Guilherme Arana garante retorno ao Corinthians 'um dia' e cita diferencial de Tite e Carille

Guilherme Arana garante retorno ao Corinthians 'um dia' e cita diferencial de Tite e Carille

Por Meu Timão

24 mil visualizações 137 comentários Comunicar erro

Guilherme Arana foi bicampeão brasileiro pelo Corinthians e titular na campanha do hepta

Guilherme Arana foi bicampeão brasileiro pelo Corinthians e titular na campanha do hepta

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Uma das grandes revelações do Corinthians no século 21, Guilherme Arana tem tudo para, "um dia", retornar ao clube do Parque São Jorge. Quem garante é o próprio lateral-esquerdo, hoje com 22 anos de idade, e recém-contratado pelo Atalanta, da Itália.

Destacando a gratidão que sente pelo clube que o revelou, Arana afirmou "com certeza" que ainda voltará a defender o Corinthians. No início desta temporada, cabe lembrar, o Timão tentou comprar o jovem do Sevilla, da Espanha. As tratativas não avançaram, porém.

"Sou muito grato ao Corinthians, clube que abriu as portas para mim e para minha família, onde pude ser reconhecido. Foram 12 anos vestindo essa camisa. Pode ter certeza de que um dia eu retornarei", disse, em entrevista ao portal Globoesporte.com.

A tentativa de retornar ao Corinthians em janeiro e a própria transferência ao terceiro colocado da edição 2018/19 do Campeonato Italiano passam diretamente pela dificuldade em se adaptar ao clube espanhol que havia comprado o lateral do Timão no fim de 2017. Em um ano e meio no Sevilla, foram apenas 25 partidas disputadas pelo ex-corinthiano.

"Bateu o desespero. Tenho 22 anos e quero jogar, estava louco para jogar e não ia para os jogos. Minha família sempre me orientou, falou que estava comigo independentemente do que eu estava passando. Fui trabalhando, sabendo que a oportunidade iria aparecer em algum lugar. Não deu certo no Corinthians, segui trabalhando, graças a Deus e junto com meus agentes consegui um grande clube, onde me senti muito bem", comentou.

A relação com o técnico do Sevilla, Joaquín Caparrós, também foi citada por Arana na entrevista. E o lateral discorreu sobre uma diferença observada entre os trabalhos de Fábio Carille e Tite em relação ao que viveu nas mãos do treinador espanhol: o diálogo.

"Eu me pergunto quando vou dormir: por que as coisas não aconteceram? O técnico não explicava. Às vezes é a filosofia deles. Eu estava acostumado com o Tite e o Carille, que sempre conversavam, se eu não jogasse eles davam uma explicação. É uma filosofia diferente, mas nem por isso eu deixei de trabalhar. Mas às vezes me deito na cama e me pergunto o por quê. Também pergunto para minha família, que não entende. Porém, isso foi muito bom, cresci como pessoa. Meu pai falava que todo jogador passa por momentos assim", contou o jogador, que tenta agora recomeçar sua trajetória no futebol europeu.

Arana foi anunciado por empréstimo no Atalanta no fim do mês passado. A saída do Sevilla se arrastava desde o começo do ano, quando o jogador já havia sinalizado desejo de mudar de ares. Na época, porém, a principal possibilidade era o retorno ao Brasil. Corinthians e Flamengo foram os clubes que mostraram mais interesse.

Num primeiro momento, Arana deu prioridade ao Corinthians, que avançou nas tratativas com o Sevilla mas viu sua oferta de oito milhões de euros (algo como R$ 34 milhões à época) ser recusada. O Flamengo então correu atrás dos espanhóis; o negócio também não avançou.

Revelado pelo Corinthians, Guilherme Arana foi bicampeão brasileiro em 2015 e 2017 e também campeão paulista em 2017 com a camisa alvinegra. Hoje parceiro do corinthiano Pedrinho na Seleção Olímpica, o jovem lateral foi vendido ao Sevilla há quase dois anos por 10 milhões de euros (algo como R$ 39 milhões na época da transação).

Veja mais em: Guilherme Arana, Mercado da bola e Ex-jogadores do Corinthians.

Veja Mais:

  • Corinthians voltou a vencer após duas derrotas seguidas

    Com gol 'na raça', Corinthians bate o Bahia e entra no G4 do Campeonato Brasileiro

    ver detalhes
  • Timão somou pontos importantes na tabela

    Corinthians dorme no G4 após vitória suada contra o Bahia; veja classificação

    ver detalhes
  • Pedrinho deu assistência decisiva para vitória do Timão

    Com assistência decisiva, Pedrinho é melhor em campo para a Fiel; novidade na escalação é o pior

    ver detalhes
  • Carille minimizou momento de cobrança no CT Joaquim Grava

    Carille brinca com protestos de organizada no CT do Corinthians: 'Estou com moral com eles'

    ver detalhes

Comente a notícia: