Elenco para 2016 se formando

Teleco

@Teleco1910 é um torcedor comum que gosta de conversar sobre o Corinthians. Ele não conseguirá responder aos comentários aqui, mas está sempre cornetando em 140 caracteres no Twitter.

ver detalhes

Elenco para 2016 se formando

Coluna do Teleco 1910

Opinião de Teleco

43 mil visualizações 188 comentários Comunicar erro

Elenco para 2016 se formando

2016 é logo ali

Foto: https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Logo_DDP_2016.svg

Parece muito tempo, mas são só três meses até 2016. O Corinthians já renovou o contrato de alguns que estavam para sair, tem um par de jogadores monitorados e dispensas certamente virão. Vamos dar uma passada rápida.

Quem chegou em 2015

Os gritos de "volta Cristian" foram ouvidos todas as janelas de transferência desde que saiu em 2009. No entanto, com uma problemas físicos do dia que chegou até hoje, jogou pouco e quando jogou não arrancou suspiros. Cristian estará no Corinthians até dezembro de 2017.

Edílson veio do Botafogo após término do contrato e no começo do ano a torcida o pedia no lugar de Fágner. Apesar de um começo razoável, todos estão desconfiados de seu desempenho. Ficaria até o fim deste ano, mas houve uma renovação misteriosa de seu contrato até 2017. A coluna apurou que a ideia é repassá-lo a outro time em 2016, mas tudo pode mudar com boas atuações neste mês sem Fágner.

Edu Dracena veio como substituto de Ânderson Martins e ser titular ao lado de Gil, já que a torcida execrava Felipe. Como prova que o mundo dá voltas, Felipe é titular absoluto e Edu teve atuações no máximo razoáveis em 2015. O veterano zagueiro ganhará um aumento porque atuou mais de 25 vezes este ano e tem contrato até o fim de 2016; no entanto, se participar de ao menos 25 jogos ano que vem seu contrato será renovado automaticamente até 2017.

Lucca já era alvo do Corinthians em 2011; não havia dúvidas sobre suas qualidades técnicas, mas seu comportamento deixou a desejar em algumas oportunidades. Teve boa estreia e está emprestado até maio do ano que vem. Pode ficar, especialmente porque Malcom é um dos eternos candidatos a ser vendido.

O gigante de Bragança Lincom veio para suprir uma eventual ausência de Vágner Love e só tem contrato até dezembro. Como ainda não jogou, a torcida está na dúvida sobre seu futuro. Seu contrato só vai até dezembro, o que indica que algum outro centroavante deve vir para a próxima temporada.

O velocista Mendoza teve alguns lampejos durante o ano, mas seu futebol foi regredindo até ser devolvido ao remetente, na Índia. A esperança é que seja vendido, caso contrário será assalariado do Corinthians até dezembro de 2018.

Rildo veio sob um oceano de desconfiança. Não foi fantástico mas honrou a camisa quando esteve em campo, especialmente no 1x0 contra o Atlético Mineiro e concorre ao prêmio de mais azarado de 2015 por ganhar a posição e ficar TRÊS minutos como titular até sofrer uma contusão que o deixou fora do Campeonato Brasileiro. Rildo está emprestado até dezembro de 2016 com opção de compra.

Vágner Love alterna boas partidas e jogos que testam a paciência do torcedor. Veio como reserva de P.G. e não se pode dizer que foi um fiasco, mas está longe do que esperávamos pelo seu currículo. Com personalidade e querido pelo grupo, tem contrato até agosto.

Renovações antecipadas

Escolada com o imbroglio da renovação do centroavante que foi para o Rio no meio do ano, o Corinthians fez uma rodada de renovações de contratos de promessas e jogadores do plantel profissional, lembrando muito a política adotada em 2012. Certamente é necessário, com o baixo valor do real e a constante pressão de EUA e mercado asiático sobre os veteranos que atuam no Brasil.

O veteraníssimo Danilo acertou que fica até dezembro do ano que vem, para sua SÉTIMA temporada no clube. Danilo tem dificuldades para ter uma sequência de jogos desde 2013, mas tem ótimo caráter, segura qualquer jogo e é um exemplo de profissional. O jogo é grande e está difícil? Chama o Danilo. Em 2015 a chama apagou um pouco, mas mais um ano achei de bom tamanho.

Opa, olha o Edílson nesta lista também; mas dele já falei acima.

O zagueiro Felipe é fundamental hoje. (quem diria!) Com grande impulsão e velocidade, Felipe fez a diferença em vários jogos este ano e é um grande exemplo do que um bom treinamento pode fazer por um jogador. Renovou até o final de 2018.

Gil é seleção e o melhor zagueiro do país. Seu contrato vai até dezembro de 2019. Tanto Gil como Felipe são grandes candidatos a serem assediados nas próximas janelas de transferências.

Guilherme Arana renovou contrato até 2019 e foi imediatamente emprestado ao Atlético Paranaense, porque tinha pouco espaço no Corinthians. Matando dois coelhos com uma cajadada só, seu empresário Fernando Garcia vendeu o titular Fábio Santos para o México e abriu espaço para Arana no Corinthians. Com grandes lances e grandes erros este ano, Arana conseguiu ao menos se firmar como reserva imediato de Uendel.

Jadson renovou até agosto de 2016 depois que se decidiu a não ir mais para a China, na época foi pelo mesmo salário. Com seu ano espetacular, a etiqueta com o preço deve ser bem maior na próxima renovação, que já está sendo negociada.

Luciano foi o cometa Halley de 2015. Depois de ser especulado em outros times a cada quinze minutos no início do ano e assumir a camisa titular depois de uma fase tétrica de Vágner, desatou a fazer gols até tombar no pasto da Vila Belmiro. Com o ligamento cruzado rompido, volta aos gramados no ano que vem apenas, mas renovou até o fim de 2017.

Malcom oscila demais, o que é esperado por ser muito jovem. O atacante renovou o seu contrato até 2019, mas será um dos grandes alvos na próxima janela; seu empresário estava certo que o venderia ao português Braga em julho.

Rodrigo Sam pode ser apenas a quinta opção para a zaga, mas renovou até o final de 2017; sinal que está indo bem nos treinamentos.

Yago é zagueiro e tem quebrado o galho na lateral. Gosto de seu futebol e pelo visto o clube também, já que renovaram seu contrato até 2018.

Quem falta

Poucos jogadores tem seu contrato vencendo em breve.

Bruno Henrique está contratado até o fim de 2016. Em situação incomum, o Corinthians não tem nada do seu passe, apenas uma porcentagem em futura venda. Já estão negociando com ele e com Jadson para renovar.

Ralf tem contrato até o fim de 2015 e era dado como carta fora do baralho por ter deficiências na saída de bola e uma queda na condição física. Em grande volta por cima, retomou a posição e está acertando sua renovação por pelo menos mais uma temporada.

Renato Augusto sobreviveu à dor e mostrou grande talento este ano. Com contrato até o fim de 2016, a tendência é que as negociações tenham um final feliz e fique ao menos mais uma temporada.

Rodriguinho só tem contrato até dezembro do ano que vem. Não imagino Rodrigo no grupo corinthiano em 2016, após suas pífias atuações deste ano.

Os demais

Ángel Romero é cotado para ser emprestado ano que vem ou quiçá vendido. Seu contrato vai até 2019.

Cássio, Fágner, Matheus Vidotto e Marciel tem contrato até 2018.

Elias, Uendel, Walter e Matheus Pereira ficam até 2017.

Chegando

Como de hábito, teremos um CARNAVAL de supostas contratações até o início da próxima temporada. Acho que é muito cedo para explorarmos o assunto, mas se for para apostar acho que Alan Mineiro e Dentinho devem pintar em 2016.

Na torcida para 2016 terminar como 2012, já que tem cara que 2015 pode terminar como 2005. Ouça-me em Podcastimao e me xingue no Twitter. Vai Corinthians!

Coluna do Teleco 1910

Por Teleco 1910

@Teleco1910 é um torcedor comum que gosta de conversar sobre o Corinthians. Ele não conseguirá responder aos comentários aqui, mas está sempre cornetando em 140 caracteres no Twitter.

O que você achou do post do Teleco?