Patrocínio Corinthians 2013

Fórum do Corinthians
Tópico popular Entenda as regras

#293 @sarava.sao.jorge em 17/07/2013 às 15:06

Nação alvinegra, como de se esperar, o patrocínio da comisa do Timão em 2013 está espetacular, vejam:

- Caixa = R$ 31 milhões

- FISK = R$ 15 milhões

- TIM = R$ 4,6 milhões (acabou de ser renovado e reajustado)

- Nike = R$ 30 milhões (pode subir conforme venda de produtos licenciados)

Ou seja, já passamos da casa dos R$ 80 milhões em cotas de patrocínio o manto alvinegro esse ano, por isso a diretoria não tem pressa alguma em vender as omoplatas, já atingiram o seu objetivo traçado no início do ano R$ 80 milhões.

Vai Corinthians

1.813 visualizações e 43 respostas neste tópico

Avaliação do tópico:

Responder tópico

Melhores respostas

Juliane Machado #89 @juliss em 17/07/2013 às 15:19

Já que tá rico bem que podia abaixar o preços das camisas 200 conto é sacanagem.

Paulo Frois #3.744 @paulo.frois1 em 17/07/2013 às 16:06

Colega, só corrigindo algo.

O patrocínio da Nike não é de 30 milhões. São 22 milhões em dinheiro e 8 milhões em fornecimento de material esportivo ao longo da temporada. Daí, há também os royalties dos produtos licenciados. Falando precisamente dos comercializados pela Nike, o Corinthians preferiu não ter um valor de segurança a receber, como a maioria dos outros clubes faz, que nada mais é que uma importância que o clube recebe não importando o quanto de materiais que o clube venda. Não, o Corinthians preferiu pedir uma porcentagem maior sobre o lucro líquido da empresa, por que confia no potencial de consumo de sua torcida e, por isso, sabe que vende MUITO MAIS que os outros. Resultado: enquanto a maioria dos outros clubes da Série A recebem de 2 a 4% por peça vendida, o Timão recebe 18% em média do lucro da empresa com os produtos alvinegros! Sabendo-se que somos, sim, o MAIOR VENDEDOR DE CAMISAS do Brasil e do CONTINENTE, com uma média de 900 mil a 1,3 milhão de vendas por ano, dá para imaginar o quanto o Corinthians recebe da Nike? Por isso estamos no topo. Para efeito de comparação, no ano passado o Corinthians recebeu 53 milhões da empresa, e o total de arrecadação com patrocínios atingiu pouco mais de 64 milhões de reais. Detalhe: ainda não havíamos fechado com a CAIXA ainda, ou melhor, somente entrou nessa conta o patrocínio pontual com o Banco para o Mundial de Clubes, no valor de 1 milhão. O patrocínio propriamente dito, de 31 milhões, só entrará na Receita de 2013, visto que o mesmo só foi realmente ativado no começo desse ano. Ou seja, teremos uma receita estimada em no mínimo 370 milhões para 2013! Esse é o Corinthians! E outra: o Timão não tem contrato de exclusividade com a Nike quanto ao licenciamento de produtos, como o Flamengo tem com a ADIDAS! Ou seja, o Corinthians pode fechar com a empresa que quiser para estampar sua marca nos mais variados produtos do mercado, como copos, camisetas comemorativas, chaveiros, roupas, chinelos, produtos de cama, mesa e banho, enfim, todos os setores pode haver Corinthians, e com um preço mais em conta. Já os demais clubes só podem procurar a empresa de fornecimento de materiais esportivos que lhes assistem para fechar parceria... Ou seja, pouco produtos disponíveis do clube (somente os da área de atuação da empresa) e produtos caros! Logo, Timão é deveras o TIME DO POVO! Vai, Corinthians!

Últimas respostas

Sé Loko Cachoeira #293 @sarava.sao.jorge em 18/07/2013 às 13:36

Amigão Jean, veja o que saiu na coluna DE PRIMA no Lancelixo de hoje.

Bem, acho que os Jornalistas estão mentindo e você falando a verdade né.

Abraços, boa leitura.

Fla mundial
A Adidas vai iniciar em janeiro uma nova fase na parceria com o Flamengo. Neste ano, o foco da companhia é apenas o mercado nacional. O venda de camisas na sua rede internacional será feita apenas a partir do novo modelo da camisa, que será lançado no ano que vem. O contrato vai até 2023.

Fonte: http://blogs.lancenet.com.br/deprima/

Jean #1366 @jean.ricardo1976 em 17/07/2013 às 15:52

" "

Não fala merda sem embasamento.

Os royalties dele chega a 14% se venderem 1 milhão de camisas, o nosso é 10%, além das camisas deles estarem nas lojas mundiais da Adidas. Estive na loja da Nike em Miami e NY e nem sinal das camisas do Timão. Isso é um diferencial para vender patrocínios na camisa.

O contrato deles é melhor que nosso sim, e bem melhor. Nossa diretoria deu mole, poderia ter exigido mais da Nike. Mas isso já é passado. Bola para frente.

Publicidade

Jean Ricardo #1.366 @jean.ricardo1976 em 17/07/2013 às 16:56

Sim, já ouvi dizer. Dos produtos Nike não varia, são todos 10%.

Com relação aos produtos da rede Todo Podoreso Timão, não sei e esse não é o Cerne da questão, apenas Nike x Adidas.

Abç!

Paulo #3744 @paulo.frois1 em 17/07/2013 às 16:33

" "

Com todo respeito a você, haja vista ser um Corinthiano da gema, mas já ouviu dizer de um ramo da língua portuguesa chamado 'interpretação de textos'? Disse em média, não exatamente, o que siginifica que há produtos que o Timão recebe até 25% de royalties (!) e também há outros sobre os quais o clube recebe 4%! Em média, os royalties do Timão é 18% em cima do lucro líquido da empresa, nos produtos relacionados ao Timão, claro. E outra: onde se lê 370 milhões no meu post, leia-se 400 milhões! Vai, Corinthians! Abçs!

André Luis Santos Duarte #199 @andre.luis.santos.du em 17/07/2013 às 16:44

As camisas do gaLOL são fabricadas pela Lupo e também tem esses preço.

Jorge #237 @dodej em 17/07/2013 às 15:25

" "

Tem que reclamar com a fornecedora de Material esportivo, quem fixa os preços não é o Corinthians é a Nike e seu capitali$mo.

Derik Martins #440 @d3rik em 17/07/2013 às 16:34

Creio eu que quem assinar os Naming Rights da Arena Corinthians também deve assinar um patrocínio espero que seja o principal e seja bem caro.

50 milhões seria foda em?

Paulo Frois #3.744 @paulo.frois1 em 17/07/2013 às 16:33

Com todo respeito a você, haja vista ser um Corinthiano da gema, mas já ouviu dizer de um ramo da língua portuguesa chamado 'interpretação de textos'? Disse em média, não exatamente, o que siginifica que há produtos que o Timão recebe até 25% de royalties (!) e também há outros sobre os quais o clube recebe 4%! Em média, os royalties do Timão é 18% em cima do lucro líquido da empresa, nos produtos relacionados ao Timão, claro. E outra: onde se lê 370 milhões no meu post, leia-se 400 milhões! Vai, Corinthians! Abçs!

Jean #1366 @jean.ricardo1976 em 17/07/2013 às 16:25

" "

Outro que não faz ideia do que fala.

Os royalties são de 10%. Não inventa.

Nino Pio #4.275 @ninojb em 17/07/2013 às 16:31

E galera o Timão esse ano esta faturando bem com a camisa mais em compensação nossa divida também subura bastante pos agora temos um estádio de 420 milhões para pagar fora o juros dos emprestimos ponte que foram feito para não parar as obras e o dinheiro que o clube tem que gardar para investir na construção de um novo CT para a base e referente ao preço da camisa gente tem camisa original sem patrocínio modelo do começo do ano por R$99,99 vamos ser humildes e saber que cada um paga o que que pode e o clube tem produtos de várias faxas de preço e para todos as classes ricos ou pobres uma camisa de R$200,00 si parcelar em 10x no cartão da R$20,00 por mês sem maldade eu gasto isso com chocolate e sorvete, quem ama o clube sabe que esse preço para uma camisa de jogo com todos os patrocínios logo de campeão do mundo não esta nada fora do comum e barato não mas também não e tão caro assim.

Jean Ricardo #1.366 @jean.ricardo1976 em 17/07/2013 às 16:25

Outro que não faz ideia do que fala.

Os royalties são de 10%. Não inventa.

Paulo #3744 @paulo.frois1 em 17/07/2013 às 16:06

" "

Colega, só corrigindo algo.

O patrocínio da Nike não é de 30 milhões. São 22 milhões em dinheiro e 8 milhões em fornecimento de material esportivo ao longo da temporada. Daí, há também os royalties dos produtos licenciados. Falando precisamente dos comercializados pela Nike, o Corinthians preferiu não ter um valor de segurança a receber, como a maioria dos outros clubes faz, que nada mais é que uma importância que o clube recebe não importando o quanto de materiais que o clube venda. Não, o Corinthians preferiu pedir uma porcentagem maior sobre o lucro líquido da empresa, por que confia no potencial de consumo de sua torcida e, por isso, sabe que vende MUITO MAIS que os outros. Resultado: enquanto a maioria dos outros clubes da Série A recebem de 2 a 4% por peça vendida, o Timão recebe 18% em média do lucro da empresa com os produtos alvinegros! Sabendo-se que somos, sim, o MAIOR VENDEDOR DE CAMISAS do Brasil e do CONTINENTE, com uma média de 900 mil a 1,3 milhão de vendas por ano, dá para imaginar o quanto o Corinthians recebe da Nike? Por isso estamos no topo. Para efeito de comparação, no ano passado o Corinthians recebeu 53 milhões da empresa, e o total de arrecadação com patrocínios atingiu pouco mais de 64 milhões de reais. Detalhe: ainda não havíamos fechado com a CAIXA ainda, ou melhor, somente entrou nessa conta o patrocínio pontual com o Banco para o Mundial de Clubes, no valor de 1 milhão. O patrocínio propriamente dito, de 31 milhões, só entrará na Receita de 2013, visto que o mesmo só foi realmente ativado no começo desse ano. Ou seja, teremos uma receita estimada em no mínimo 370 milhões para 2013! Esse é o Corinthians! E outra: o Timão não tem contrato de exclusividade com a Nike quanto ao licenciamento de produtos, como o Flamengo tem com a ADIDAS! Ou seja, o Corinthians pode fechar com a empresa que quiser para estampar sua marca nos mais variados produtos do mercado, como copos, camisetas comemorativas, chaveiros, roupas, chinelos, produtos de cama, mesa e banho, enfim, todos os setores pode haver Corinthians, e com um preço mais em conta. Já os demais clubes só podem procurar a empresa de fornecimento de materiais esportivos que lhes assistem para fechar parceria... Ou seja, pouco produtos disponíveis do clube (somente os da área de atuação da empresa) e produtos caros! Logo, Timão é deveras o TIME DO POVO! Vai, Corinthians!

André Emerson De Oliveira Oshikawa #54 @deco1910 em 17/07/2013 às 16:23

Perfeita sua explanação, foi exatamente isso que li a respeito no artigo de um jornalista da qual não me lembro o nome.

Paulo #3744 @paulo.frois1 em 17/07/2013 às 16:06

" "

Colega, só corrigindo algo.

O patrocínio da Nike não é de 30 milhões. São 22 milhões em dinheiro e 8 milhões em fornecimento de material esportivo ao longo da temporada. Daí, há também os royalties dos produtos licenciados. Falando precisamente dos comercializados pela Nike, o Corinthians preferiu não ter um valor de segurança a receber, como a maioria dos outros clubes faz, que nada mais é que uma importância que o clube recebe não importando o quanto de materiais que o clube venda. Não, o Corinthians preferiu pedir uma porcentagem maior sobre o lucro líquido da empresa, por que confia no potencial de consumo de sua torcida e, por isso, sabe que vende MUITO MAIS que os outros. Resultado: enquanto a maioria dos outros clubes da Série A recebem de 2 a 4% por peça vendida, o Timão recebe 18% em média do lucro da empresa com os produtos alvinegros! Sabendo-se que somos, sim, o MAIOR VENDEDOR DE CAMISAS do Brasil e do CONTINENTE, com uma média de 900 mil a 1,3 milhão de vendas por ano, dá para imaginar o quanto o Corinthians recebe da Nike? Por isso estamos no topo. Para efeito de comparação, no ano passado o Corinthians recebeu 53 milhões da empresa, e o total de arrecadação com patrocínios atingiu pouco mais de 64 milhões de reais. Detalhe: ainda não havíamos fechado com a CAIXA ainda, ou melhor, somente entrou nessa conta o patrocínio pontual com o Banco para o Mundial de Clubes, no valor de 1 milhão. O patrocínio propriamente dito, de 31 milhões, só entrará na Receita de 2013, visto que o mesmo só foi realmente ativado no começo desse ano. Ou seja, teremos uma receita estimada em no mínimo 370 milhões para 2013! Esse é o Corinthians! E outra: o Timão não tem contrato de exclusividade com a Nike quanto ao licenciamento de produtos, como o Flamengo tem com a ADIDAS! Ou seja, o Corinthians pode fechar com a empresa que quiser para estampar sua marca nos mais variados produtos do mercado, como copos, camisetas comemorativas, chaveiros, roupas, chinelos, produtos de cama, mesa e banho, enfim, todos os setores pode haver Corinthians, e com um preço mais em conta. Já os demais clubes só podem procurar a empresa de fornecimento de materiais esportivos que lhes assistem para fechar parceria... Ou seja, pouco produtos disponíveis do clube (somente os da área de atuação da empresa) e produtos caros! Logo, Timão é deveras o TIME DO POVO! Vai, Corinthians!

Paulo Frois #3.744 @paulo.frois1 em 17/07/2013 às 16:19

No meu post anterior, onde se lê 370 milhões, entenda-se 400 milhões! Ato falho.

Paulo Frois #3.744 @paulo.frois1 em 17/07/2013 às 16:06

Colega, só corrigindo algo.

O patrocínio da Nike não é de 30 milhões. São 22 milhões em dinheiro e 8 milhões em fornecimento de material esportivo ao longo da temporada. Daí, há também os royalties dos produtos licenciados. Falando precisamente dos comercializados pela Nike, o Corinthians preferiu não ter um valor de segurança a receber, como a maioria dos outros clubes faz, que nada mais é que uma importância que o clube recebe não importando o quanto de materiais que o clube venda. Não, o Corinthians preferiu pedir uma porcentagem maior sobre o lucro líquido da empresa, por que confia no potencial de consumo de sua torcida e, por isso, sabe que vende MUITO MAIS que os outros. Resultado: enquanto a maioria dos outros clubes da Série A recebem de 2 a 4% por peça vendida, o Timão recebe 18% em média do lucro da empresa com os produtos alvinegros! Sabendo-se que somos, sim, o MAIOR VENDEDOR DE CAMISAS do Brasil e do CONTINENTE, com uma média de 900 mil a 1,3 milhão de vendas por ano, dá para imaginar o quanto o Corinthians recebe da Nike? Por isso estamos no topo. Para efeito de comparação, no ano passado o Corinthians recebeu 53 milhões da empresa, e o total de arrecadação com patrocínios atingiu pouco mais de 64 milhões de reais. Detalhe: ainda não havíamos fechado com a CAIXA ainda, ou melhor, somente entrou nessa conta o patrocínio pontual com o Banco para o Mundial de Clubes, no valor de 1 milhão. O patrocínio propriamente dito, de 31 milhões, só entrará na Receita de 2013, visto que o mesmo só foi realmente ativado no começo desse ano. Ou seja, teremos uma receita estimada em no mínimo 370 milhões para 2013! Esse é o Corinthians! E outra: o Timão não tem contrato de exclusividade com a Nike quanto ao licenciamento de produtos, como o Flamengo tem com a ADIDAS! Ou seja, o Corinthians pode fechar com a empresa que quiser para estampar sua marca nos mais variados produtos do mercado, como copos, camisetas comemorativas, chaveiros, roupas, chinelos, produtos de cama, mesa e banho, enfim, todos os setores pode haver Corinthians, e com um preço mais em conta. Já os demais clubes só podem procurar a empresa de fornecimento de materiais esportivos que lhes assistem para fechar parceria... Ou seja, pouco produtos disponíveis do clube (somente os da área de atuação da empresa) e produtos caros! Logo, Timão é deveras o TIME DO POVO! Vai, Corinthians!