Corinthians não tem Cássio nem Walter como titular no gol pela primeira vez desde 2017

1.8 mil visualizações 29 comentários

Por Meu Timão

Matheus Donelli no jogo entre Corinthians e Palmeiras, na Neo Química Arena, pelo Paulistão

Matheus Donelli no jogo entre Corinthians e Palmeiras, na Neo Química Arena, pelo Paulistão

Rodrigo Coca / Agência Corinthians

O Corinthians viveu uma noite atípica nesta quarta-feira e, dentre estreias e posicionamentos incomuns, um chamou a atenção: pela primeira vez desde o jogo que assegurou a conquista do heptacampeonato Brasileiro, o time entrou em campo sem que o titular no gol fosse Cássio ou Walter.

Dupla que marcou a década alvinegra e que se separou recentemente com a ida de Walter para o Cuiabá, os dois centralizaram as partidas do Corinthians a partir de 2012, quando o Timão contratou o Gigante, e estenderam em 2013, quando Walter chegou despretensiosamente do União Barbarense.

Desde a estreia de Cássio, foram 617 jogos disputados pelo Timão, 507 pelo Gigante e outros 91 por Walter, com eles coexistindo sete deles. Danilo Fernandes esteve presente em 17 oportunidades, Júlio César em cinco e Caíque França em outros três.

Foi Caíque, por sinal, o último a vestir um uniforme alvinegro desde o início da partida além da dupla da década. Sua atuação não foi um Dérbi, mas também acabou sendo marcante: vitória por 3 a 1 sobre o Fluminense, na Neo Química Arena, que assegurou o título do Brasileiro de 2017.

O goleiro, que retornou ao time após empréstimo e esteve no banco de reservas nesta noite, entrou em algumas outras partidas em 2018 e 2019, todas amistosas, mas sempre pegando a partir do segundo tempo.

Veja mais em: Matheus Donelli, Cássio, Walter, Caíque França e Vagner Mancini.

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x