Chega ao fim contrato de trio que custou R$ 80 milhões em quatro anos ao Corinthians

84 mil visualizações 619 comentários Comunicar erro

Giovanni Augusto, Marlone e Guilherme custaram R$ 80 milhões ao Corinthians em quatro anos de vínculo

Giovanni Augusto, Marlone e Guilherme custaram R$ 80 milhões ao Corinthians em quatro anos de vínculo

Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Dia 31 de dezembro de 2019. Chegam ao fim diversos contratos de jogadores ligados ao Corinthians, mas três deles merecem destaque: Giovanni Augusto, Guilherme e Marlone. Durante os quatro anos de vínculo com o Timão, o trio custou mais de que R$ 80,90 milhões aos cofres do clube.

A passagem dos três começou em janeiro de 2016. A pedido de Tite, o departamento de futebol da época (Roberto de Andrade, presidente, e Edu Gaspar, diretor de futebol) contratou alguns jogadores para repôr a debandada dos campeões brasileiros para a China. Entre eles, o trio citado acima.

O jogador que custou mais caro no momento da compra foi Giovanni Augusto. O Timão pagou R$ 15,3 milhões ao Atlético-MG por 60% dos direitos econômicos dele. Depois, vem Guilherme: custou R$ 9,6 milhões a sua saída do Antalyaspor, da Turquia. Por fim, o Corinthians desembolsou R$ 4 milhões para comprar 50% dos direitos de Marlone da Penapolense. As aquisições, então, custaram R$ 28,90 milhões.

O valor acima é somado aos salários desembolsados durante os quatro anos. Todos receberam durante 52 meses, contando o 13º:

  • Guilherme: R$ 400 mil por mês - R$ 20,8 milhões;
  • Giovanni Augusto: R$ 350 mil por mês - R$ 18,2 milhões;
  • Marlone: R$ 250 mil por mês - R$ 13 milhões.

Um total de R$ 52 milhões apenas com os salários. Sendo assim, então, o trio custou ao Corinthians o total de R$ 80,90 milhões.

Leia também: Um jogo e seis meses depois, contrato de filho de conselheiro com o Sub-23 do Corinthians termina

O valor, como todos sabem, não é compatível com o desempenho do trio dentro de campo. Os três foram emprestados a outros clubes durante o período em que estiverem sob contrato com o Corinthians.

Giovanni atuou no Corinthians entre 2016 e 2017, depois foi emprestado a Vasco e Goiás. Guilherme atuou apenas em 2016, sendo emprestado depois para Athletico Paranaense, Bahia e Fluminense. Marlone, por sua vez, atuou no Timão em 2016 e parte de 2017, aí passou a ser emprestado (Atlético-MG, Sport e Goiás).

O término dos vínculos é comemorado como se fossem grandes contratações pela diretoria, já que desembolsava R$ 1 milhão por mês em salários para que os três meias-atacantes atuassem em outras equipes.

Os números do trio no Corinthians

Giovanni Augusto

Jogos disputados: 78
Aproveitamento: 58.55%
Vitórias: 38
Empates: 23
Derrotas: 17
Gols do Giovanni Augusto: 7
Amarelos para Giovanni Augusto: 9
Expulsões de Giovanni Augusto: 1
Títulos: Paulista (2017) e Brasileiro (2017)

Valor gasto na compra: R$ 15,3 milhões (60% dos direitos econômicos)
Valor do salário: R$ 350 mil por mês - R$ 18,2 milhões;

Guilherme

Jogos disputados: 50
Aproveitamento: 57.33%
Vitórias: 25
Empates: 11
Derrotas: 14
Gols do Guilherme: 8
Amarelos para Guilherme: 6
Expulsões de Guilherme: 1
Títulos: Paulista (2017)

Valor gasto na compra: R$ 9,6 milhões (100% dos direitos econômicos)
Valor do salário: R$ 400 mil por mês - R$ 20,8 milhões

Marlone

Jogos disputados: 50
Aproveitamento: 55.33%
Vitórias: 23
Empates: 14
Derrotas: 13
Gols do Marlone: 8
Amarelos para Marlone: 1
Expulsões de Marlone: 0
Títulos: Paulista (2017)

Valor gasto na compra: R$ 4 milhões (50% dos direitos econômicos)
Valor do salário: R$ 250 mil por mês - R$ 13 milhões

Veja mais em: Marlone, Giovanni Augusto, Guilherme, Diretoria do Corinthians, Tite e Roberto de Andrade.

Veja Mais:

  • Corinthians treino visando duelo com a Ponte Preta na próxima quinta-feira

    Tiago Nunes comanda treino tático e dá pistas sobre escalação do Corinthians contra Ponte Preta

    ver detalhes
  • Corinthians não deve enviar a lista no prazo antecipado pedido pela Conmebol

    Corinthians recebe pedido da Conmebol por antecipação da lista de inscritos na Libertadores

    ver detalhes
  • Corinthians não pagou antigo clube de Bruno Méndez e foi acionado na FIFA

    Corinthians atrasa parcela, propõe acordo, mas uruguaios do Montevideo Wanderers vão à FIFA

    ver detalhes
  • Diretor do Corinthians esclareceu nova consulta pelo atacante Rony

    Duílio confirma que Corinthians procurou Rony de novo e revela sondagens por Neymar e Cavani

    ver detalhes
  • Corinthians tem pendência a resolver pela compra de Bruno Méndez

    Diretor do Corinthians confirma atraso por Méndez e explica demora por Cantillo

    ver detalhes
  • Sidcley e Everaldo ainda não estrearam oficialmente em 2020

    Preparador físico do Corinthians detalha situações de Sidcley e Everaldo

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: