Brasileirão 2017 - Cruzeiro 1 x 1 Corinthians

Brasileirão 2017 - Cruzeiro 1 x 1 Corinthians

https://www.meutimao.com.br/jogo/01-10-2017/brasileirao_2017/cruzeiro-1-x-1-corinthians

02:00

2017-10-01T16:00:00

Corinthians Corinthians 1 x 1 Cruzeiro Cruzeiro

Brasileirão 2017

Sobre a Partida

Clayson marca no fim, e Corinthians busca empate heroico contra Cruzeiro no Mineirão

O Corinthians conseguiu um heroico empate no fim de tarde deste domingo. Em jogo realizado no Mineirão, o Timão do técnico Fábio Carille buscou o placar de 1 a 1 diante do Cruzeiro, pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro. O autor do tento foi Clayson, que já havia salvado a pátria alvinegra no último domingo, em clássico contra o São Paulo.

O autor do gol cruzeirense foi Rafinha, ainda no primeiro tempo. Nos minutos iniciais da etapa complementar, foi a vez de o Corinthians balançar as redes, mas a arbitragem errou ao anular gol de Balbuena alegando posição de impedimento do zagueiro paraguaio. Mas justiça seria feita: aos 38 minutos, em cobrança de pênalti, Clayson marcou e deixou tudo igual!

Com o resultado, o Corinthians viu sua vantagem na liderança cair dois pontos na rodada. Até a noite de sábado, o Timão tinha "gordura" de dez pontos para o vice-líder Santos. A equipe da Baixada Santista venceu o Palmeiras e, com o empate corinthiano, diminuiu para oito a distância para a primeira colocação. Veja a classificação completa aqui.

Vale lembrar que o Corinthians entrou em campo com uma alteração em relação ao time considerado ideal: o lesionado Jô deu lugar ao reserva imediato Colin Kazim. Assim, o Timão subiu ao gramado com: Cássio, Fagner (capitão), Balbuena, Pablo e Guilherme Arana; Gabriel e Maycon; Jadson, Rodriguinho e Romero; Kazim.

O Timão volta a jogar apenas no próximo dia 11, uma quarta-feira. Em duelo válido pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Corinthians recebe o Coritiba na Arena. Até lá, o torneio fica paralisado por conta das últimas duas rodadas das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2018.

Primeiro tempo

O Corinthians, ao contrário do que geralmente acontece quando é visitante, foi quem dominou as ações na etapa inicial. O Cruzeiro deixou a posse de bola com os alvinegros para jogar nos erros do Timão. E a estratégia que se mostrou mais efetiva foi a celeste.

Em contra-ataque aos 19 minutos, Thiago Neves, Alisson e Diogo Barbosa realizaram envolvente triangulação pela esquerda, tirando Fagner para dançar. O lateral cruzeirense, então, acertou belo cruzamento na entrada da pequena área. Guilherme Arana deu bobeira, e Rafinha apareceu como um foguete para antecipar a marcação corinthiana e cabecear sem chances de defesa para o goleiro Cássio. Placar aberto a favor dos mandantes.

Em desvantagem no marcador, o Corinthians passou a pressionar ainda mais o Cruzeiro, trocando passes no campo de ataque e tentando abrir espaços no entorno da grande área rival. O problema foi a (falta de) criação de jogadas!

Carille até tentou modificar a equipe ao promover a inversão de Romero e Jadson, passando o atacante para a direita e o meia para a esquerda. Com a mudança, o paraguaio passou a dificultar a vida de Alisson. Ofensivamente, porém, não houve grandes resultados.

Vale ainda destacar que Jadson conseguiu achar duas enfiadas de bola, mas... Gabriel recebeu pela direita e chutou para defesa de Fábio; Kazim, em posição de impedimento, foi lançado, fez a movimentação de pivô e marcou um gol bem anulado pela arbitragem.

Segundo tempo

O Corinthians voltou do intervalo com uma substituição: Jadson saiu para a entrada de Marquinhos Gabriel, numa clara tentativa de Carille de colocar mais fogo no jogo. E a mudança surtiu efeito!

A equipe alvinegra iniciou a etapa complementar "elétrica". Logo aos três minutos, Maycon cobrou falta levantando a bola na grande área. Balbuena venceu os marcadores pelo alto e cabeceou para o fundo das redes. A arbitragem, agora de forma errônea, anulou o gol alegando impedimento. O cruzeirense Léo dava condição para o zagueiro paraguaio.

Balbuena estava em condição legal

Balbuena estava em condição legal

Reprodução/TV

Sem perder tempo reclamando com o árbitro, o Corinthians tratou de seguir no ataque. Marquinhos Gabriel "entortou" Lucas Romero com lindo drible e bateu para o gol. Fábio, seguro, realizou boa defesa.

Mantendo a busca pelo gol de empate, Rodriguinho tabelou com Kazim na entrada da área e encheu o pé no canto direito de Fábio. O goleiro, novamente, se esticou todo para espalmar.

Percebendo o bom momento do Corinthians no jogo, Carille decidiu lançar sua equipe ainda mais para o ataque: sacou o volante Gabriel e colocou o atacante Clayson em campo. Não demorou para também promover a terceira e última alteração: Camacho no lugar de Maycon.

A pressão corinthiana se manteve, e a recompensa veio aos 38 minutos: pênalti para o Timão após toque na mão do zagueiro Murilo em lance protagonizado por Kazim. Na cobrança, Clayson colocou a bola na marca da cal e bateu firme para empatar o duelo!

Nos minutos finais, Carille ainda fez questão de orientar sua equipe a manter a pressão no campo ofensivo em busca do gol da virada. Acabou não rolando... Mas valeu o esforço! O Timão volta para São Paulo com um importante (e bastante disputado) pontinho na bagagem.

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a partida: Cruzeiro 1 x 1 Corinthians

  • 1000 caracteres restantes