Corinthians supera forte calor e vence mais uma com facilidade no Brasileirão Feminino

13 mil visualizações 104 comentários

Corinthians venceu o Minas na tarde desta quarta-feira

Corinthians venceu o Minas na tarde desta quarta-feira

Patricy Albuquerque

Minas ICESP 1 X 4 Corinthians

Brasileiro Feminino 2020
30 de setembro de 2020, 15:00
Minas ICESP 1 x 4 Corinthians
Bezerrão

Já classificado com quatro jogos de antecedência para a próxima fase do Brasileirão Feminino, o Corinthians voltou a campo na tarde desta quarta-feira e conseguiu mais uma vitória no torneio. As comandadas de Arthur Elias venceram o Minas Brasília, fora de casa, por 4 a 1.

Os gols foram marcados por Crivelari e Vic Albuquerque, duas vezes cada. Com a vitória na 12ª rodada, o Corinthians se mantém na liderança isolada do torneio com 33 pontos conquistados. Até agora, são 11 vitórias e apenas uma derrota.

Agenda alvinegra: o próximo jogo do Corinthians já acontece no domingo, dia 4, contra o São José. A partida será disputada no Estádio Alfredo Schürig, no Parque São Jorge, e, como tem sido costume na retomada do futebol, não contará com a presença da torcida.

Escalações

O técnico Arthur Elias seguiu o rodízio que tem feito nos últimos jogos e iniciou o duelo com a seguinte equipe: Lelê; Katiuscia, Erika, Pardal e Juliete; Andressinha, Grazi, Gabi Zanotti, Vic Albuquerque e Adriana; Giovanna Crivelari.

Do lado adversário, o Minas entrou em campo com Thalya; Natália, Lia, Robinha e Bruna Pelé; Lay, Jéssica, Gabi e Bárbara; Steffani Ethel e Katrine.

Como foi o jogo?

Apesar do forte calor, o Corinthians iniciou o jogo pressionando. Logo aos dois minutos, Crivelari arriscou um chute de bem longe e parou na defesa da goleira adversária. Aos cinco minutos, Bruna Pelé se adiantou na direita e saiu em direção ao ataque, mas viu Lelê fechar o gol e fazer excelente defesa.

Aos dez minutos, Vic Albuquerque achou Crivelari sozinha, na entrada da área, mas a camisa 19 chutou por cima do gol. Dois minutos depois, após um bate e rebate, Vic conseguiu criar boa jogada e lançar a bola para o meia da área, mas nenhuma corinhiana conseguiu finalizar.

A equipe de Arthur Elias seguiu apostando nas bolas longas para criar as chances de ataque. Aos 17 minutos, então, o primeiro gol alvinegro saiu. Andressinha escapou pelo meio, entrou na grande área e deu um passe incrível para Crivelari na esquerda. A camisa 19 não desperdiçou e mandou a bola para o fundo do gol. 1 a 0.

E não deu nem tempo do Minas tentar uma reação. Aos 21 minutos, Crivelari voltou a marcar. Gabi Zanotti fez boa jogada, encontrou Adriana na esquerda, que dominou e observou a chegada de Crivelari pelo meio. A camisa 19 chutou, viu a goleira do Minas espalmar, mas aproveitou o rebote e marcou o segundo. 2 a 0 para o Timão.

Minutos depois, Andressinha cobrou um escanteio com perigo, mas Pardal cabeceou para fora. Aos 27 minutos, o jogo contou com uma parada técnica para hidratação. Os termômetros marcavam cerca de 32º em Brasília. Logo no recomeço, Andressinha arriscou um chute bem de longe, a bola desviou e Thalia não teve dificuldades em fazer a defesa.

Aos 32, o Minas cobrou escanteio e a defesa tirou de cabeça. No rebote, Katrine, que tinha sido responsável pela cobrança de escanteio, lançou a bola para a área e viu Gabi aproveitar e mandar a bola para o fundo do gol e diminuir o placar. 2 a 1 para o Corinthians.

Pouco antes dos 40 minutos, Pardal recebeu bola no meio de campo, percebeu Adriana mais a frente e lançou. A atacante acertou um belo chute na trave. Na jogada seguinte, Katiuscia recebeu na direita e inverteu, achando Vic Albuquerque na esquerda, dentro da área. A camisa 17 dominou com categoria e mandou a bola para o fundo das redes. 3 a 1 para o Timão e a famosa "Lei do Ex" não falhou - Vic já jogou no Minas antes de vestir as cores do Parque São Jorge.

O segundo tempo começou um pouco menos intenso. A primeira jogada de perigo aconteceu somente aos dez minutos, quando Gabi Zanotti arriscou bem de longe e viu a goleira espalmar por cima do gol.

Aos 15 minutos, o Corinthians fez boa troca de passe e Andressinha passou a bola na esquerda para Vic, que viu Grazi na pequena área. A experiente jogadora deu um toque na bola, mas viu Thalia defender. No rebote, a defesa do Minas afastou o perigo.

Três minutos depois, Arthur Elias fez alterações na equipe. Gabi Zanotti, Crivelari e Andressinha deixaram o campo para as entradas de Indryd, Cacau e Tamires, respectivamente. Aos 25 minutos, mais mudanças na equipe: Gabi Nunes e Gabi Portilho entraram nos lugares de Grazi e Adriana.

Na sequência das substituições, Tamires cobrou falta para dentro da área e viu a defesa do Minas afastar o perigo. Na sobra, Katiuscia tentou um chutão de fora da área e viu a bola explodir na trave. Logo após a jogada, aos 27, as equipes fizeram uma nova parada para hidratação. O forte calor dificultou bastante o andamento do duelo para as duas equipes e influenciou no ritmo das jogadoras, principalmente, na segunda etapa.

Em mais uma boa troca de passes, aos 31 minutos, Gabi Nunes deu bela assistência para Vic Albuquerque, que dominou e cara a cara com a goleira mandou a bola com categoria para o fundo do gol. 4 a 1 para o Corinthians.

Antes do final do jogo, Tamires bateu mais um escanteio e viu Pardal cabecear e quase marcar. A bola, porém, foi para fora. Depois disso, mais nada aconteceu e fim de jogo. Vitória do Corinthians por 4 a 1.

Ficha técnica de Minas ICESP 1 x 4 Corinthians

Competição: Campeonato Brasileiro Feminino
Local: Estádio Walmir Campelo Bezerra, Gama, DF
Data: 30 de setembro de 2020 (quarta-feira)
Horário: 15h00 (de Brasília)
Árbitro: Marcello Rudá Neves Ramos da Costa
Assistentes: Marconi de Souza Gonçalo e Milton Jeronimo Souza Alves
Gols: Gabi (Minas ICESP); Victória Albuquerque (duas vezes), Giovanna Crivelari (duas vezes) (Corinthians)

MINAS ICESP: Thalya; Natália (Juliana), Lia, Robinha e Bruna Pelé; Lay, Jéssica, Gabi (Marcella) e Bárbara (Isadora); Steffani Ethel e Katrine.
Técnico: Rodrigo Campos

CORINTHIANS: Lelê; Katiuscia, Erika, Pardal e Juliete; Andressinha (Ingryd), Grazi (Gabi Nunes), Gabi Zanotti (Tamires), Victória Albuquerque e Adriana (Gabi Portilho); Giovanna Crivelari (Cacau).
Técnico: Arthur Elias

Veja mais em: Corinthians feminino e Crônica.

Comente a notícia: