Mesmo com lama e gramado ruim, Corinthians vence primeiro confronto contra o Capivariano

Corinthians Corinthians 3 x 2 Capivariano Capivariano

Paulista 2015

Mesmo com lama e gramado ruim, Corinthians vence primeiro confronto contra o Capivariano

Por Meu Timão

Sheik marcou o primeiro gol da partida

Sheik marcou o primeiro gol da partida

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

O Corinthians viajou ao interior, na tarde deste domingo, para seu primeiro confronto na história contra o Capivariano. A partida era válida pelo Campeonato Paulista 2015. Com o departamento médico cheio, sem Elias e Gil na seleção e uma maratona de jogos pela frente, Tite só pôde contar com 18 jogadores para o confronto - já que a FPF limitou a quantidade de inscritos na competição em até 28 atletas por equipe.

Enfrentando um gramado em estado lamentável - com lama e até mesmo formigueiros em campo - o Timão foi a campo com, na medida do possível, sua equipe titular. Tite escalou a equipe formada por Cássio; Fagner, Felipe, Edu Dracena e Uendel; Ralf, Cristian, Renato Augusto e Jadson; Emerson e Guerrero. No banco, o treinador tinha Edílson, Yago, Luciano, Danilo, Vágner Love, Matheus e Petros.

Primeiro tempo

Desde os primeiros minutos da partida, o torcedor corinthiano temeu pela condição física dos jogadores e pela qualidade do jogo. O campo, visivelmente enlameado, ofereceu minutos de jogo truncado, apesar da evidente diferença técnica entre as equipes.

Por isso, a primeira jogada de perigo só aconteceu aos 17 minutos, com jogada de Uendel e Guerrero dentro da área do Capivariano. O segundo lance de perigo, porém, seria decisivo. Renato Augusto chegou em velocidade no ataque, mas o goleiro Douglas saiu antecipadamente e acabou pondo a mão na bola fora da área, impedindo chance clara de gol do Corinthians.

O juiz não perdoou e deu o cartão vermelho direto para o defensor do Capivariano, que foi substituído pelo goleiro André Luis. Com um homem a mais, o Corinthians ficou mais ofensivo e criou muitas chances de gol, até que aos 42 minutos da primeira etapa, abriu o placar sob os pés de Sheik. Antes do apito para o intervalo, porém, Guerrero também quis marcar o seu e aumentou a vantagem aos 44 minutos.

Segundo tempo

Após a primeira etapa, que terminou com larga vantagem do Corinthians - 2x0 em gols, 6x0 em escanteios, 66% de posse de bola - o Capivariano voltou e aproveitou melhor as condições adversas do gramado. Aos 13 minutos, Kleiton Domingues aproveitou falha da defesa do Timão e acabou por diminuir a vantagem.

Com apenas 10 minutos, Cristian - que já tinha amarelo - sentiu dores no tornozelo e foi substituído para a entrada de Petros. Aos 16, outro amarelado, Renato Augusto saiu para a entrada de Danilo. Após as substituições, o Corinthians mudou e acelerou novamente, encontrando seu terceiro gol após passe de Jadson para Guerrero, que marcou seu segundo tento na partida.

Aos 24 minutos, Jadson foi o último a deixar o campo, para a entrada de Vagner Love. O Timão aí passou a gerenciar a partida, e embora tenha chegado algumas vezes, sentia - especialmente na defesa - o peso do campo molhado em Capivari. Por isso, em mais uma bobeada acabou tomando o segundo gol do Capivariano aos 37 minutos.

No minuto final, Vagner Love chegou a marcar, mas o gol foi anulado por posição irregular do atacante, e a partida terminou 3x2. O próximo jogo do Corinthians será novamente pelo Campeonato Paulista, contra a Portuguesa, na terça-feira às 19h30.

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a partida entre Corinthians e Capivariano

  • 1000 caracteres restantes