O dia em que o Corinthians venceu o Bayern na Alemanha

Pergunte ao almanaque

Celso Dario Unzelte, jornalista e pesquisador, é comentarista das televisões por assinatura ESPN/ESPN Brasil, do programa Cartão Verde (TV Cultura) e professor de Jornalismo na Faculdade Cásper Líbero

ver detalhes

O dia em que o Corinthians venceu o Bayern na Alemanha

99 mil visualizações 48 comentários Comunicar erro

O dia em que o Corinthians venceu o Bayern na Alemanha

Timão de 1959. Em pé: Olavo, Oreco, Goiano, Walmir, Gilmar e Roberto. Agachados: Battaglia, Rafael, Índio, Luizinho e Tite

Foto: Reprodução/Arquivo Celso Unzelte

Dylan Krech quer saber mais detalhes sobre a vitória do Corinthians em cima do Bayern de Munique, na única vez em que os dois times se enfrentaram.

Faça como ele! Nós, aqui, vamos continuar respondendo as dúvidas dos internautas do site Meu Timão sobre história, estatísticas ou qualquer outro tipo de curiosidade ligada ao clube, como essa. A base para as respostas será sempre o Almanaque do Timão, trabalho que desenvolvo há mais de 20 anos sobre todos os jogos, jogadores e técnicos do nosso time desde 1910. Ele virou livro em 2000, foi reeditado em 2005 e agora existe na forma do APLICATIVO ALMANAQUE DO TIMÃO, para smartphones e tablets, que pode ser baixado (de graça!!!) via Apple Store ou Google Play. Nos dias (e noites) de jogos, esse aplicativo oficial do Corinthians continua sendo atualizado on line.

E o APLICATIVO ALMANAQUE DO TIMÃO traz uma novidade: o GAME DO TIMÃO, uma plataforma de questões de múltipla escolha em que acertos e velocidade de resposta somarão pontos para um ranking geral de usuários cadastrados. Os mais bem ranqueados receberão prêmios periódicos (semanais, mensais, semestrais e anual), como réplicas de camisas antigas, camisas oficiais, camisetas, relógios, bijuterias, bonés e livros, além de visitas acompanhadas ao Memorial do Clube, no Parque São Jorge, e até ingressos de cortesia para jogos na Arena Corinthians.

CELSO UNZELTE

Saudações, Celso! Uma vez um amigo alemão, torcedor do Bayern de Munique, veio me encher o saco e, pesquisando, descobri que o Corinthians ganhou do Bayern, em Munique, nos anos 50, eu acho. Gostaria de saber se você conhece um pouco mais da história em volta desse jogo.

Dylan Krech

@dylan.krech

Essa partida foi realizada em uma tarde de domingo, 24 de maio de 1959, no antigo Städtisches Stadion, de Munique, durante uma excursão que o Corinthians realizava pela Europa, entre maio e junho daquele ano.

Foram 10 jogos na França, Holanda, Alemanha, Bélgica, Portugal e Espanha, com os seguintes resultados:

7 vitórias: 3 x 2 no Bayern-ALE (24/5/1959); 3 x 2 na Seleção de Antuérpia-BEL (31/5/1959); 1 x 0 no Porto-POR (7/6/1959); 3 x 1 no Combinado Valencia-Mestalla-ESP (11/6/1959); 4 x 3 no Sevilla-ESP (17/6/1959); 5 x 3 no Barcelona-ESP (24/6/1959) e 3 x 0 na Seleção de La Coruña-ESP (29/6/1959).

1 empate: 1 x 1 com o Benfica-POR (4/6/1959).

2 derrotas: 2 x 3 para o Stade Reims-FRA (20/5/1959) e 1 x 5 para o Feyenoord-HOL (21/5/1959).

O jogo contra o Bayern foi o terceiro da excursão, e também a primeira vitória. Naquele dia, o Timão jogou com: Gilmar, Olavo e Oreco; Walmir, Goiano e Roberto; Bataglia, Rafael, Índio, Luizinho e Tite. Depois entraram Zague no lugar de Bataglia, Benedito no lugar de Rafael e Joãozinho no lugar de Índio. O técnico era Sylvio Pirillo.

O Bayern ntrou em campo com: Fazekas, Osterner e Banner; Siedl, Landerer e Zsamboki; Samnerlak, Eralp, Lindner, Faltmeler e Hahn. O juiz foi o alemão Rigg Augsburg.

No time corintiano destacavam-se o goleiro Gilmar e o lateral-esquerdo Oreco, campeões do mundo pela Seleção Brasileira um ano antes, na Copa disputada na Suécia; os zagueiros Olavo e Goiano e o meia-esquerda Rafael, remanescentes do time campeão paulista do IV Centenário, em 1954; o centroavante Índio, que havia jogado a Copa do Mundo de 1954 pela Seleção Brasileira; e o ponta-esquerda Tite, que durante muito tempo havia sido uma espécie de reserva de luxo de Pepe no Santos de Pelé. Mas o grande destaque daquela partida foi mesmo Luizinho, um dos maiores ídolos da história corinthiana.

Naquele dia, o Pequeno Polegar, como era chamado, estava infernal. Ele fez o primiro gol corinthiano, aos 25 minutos. Siedl empatou para o Bayern ainda no primeiro tempo, aos 42, mas, na segunda etapa, novamente Luizinho, logo aos 2 minutos, fez Corinthians 2 a 1. Tite, aos 5, ampliou a vantagem para 3 a 1, e outra vez Siedl, já aos 44, descontou para 3 a 2. Imagens coloridas dessa grande vitória corinthiana sobre um dos maiores gigantes do futebol mundial, mais os dribles e gols de Luizinho, podem ser conferidas no youtube.

Veja mais em: Jogos Históricos.

Game do Timão

Coluna do Celso Dario Unzelte

Por Celso Dario Unzelte

Celso Dario Unzelte, jornalista e pesquisador, é comentarista das televisões por assinatura ESPN/ESPN Brasil, do programa Cartão Verde (TV Cultura) e professor de Jornalismo na Faculdade Cásper Líbero

O que você achou do post do Celso Unzelte?