De Gil a Rodriguinho: Carille dá detalhes da busca do Corinthians por reforços em 2019

108 mil visualizações 347 comentários

Carille admitiu Corinthians ainda precisar de reforços para 2019

Carille admitiu Corinthians ainda precisar de reforços para 2019

Lucas Faraldo / Meu Timão

O Corinthians segue no mercado para reforçar seu elenco ainda para 2019. Após 15 contratações ao longo deste primeiro semestre, o técnico Fábio Carille admitiu, em entrevista concedida nesta sexta-feira no CT Joaquim Grava, ainda precisar de "três cerejas no bolo". O treinador falou bastante sobre a busca do Timão por reforços ao longo desta temporada, tendo inclusive desta vez detalhado as tentativas de repatriar Gil e Rodriguinho.

"Temos bom time, mas faltam umas três cerejas para que seja mais diferenciado. Lembrando meu período (como auxiliar-técnico) no Corinthians: Dentinho e Douglas, depois Danilão e Alex, depois Renato Augusto e Jadson, depois Rodriguinho... Jogadores que jogam atrás do 9, te dão número alto de gols, porque buscam o gol. O Corinthians sempre teve. Tevez jogando com o Nilmar...", declarou o treinador, que entende no atual elenco corinthiano haver apenas Clayson com essas características; a chegada de Everaldo daria liberdade para Clayson então ser escalado mais centralizado "atrás do 9".

"Por característica nosso time não é de buscar gol. Por mais que eu treine, vai faltar. Eu sei disso, a diretoria e o presidente também. Sei da dificuldade financeira do Corinthians. Não está fácil buscar jogadores assim. Temos de ter sabedoria para saber jogar (...) Quero dois jogadores ali principalmente pela direita, mais agudo. Quero mas tá longe", acrescentou.

O problema dessa dependência hoje existente de Clayson e Everaldo é que, sem eles, o Corinthians não tem perspectiva de jogar com mais agressividade em relação ao que vinha sendo executado nos últimos meses. É exatamente esse o cenário para o amistoso deste sábado contra o Botafogo-SP: os dois atacantes são desfalques, e Carille já avisou de antemão que os torcedores não verão muita coisa de diferente neste primeiro teste.

Leia também: Dependência de Clayson e Everaldo 'atrasa' Corinthians: 'Perdi uma semana', diz Carille

Ao ser questionado pelos jornalistas se houve falha de planejamento do Corinthians por não fazer tais contratações no início da temporada ou se o mercado brasileiro é que está carente de tais jogadores, Carille tirou responsabilidade do clube, com o qual estava acertado desde o início de dezembro (época em que passou a trabalhar com a diretoria por contratações).

"Não faltou nada (de planejamento). Está em falta sim, quem quiser tem de gastar. Jogar atrás do 9 não precisa ser meia, pode ser jogador de lado com maior número de gols. O David Neres (ex-São Paulo), Everton (Grêmio), Roger Guedes (ex-Palmeiras). Esses jogadores que buscam mais gols", comentou o treinador.

"Quando acertei como Corinthians em dezembro fique uma semana conversando com o Andrés, era pra gente montar um time novo e no meio do ano buscar esses jogadores. Fui campeão paulista ainda sem saber como fomos, mas desde o Paulista sabíamos da necessidade (de reforços). Está tudo dentro do planejamento, agora é saber onde atacar para reforçarmos nosso grupo", completou.

Velhos conhecidos

Uma das cerejas citadas por Carille é o zagueiro Gil. Conforme publicado pelo Meu Timão, o jogador tem acerto verbal com o Corinthians desde janeiro e, mais recentemente, conseguiu (por enquanto também verbalmente) liberação do Shandong Luneng já para este segundo semestre. O treinador do Timão preferiu adotar cautela para comentar a iminente contratação antes de os chineses oficialmente rescindirem o contrato do atleta.

Leia também: Fábio Carille diz não ter recebido proposta e alega estar focado na melhora do Corinthians

"Sobre o Gil: não está certo. Há uma distância muito grande entre um acordo verbal com o Corinthians e uma liberação na China. Falei com ele por 40 minutos na quarta: precisa de assinatura de documentos lá na China. Não conte que está certo já, porque não está", alertou.

Em relação a ex-corinthianos muito bem vistos por comissão técnica e diretoria, Rodriguinho também foi nome cotado para retornar ao clube em 2019. No início da temporada, quando o Cruzeiro negociava seu retorno ao Brasil, o então jogador do Pyramids, do Egito, entrou na mira do Timão. As condições de negócio, porém, favoreceram a agremiação celeste.

"Pedi sim para o clube para que entrasse nessa briga. Corinthians conversou, mas a situação era só de venda. Tenho que entender o Corinthians também: gastar 6 milhões de dólares por um jogador de 31 anos, que você não vende mais... Às vezes é melhor gastar 10 milhões por alguém mais novo sabendo da possibilidade de revenda. Conversei sim com o Andrés, mas ele me explicou que só poderia entrar na briga se houvesse possibilidade de empréstimo", argumentou Carille.

Veja mais em: Fábio Carille, Andrés Sanchez, Diretoria do Corinthians, Mercado da bola, Contratações do Corinthians, Gil e Rodriguinho.

Veja Mais:

  • Cássio tira a bola dos pés de adversário na partida contra o Fortaleza

    Fiel elege Cássio e Jô como os melhores do Corinthians contra o Fortaleza; meia é o pior

    ver detalhes
  • Corinthians tenta manter liderança do Brasileirão Sub-20 em duelo com São Paulo

    Corinthians visita São Paulo para manter liderança no Brasileirão Sub-20; saiba tudo

    ver detalhes
  • Fagner em ação na partida contra o Fortaleza, no Castelão

    Corinthians encontra problemas na criação e fica apenas no empate com o Fortaleza

    ver detalhes
  • Mario Boselli continua treinando no CT Joaquim Grava

    Mancini explica ausência de Boselli e deixa no ar possibilidade de ainda utilizá-lo no Corinthians

    ver detalhes
  • Corinthians segue em busca de se consolidar na parte de cima do Brasileirão

    Corinthians ganha posição e se distancia da zona de rebaixamento do Brasileirão; veja tabela

    ver detalhes
  • Victor Cantillo em ação na partida contra o Fortaleza

    Fiel questiona escolhas de Mancini e se revolta contra arbitragem no Castelão; veja repercussão

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: