Brasileirão 2017 - Sport 1 x 0 Corinthians

Brasileirão 2017 - Sport 1 x 0 Corinthians

https://www.meutimao.com.br/jogo/03-12-2017/brasileirao_2017/sport-1-x-0-corinthians

02:00

2017-12-03T17:00:00

Corinthians Corinthians 0 x 1 Sport Sport

Brasileirão 2017

Sobre a Partida

Mistão do Corinthians é ineficaz, 'salva' Sport do rebaixamento e se despede de 2017

Campeão brasileiro há pouco mais de duas semanas, o Corinthians fez na tarde deste domingo, contra o Sport, na Ilha do Retiro, sua última partida em 2017. Uma atuação que não deve permanecer na memória nem do torcedor alvinegro mais desencanado... Ainda de “ressaca” pela conquista do hepta, o mistão do Timão foi derrotado por 1 a 0, gol marcado pelo centroavante André.

O Corinthians entrou em campo debaixo de uma escalação alternativa. Apenas três jogadores considerados titulares viajaram com a delegação para Pernambucano e atuaram: o goleiro Cássio, o zagueiro Balbuena (capitão) e o volante Gabriel.

No tradicional esquema 4-2-3-1, o Timão que se despedia da vitoriosa temporada tinha a seguinte formação: Cássio, Léo Príncipe, Balbuena, Pedro Henrique e Marciel; Gabriel e Fellipe Bastos; Pedrinho, Rodrigo Figueiredo e Giovanni Augusto; Kazim – destaque para Rodrigo Figueiredo, que fazia sua estreia como titular.

A equipe corinthiana termina o Brasileirão com 21 vitórias, nove empates, oito derrotas, 50 gols marcados e 30 sofridos. Aproveitamento superior a 63% dos pontos.

Oficialmente de férias, Fábio Carille & cia. voltam a trabalhar no próximo dia 3 (uma quarta-feira). Quatro dias depois, o elenco embarca para os Estados Unidos, onde disputará a Florida Cup pelo quarto ano consecutivo. O primeiro jogo em 2018 está marcado para 10 de janeiro, diante do PSV Eindhoven, da Holanda.

Primeiro tempo

Se para o lado corinthiano o confronto em Recife já não tinha tanta importância e apelo, o mesmo não podia ser dito em relação aos donos da casa. Embalado pela torcida presente na Ilha do Retiro, o Sport só se interessava pela vitória, resultado que o fazia sonhar com a permanência da primeira divisão em 2018.

Até pelo receio de perder tomado pela equipe pernambucana, poucas oportunidades foram criadas nos primeiros 20 minutos de jogo. O Corinthians, como esperado, adotava como principal arma o contra-ataque em velocidade, enquanto o Sport, que tinha Diego Souza como protagonista, tentava trocar passes e construir jogadas ofensivas, mas era ineficaz.

Aos 22, o estreante Rodrigo Figueiredo teve nos pés a chance de abrir o placar. Após cabeceio de Pedrinho e defesa do goleiro Magrão, o camisa 32, na sobra, bateu de primeira, mas viu o arqueiro do Sport bloquear o arremate com o peito. Um milagre para os torcedores do clube pernambucano, a essa altura com os nervos à flor da pele!

Sem o artilheiro Jô, já de férias, o Corinthians tentava se virar com Colin Kazim na frente. Só que o atacante inglês naturalizado turco errava praticamente todos os domínios e não conseguia dar andamento às jogadas construídas ou por Pedrinho ou por Giovanni Augusto – Rodrigo Figueiredo, substituto de Rodriguinho, tinha desempenho discreto.

Cássio cobra atenção dos jogadores de defesa após defender arremate

Cássio cobra atenção dos jogadores de defesa após defender arremate

Reprodução/Premiere

O goleiro Cássio chegou a defender duas finalizações de fora da área no primeiro tempo, máximo de alternativas criadas pelo Sport na primeira etapa. “A gente está com muitos jogadores que não jogavam. Mas estamos com entrega e determinados. O primeiro tempo foi difícil e a tendência é que eles se atirem mais e temos que aproveitar os espaços”, analisou o camisa 12 alvinegro, antes de seguir para o vestiário ao término dos 45 minutos.

Segundo tempo

Aqui, importante destacar: com o empate sem gols ante o Corinthians – somado aos resultados parciais da rodada –, o Sport permanecia na 17ª colocação e, assim, estava momentaneamente rebaixado à Série B.

Dito isto, era evidente que o time de Recife se lançaria ao ataque no período complementar. E tal cenário não demorou a acontecer, culminando no primeiro gol do confronto: o centroavante André, ex-Corinthians, aproveitou cruzamento de Diego Souza e vacilo geral da defesa alvinegra para cabecear firme em direção à meta de Cássio. 1 a 0 na Ilha do Retiro e festa da torcida local.

O Corinthians, aparentemente com a cabeça no recesso de fim de ano, não dava indícios de reação e tocava a bola até com certa displicência, sem interesse em incomodar a defesa do Sport. Fábio Carille logo promoveu sua primeira alteração: sacou Kazim, pior em campo, para a entrada do veterano Danilo, que atuaria na posição de 9.

Carille também deu a primeira oportunidade no ano para o volante Guilherme Mantuan, promovido aos profissionais depois da Copa São Paulo de juniores, em janeiro. O jovem de 20 anos deixou o banco de reservas aos 31 minutos na vaga de Pedrinho, quem mais havia tentado “fazer diferente” em Recife.

Mas não havia tempo para muita coisa além da correria característica de um fim de jogo decisivo como o que Sport e Corinthians travaram no Nordeste. A equipe pernambucana estava salva de um possível rebaixamento, para a alegria da torcida que abarrotou a Ilha do Retiro.

Do lado da Fiel, sem crise! Até 2018!

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a partida: Sport 1 x 0 Corinthians

  • 1000 caracteres restantes