Meu Timão

Marcelinho Carioca

Marcelinho Carioca

Biografia

Sem dúvida alguma um dos maiores ídolos do Corinthians esse carioca que ao chegar no Parque São Jorge disse: "Quero marcar minha passagem aqui. Vim para o Corinthians para ser campeão!".

E foi campeão mesmo. Jogador que mais títulos ganhou com a camisa do Corinthians , Marcelinho sempre foi peça fundamental do elenco Corinthiano. Vendido ao Valência da Espanha em 1997, retornou ao Corinthians após curto período na Europa pra fazer parte daquele time que é considerado por muitos um dos melhores times do Corinthians e, entre outros, levar o Timão ao título mundial , em 2000.

Um dos maiores cobradores de falta e escanteio do futebol brasileiro, o “Pé de anjo” (apelido carinhoso da fiel) era certeza de perigo nas bolas paradas. Foi de falta que fez o seu primeiro gol com a camisa do Corinthians, em jogo contra Portuguesa. De falta e contra a mesma Lusa, em um lance muito parecido, fez o seu centésimo gol com o manto alvi-negro. Como era especialista em faltas próximas a área, Marcelinho Carioca surpreendeu a todos num jogo contra o Palmeiras em que bateu da intermediária uma falta certeira no ângulo do goleiro Veloso, que tinha pedido pra não ter barreira no lance. Craque também com a bola rolando, Marcelinho Carioca ganhou uma placa de Pelé após ter marcado um gol contra o Santos, na Vila Belmiro, em que recebe a bola, chapela o zagueiro e toca no contra-pé do goleiro Edinho.

Após sua segunda passagem pelo Corinthians, em 2001, Marcelinho Carioca andou por alguns clubes de menor expressão e em uma partida valida pelo Campeonato Brasileiro de 2005 , atuando pelo Brasiliense teve o seu nome gritado pela torcida do Corinthians ao entrar em campo. Após a partida, Marcelinho vestiu a “segunda pele” (como ele sempre chamou o manto do Corinthians) e foi ao alambrado do Pacaembu para agradecer a homenagem. Em 2006 saiu do Brasiliense e teve uma nova passagem pelo Corinthians, mas dessa vez muito discreta e teve seu contrato rescindido a pedido do então técnico Leão.

Em 2010 foi convidado pra fazer algumas partidas em comemoração ao centenário do Corinthians, mas acabou jogando somente 45 minutos de um amistoso contra o Huracán da Argentina.

Relembre de outros ídolos que jogaram no Corinthians

O que você mais lembra do Marcelinho Carioca no Corinthians?

  • 1000 caracteres restantes
veja mais fechar

Mais ídolos

Claudio

Claudio, também conhecido como “Gerente”, é o maior artilheiro do Corinthians. Além dos seus 305 gols era peça fundamental por sua liderança e grande técnica.