Duas passagens, momentos marcantes e oito troféus: Ralf se despede do Corinthians

10 mil visualizações 150 comentários Comunicar erro

A segunda passagem de Ralf pelo Corinthians chegou ao fim nesta quarta-feira. Fora dos planos de Tiago Nunes, o ídolo da Fiel entrou em acordo com a diretoria e assinou a rescisão contratual, ficando livre para fechar com qualquer outro clube. E a despedida, é claro, traz muitas lembranças para os torcedores.

Leia também: Corinthians divulga nota de agradecimento a Ralf

Com 437 jogos, Ralf é um dos nomes com mais jogos na história do Timão. Desse montante, foram 226 vitórias, 122 empates e 89 derrotas. Volante de marcação, o agora ex-camisa 15 alvinegro soma dez gols e nenhum cartão vermelho.

Trajetória no Corinthians

Primeira passagem

Ralf chegou como aposta ao Corinthians

Ralf chegou como aposta ao Corinthians

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Em dezembro de 2009, o Corinthians anunciou a contratação do volante. Aos 25 anos, surgiu tarde para o futebol e vinha de campanha de destaque com o Grêmio Barueri. Campeão da Copa do Brasil, o Timão também tinha contratado nomes como Tcheco e Roberto Carlos. Por isso, a chegada de Ralf teve poucos holofotes.

Rapidamente, porém, ele se provou. Ganhou a titularidade e passou a ser peça fundamental nos times de Mano Menezes e, na sequência, de Tite. Sempre seguro, fez grandes duplas com Elias e Paulinho, eternizando seu nome na história do clube.

Essencial na equipe, então, foi um dos protagonistas dos grandes títulos do clube entre 2010 e 2015 - ganhou Paulista, Recopa Sul-Americana, Brasileirão (duas vezes), Libertadores e Mundial. Depois disso, deixou o clube para ir à China em janeiro de 2016.

Segunda passagem

Ralf foi titular em boa parte da última temporada

Ralf foi titular em boa parte da última temporada

Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

Já com status de ídolo, Ralf voltou ao Timão em janeiro de 2018. Ainda que sem a vitalidade de outrora, o volante foi peça importante na temporada em que o clube buscou mais um título paulista e chegou à final da Copa do Brasil.

No ano seguinte, ganhou mais um Paulistão e alternou bons e maus momentos na equipe de Fábio Carille, que acabou demitido - foram 49 jogos como titular em 2019. Em 2020, porém, Tiago Nunes optou por não contar com o atleta, que rescindiu seu contrato neste dia 22 de janeiro.

Na memória da Fiel

Volante marcou o primeiro gol do Timão na Libertadores de 2012

Volante marcou o primeiro gol do Timão na Libertadores de 2012

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Desarmes, gols, lançamentos e até comemorações. Ralf estará guardado no coração da Fiel por diversos motivos. O principal deles, no entanto, é o gol que deu início à trajetória campeã da Libertadores de 2012. Nos acréscimos, ele subiu mais que a defesa para empatar o duelo contra o Deportivo Táchira, por 1 a 1 - o Timão acabou conquistando o título de forma invicta.

Vai ter homenagem?

Com a rescisão assinada, muitos torcedores já se perguntam sobre possíveis festas de despedidas para o volante. Até o momento, o clube não confirmou qualquer ação. No início do ano, porém, o diretor Duílio Monteiro Alves projetou uma homenagem ao jogador.

"Se ele não permanecer, com certeza terá todas as homenagens como um dos jogadores mais importantes da história do Corinthians, que ganhou títulos importantes aqui dentro", disse, durante a apresentação do técnico Tiago Nunes.

Na tarde desta quarta-feira, vale frisar, o clube divulgou nota de agradecimento ao atleta, além de vídeo especial nas redes sociais.

Veja mais em: Ralf e Ídolos do Corinthians.

Veja Mais:

  • Gaviões da Fiel convoca torcedores do Corinthians para protesto no CT Joaquim Grava nesta quarta-feira

    Gaviões da Fiel convoca protesto no CT por momento ruim do Corinthians na temporada; veja detalhes

    ver detalhes
  • Volante Éderson participou pela primeira vez da atividade no CT Joaquim Grava

    Com a presença de Éderson, Corinthians inicia preparação para duelo contra o Santo André

    ver detalhes
  • Corinthians volta a campo na quarta-feira, contra o Santo André

    Duelo contra o Santo André, clássico no feminino e rodada no NBB marcam a semana do Corinthians

    ver detalhes
  • Segunda Chance

    [Marco Bello] Segunda chance

    ver detalhes
  • Boselli já balançou a rede cinco vezes no ano e tem tido ao menos uma chance por jogo

    Boselli reflete sobre 'incerteza' em meta de gols no Corinthians, mas mantém confiança

    ver detalhes
  • Corinthians fará apenas dois treinos antes de encarar o Santo André pelo Paulistão

    Desfalques e questões técnicas: Tiago Nunes terá dois treinos para ajustar Corinthians no Paulistão

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: