Em casa, Corinthians vacila diante do Paulistano e perde segunda seguida no NBB

Em casa, Corinthians vacila diante do Paulistano e perde segunda seguida no NBB

21 mil visualizações 47 comentários Comunicar erro

Corinthians recebeu o Paulistano no Parque São Jorge pelo NBB, nesta sexta-feira

Corinthians recebeu o Paulistano no Parque São Jorge pelo NBB, nesta sexta-feira

Foto: Thaina Barros / Meu Timão

O Corinthians voltou ao Ginásio Wlamir Marques nesta sexta-feira, em seu segundo compromisso no Novo Basquete Brasil (NBB) 2018/19. A partida no Parque São Jorge, contudo, não terminou como a equipe gostaria. O grupo de Bruno Savignani perdeu para o Paulistano, atual campeão do torneio, por 83 a 92.

No confronto, os cinco titulares do Corinthians na partida foram: Fischer, Fuller, Shilton, Giovanonni, Maurício Aguiar. No banco de reservas, o técnico Bruno Savignani ainda contava com: Gustavinho, Douglas Santos, Teichmann, Humberto, Nicolas, Abner e Gui Bento.

Vale destacar que, na estreia no NBB, o Timão foi derrotado pelo Franca por 83 a 80, também no Parque São Jorge. É a primeira vez que o clube alvinegro integra a elite do basquete brasileiro, após conquistar o título da Liga Ouro de 2017/18.

Leia também: Corinthians sofre virada, mas arranca empate heroico pelas quartas do Paulista Sub-20

Anota aí! - O basquete corinthiano volta à disputa do NBB no dia 24, próxima quarta-feira, às 21h (de Brasília), diante do Brasília. A partida, mais uma vez, será disputada no Ginásio Wlamir Marques, já pela semana dois do torneio.

Como foi o jogo, Meu Timão?

Os primeiros pontos do jogo foram do lado visitante do duelo. O Paulistano abriu o placar com uma cesta de dois e uma falta bem convertida. O Corinthians tentou responder com Shilton, que levou o rebote. Fuller acabou descontando, mas o placar já indicava 3 a 7 para o rival. Na sequência, Giovanonni diminuiu de fora do garrafão. O adversário respondeu na mesma moeda, e a vantagem no placar foi para três pontos.

Fischer deixou o empate próximo, mas o Paulistano voltou a marcar. 13 a 20, e Maurício Aguiar manteve o Timão na briga com uma cesta de três. No último segundo do primeiro quarto, Gustavinho também marcou de fora do garrafão. A derrota parcial de 19 a 25, porém, não foi evitada.

Na etapa seguinte, a vontade alvinegra voltou a ser barrada pelo ataque rival. O Corinthians ainda teve dois pontos convertidos por bola parada, mas a distância no placar já chegava aos seis pontos. Foi quando Douglas Santos recebeu livre e não perdeu a chance de colocar a bola na rede - com direito a enterrada. A Fiel se animou com o lance, mas viu o Paulistano marcar mais uma vez.

Técnico Bruno Savignani no comando do basquete do Corinthians desde sua reativação, em 2017

Técnico Bruno Savignani no comando do basquete do Corinthians desde sua reativação, em 2017

Thaina Barros / Meu Timão

Maurício Aguiar voltou a brilhar de fora da linha e o marcador foi para 28 a 33. O uruguaio acirrou a disputa ainda mais após uma roubada de bola, que terminou dentro do aro. A busca pela virada alvinegra pareceu mais distante nos últimos três minutos do segundo quarto, quando o Paulistano vencia por 33 a 44. O resultado parcial não assustou o time da casa. Muito pelo contrário, o Corinthians pressionou o rival até o final da segunda etapa e saiu com um placar de 42 a 47.

Na volta do intervalo, o desempenho do Paulistano se manteve superior. Fuller chegou a acertar a cesta com duas faltas bem convertidas, mas a vantagem do rival passou para 46 a 55. O norte-americano voltou a animar a torcida no Parque São Jorge momentos depois, ao marcar outros quatro pontos no duelo. A pressão corinthiana se manteve alta, mas acabou neutralizada pela qualidade do adversário, que seguiu marcando.

O último quarto teve início com um placar de 59 a 72 para o Paulistano, e a vida do Corinthians se mostrou ainda mais complicada. A torcida presente no Parque São Jorge aumentou o volume das arquibancadas e tentou empurrar a equipe para uma virada. O apoio surtiu efeito, e Fischer acertou no aro para os donos da casa. O rival respondeu na mesma moeda e manteve a vantagem confortável.

A escalada no quarto final, assim como na estreia no NBB, se manteve uma forte arma do Timão. Porém, não foi o suficiente para garantir a primeira vitória no torneio. Fim de jogo, 83 a 92 para o Paulistano.

Destaques do Corinthians

Kyle Fuller - 19 pontos
Maurício Aguiar - 17 pontos
Fischer - 17 pontos
Douglas Santos - 13 pontos
Teichmann - 7 pontos

Veja mais em: Basquete e Parque São Jorge.

Veja Mais:

  • Foto postada por Gabriel no último dia 11 de março

    Gabriel não fez tatuagem em homenagem a carrasco de rival; entenda a história

    ver detalhes
  • Thiaguinho deixou a Arena com muita moral após o Majestoso deste sábado

    Torcida faz campanha por chance à surpresa do Majestoso em vaga deixada por Araos; veja tuítes

    ver detalhes
  • Gol marcado por Leandro Damião foi erro mais notável contra o Corinthians neste Brasileirão

    Pontos perdidos por erros contra o Corinthians eliminariam chances de rebaixamento; veja análise

    ver detalhes
  • Corinthians e Cruzeiro se encaram pela primeira vez após final da Copa do Brasil

    Jornada dupla de Brasileirão, decisão no futsal e NBB: os compromissos do Corinthians na semana

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes