaio desde que chegou, Jair Ventura explicou onde o reforço se encaixaria na equipe. E aí está o "problema": o atual esquema não pede alguém na função.

"Ele é um externo, gosta de jogar como segundo atacante, num 4-4-2. É cara que flutua atrás do 9. Pode fazer externo também, mas a preferência dele é ser segundo atacante. Quando a gente achar que o jogo pede alguém com essa característica, ele vai ter a sua oportunidade. E quem constrói a oportunidade são os jogadores, não eu", afirmou, em entrevista ao GloboEsporte.com.

Leia também: Dupla do Corinthians é convocada pelo Paraguai e pode perder eventual final da Copa do Brasil

Se a vontade de ver Díaz em campo começou a crescer recentemente, outro nome tem sido motivo de clamor há muito tempo. Contratado como artilheiro do país no início da temporada, Matheus Matias teve poucos minutos em campo e, nas últimas semanas, tem defendido o Sub-20 em algumas oportunidades. A interação foi aprovada por Jair, que o vê pegando ritmo de jogo para, se preciso, estar pronto para atuar.

"Quando eu for usá-lo, ele tem que estar 'jogado', o que é importante. 'Ah, estou sem ritmo'. Não, a gente treina com ele, e ele desce para jogar para ganhar minutagem e estar cada vez mais pronto. Quando ele estiver pronto, vai poder nos ajudar e vai ajudar na base também. Essa interação com o sub-20 é muito boa para que os jogadores possam atuar", analisou.

"Tem o Carlos também, mas ele é o reserva imediato do (Danilo) Avelar. Eu tenho um substituto para o 9, mas para a lateral, não. Por isso o Carlos não está descendo", completou.

No último embate do Timão, vale lembrar, Jair Ventura abriu mão do uso de um atacante de referência, escalando a equipe em um 4-2-4 que, na prática, alternou bastante com um 4-1-4-1 - Jadson foi o jogador mais avançado.

Veja mais em: Sergio Díaz, Matheus Matias e Jair Ventura.

Veja Mais:

  • Resta apenas o acerto dos jogadores com seus novos clubes para selar o negócio

    Corinthians e Atlético-MG se acertam por troca de atacantes; jogadores aceitam conversar

    ver detalhes
  • Uendel pode acertar retorno para o Corinthians em breve

    Empresário confirma que Corinthians deve acertar retorno de Uendel em janeiro

    ver detalhes
  • Ramiro assinou com o Corinthians nesta quinta-feira e é o quinto reforço para 2019

    Novo reforço do Corinthians, Ramiro se aproxima de Jadson e Luan em estatísticas do Brasileirão

    ver detalhes
  • Corinthians jogou boa parte da temporada sem estampa no espaço principal do uniforme

    Otimismo do Corinthians com patrocínio contrasta com fracasso inédito desde era Kalunga

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes