Felipe diz que ainda acompanha o Corinthians e recorda saída: 'As duas partes erraram'

Felipe diz que ainda acompanha o Corinthians e recorda saída: 'As duas partes erraram'

Por Meu Timão

11 mil visualizações 72 comentários Comunicar erro

Goleiro Felipe relembrou sua saída conturbada do Corinthians

Goleiro Felipe relembrou sua saída conturbada do Corinthians

Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians

Dois anos após ser um dos destaques do Corinthians na Série B, o goleiro Felipe deixou o clube de maneira polêmica. Na ocasião, o jogador se desentendeu com Andrés Sanchez, que era o presidente na época. Hoje, oito anos depois, Felipe ressaltou o carinho que ainda sente pelo Timão e assumiu sua culpa na história que resultou em sua saída do Parque São Jorge.

Atualmente no Kisvárda, da Hungria, o goleiro chegou ao clube em 2007, vindo do Bragantino. Não demorou a virar titular e, mesmo com boas atuações, fez parte do elenco que caiu para a Série B. No ano seguinte, se destacou na campanha do título e também do vice da Copa do Brasil. Antes de sair, ainda conquistou o Paulista e a Copa do Brasil, em 2009.

"Eu sempre acompanho o Corinthians, estou sempre vendo os jogos, e, querendo ou não, foi um clube que marcou a minha vida, foi onde eu apareci para o cenário nacional. Foram quase 200 jogos, então não tem como não falar do Corinthians. Eu deixei muitos amigos lá ainda, estou sempre vendo os jogos, comento as fotos quando o site do Corinthians posta...", ressaltou o goleiro, em entrevista ao portal UOL Esporte, publicada neste domingo.

"Foi um problema com uma pessoa, não foi problema com o clube, o clube é maior que qualquer um, então o meu problema foi direcionado a uma pessoa que até a gente se encontrou depois disso, várias vezes. Não voltamos a ser melhores amigos, mas quando a gente se encontrou nos falamos, sem problema", completou, falando sobre o desentendimento com Andrés Sanchez.

Leia também:
Sheik faz post de despedida horas antes de último jogo na Arena Corinthians
Em noite especial para Danilo e Sheik, Corinthians faz último jogo na Arena em 2018
Corinthianos enchem web com homenagens a Danilo, de saída do Timão

Durante a parada da Copa do Mundo de 2010, Felipe e Andrés Sanchez discutiram publicamente após o atleta ser acusado de forçar uma saída para a Itália. Depois, acabou acertando sua saída para o Braga, de Portugal. Hoje, com 34 anos, o goleiro garante que a história foi superada.

"O problema não é perdoar um ao outro ou não, todo mundo errou, todo mundo teve a sua parcela, é normal o atleta sempre sair mais culpado, né? Mas depois de muito tempo a gente acabou se encontrando no Rio de Janeiro, no hotel onde o Flamengo estava, quando ele (Andrés Sanchez) estava na CBF, e a gente acabou sentando, tomando um café. Não tocamos no assunto porque era uma coisa que não interessava a ninguém mais. Então, na época, foram as duas partes que erraram, a minha e a diretoria, mas passou e o que ficam são as boas lembranças porque foram muito mais boas lembranças do que ruins", explicou.

Na entrevista, Felipe também relembrou o rebaixamento do Corinthians. O goleiro tinha acabado de chegar na equipe, e apesar de ter feito boas defesas, não conseguiu evitar o pior. Na análise de Felipe, a queda não aconteceu apenas por conta do que foi apresentado pelo time dentro de campo naquele Brasileirão.

"Em 2007, a gente tinha um time que não era o que representava o Corinthians. O Corinthians vivia um problema financeiro, tinha problemas extracampo com o presidente sendo preso (Alberto Dualib), era só notícia nas páginas policiais. E dentro de campo a gente sabia o que representava a história do Corinthians", explicou.

"Mesmo 2007 sendo um ano ruim para o clube, para mim foi quando todo mundo me conheceu, com vários jogos ali podendo ajudar, especialmente contra o Goiás no Serra Dourada. Se a gente perdesse ali praticamente já estaria rebaixado, e acabamos empatando e eu ainda peguei o pênalti do Paulo Baier, e a gente teve a chance de não ser rebaixado. Mas pensando em títulos, o meu ano foi em 2009, onde nós conseguimos ganhar a Copa do Brasil e o Paulista", completou.

Depois de sair do Corinthians, Felipe rodou no futebol. Passou por Portugal, voltou para o Brasil e jogou no Flamengo, Figueirense, Bragantino, Boavista e Uberlândia. Esse ano acertou a ida para a Hungria.

Veja mais em: Ex-jogadores do Corinthians e Andrés Sanchez.

Veja Mais:

  • Junior Urso está relacionado para seu primeiro jogo pelo Corinthians

    Primeira vez de Junior Urso! Corinthians relaciona 23 jogadores para clássico contra São Paulo

    ver detalhes
  • Forte chuva caiu no Parque Ecológico durante treino do Corinthians deste sábado

    Corinthians finaliza preparação para Majestoso; veja provável escalação

    ver detalhes
  • Arena Corinthians é a casa do Timão desde maio de 2014

    Fundo da Arena Corinthians abate R$ 260 milhões de dívida com Odebrecht

    ver detalhes
  • Torcedor do Corinthians tem 'compromisso majestoso' na noite deste domingo em Itaquera

    Fiel garante 39 mil ingressos para Corinthians x São Paulo; resta um setor disponível

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes