Goleada acaba com paciência e Fábio Carille não é mais técnico do Corinthians

102 mil visualizações 1.383 comentários Comunicar erro

Por Meu Timão

Treinador vivia momento de muita pressão por resultados e desempenho ruim

Treinador vivia momento de muita pressão por resultados e desempenho ruim

Danilo Fernandes/ Meu Timão

Depois de uma semana conturbada, com declarações polêmicas em todos os setores do futebol, o Corinthians confirmou a demissão do técnico Fábio Carille. Após a goleada sofrida pela equipe diante do Flamengo no estádio do Maracanã, o clube decidiu rescindir o contrato do comandante, que vinha sendo bancado pela diretoria para 2020.

A decisão foi anunciada pelo presidente Andrés Sanchez logo após o jogo, em entrevista coletiva.

"Comunicar a todos e à torcida corinthiana principalmente. O Fábio Carille não é mais o treinador do Corinthians. Não é o que queríamos, mas devido aos fatos tivemos que tomar essa decisão", explicou.

"Foi uma conversa. Toda conversa para demissão de alguém é triste, imagine para um treinador que está na equipe há anos. Mas tivemos que tomar essa decisão", completou.

Na sequência, o clube emitiu uma nota oficial e agradeceu o treinador: "O clube agradece os anos de serviços prestados e deseja sorte na continuidade da carreira" - veja na íntegra abaixo.

A situação do treinador, cabe destacar, foi se complicando jogo após jogo. Sem grandes atuações na temporada, o Timão vive seu pior momento em 2019: são oito partidas sem vitória e situação cada vez mais difícil na briga por uma vaga na Libertadores.

A sequência, "justificada" pelo treinador pelo fato de o Corinthians ter se livrado do rebaixamento, repete uma série de 2013, sob o comando de Tite. Daquela vez, o treinador chegou a pedir demissão após uma goleada por 4 a 0 sofrida para a Portuguesa, mas a diretoria bancou sua permanência até o final daquele ano.

Entre as duas passagens como comandante e as partidas em que esteve a frente da equipe como interino, Carille deixa o Corinthians com 86 vitórias, 56 empates e 47 derrotas em 187 partidas.

Em 2017, seu primeiro ano no cargo máximo da comissão, Fábio ergueu os canecos do Paulistão e do Campeonato Brasileiro. O treinador ainda venceu outros dois estaduais e voltou ao clube, no início desse ano, com status de ídolo. A direção deve decidir o substituto nos próximos dias.

Confira a nota oficial do Corinthians na íntegra

"Por meio da Diretoria de Futebol e da Presidência, o Sport Club Corinthians Paulista confirma o desligamento do técnico Fábio Carille.

No Corinthians desde 2009, quando ingressou como auxiliar, Fábio Carille assumiu o posto de treinador definitivamente em 2017, ano em que foi campeão brasileiro e paulista. Manteve as conquistas estaduais por mais dois anos no Parque São Jorge. No total, somou como técnico do Timão 183 jogos, sendo 86 vitórias, 56 empates e 41 derrotas. Tais números o levaram à lista dos dez profissionais que mais dirigiram o Alvinegro na história.

O Clube agradece os anos de serviços prestados e deseja sorte na continuidade da carreira".

Veja mais em: Fábio Carille e Diretoria do Corinthians.

Veja Mais:

  • Corinthians ainda não sabe se disputa Libertadores ou Sul-Americana em 2020

    G4, 5, 6, 7 ou 8: entenda as três situações possíveis para o Corinthians no Brasileirão

    ver detalhes
  • Meia é o principal jogador do Corinthians na temporada

    Importância de Pedrinho no Corinthians assusta: time ainda não venceu sem o meia no Brasileiro

    ver detalhes
  • Pela segunda rodada seguida, Timão vai jogar mais tarde do que o previsto

    CBF altera horário de próximo jogo do Corinthians no Brasileirão

    ver detalhes
  • Guilherme Mantuan e João Victor devem ser liberados nos próximos dias; Oeste e Inter de Limeira disputam a dupla

    Diretoria do Corinthians antecipa 2020 e dupla fica perto de ser emprestada

    ver detalhes
  • Corinthians estuda a situação de Sidcley desde o mês passado

    Alvo do Corinthians para a próxima temporada negocia com clube de Portugal

    ver detalhes
  • Matheus Alexandre, de 20 anos, foi contratado em abril e seguiu na Ponte Preta

    Sete dos 25 emprestados pelo Corinthians têm mais chance de trabalhar com Tiago Nunes em 2020

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: