Corinthians tropeça, mas mantém distância de cinco pontos na liderança

Corinthians Corinthians 1 x 2 Internacional Internacional

Brasileirão 2015

Corinthians tropeça, mas mantém distância de cinco pontos na liderança

Por Meu Timão

Corinthians amargou a derrota no Beira Rio

Corinthians amargou a derrota no Beira Rio

Foto: Reprodução / TV

O Corinthians foi à Porto Alegre na noite desta quarta-feira, para confronto contra o Internacional. A equipe tinha o desafio de vencer o time gaúcho em pleno Beira Rio para manter a distância na ponta do Brasileirão e, é claro, defender a sua invencibilidade.

A equipe foi praticamente completa, e Tite trabalhou o tradiciona 4-1-4-1 com Cássio, Uendel, Gil, Felipe, Fagner, Elias, Ralf, Jadson, Renato Augusto, Malcom e Love. O treinador, porém, perdeu um jogador nos minutos iniciais do jogo - pela terceira vez seguida.

A partida, marcada para 22 horas, contaria com um minuto de silêncio para um torcedor ícone do Brasil: o simpático Gaúcho da Copa, falecido hoje por complicações do câncer. A diretoria do time gaúcho, porém, se recusou ao préstimo uma vez que o mesmo era torcedor fanático do rival.

Primeiro tempo

A primeira etapa da partida começou difícil para o líder do Campeonato Brasileiro. Com características similares, Corinthians e Internacional faziam um jogo pegado, mas o time gaúcho sentia a vantagem de jogar como mandante.

Durante os minutos iniciais, houve maior pressão da equipe comandada por Argel Fucks. Uma das primeiras jogadas, e provável polêmica durante a semana, será uma bola na área do Timão que teria pegado na mão de Uendel.

O jogador, porém, acabaria gerando um problema pior do que um suposto pênalti. Em poucos minutos de jogo Uendel se machucou e abandonou a partida. Em seu lugar, Tite chamou Edílson, que atuou improvisado na posição.

O Timão, porém, mostrou que não aceitaria pressão e foi pra cima - abrindo o placar aos 17 minutos do primeiro tempo, com gol de Malcom. Na sobra de Love, o jovem bateu para o gol e contou com o desvio em Paulão para anular o goleiro Alisson.

Com a vantagem no placar, o Corinhians dominou o jogo até os 36 minutos, quando o Internacional conseguiu o empate. O gol foi marcado por Réver após a cobrança de escanteio de Valdívia.

Segundo tempo

A equipe corinthiana pareceu sentir o empate no fim da primeira etapa e voltou menos concentrada para a metade final. O nervosismo ficou claro já no primeiro lance, quando Edílson fez a falta e levou o primeiro cartão da partida.

Terceiro da competição, o cartão tira o lateral para a próxima partida, criando um problema para o técnico Tite. O treinador não provavelmente não poderá contar com Uendel e Arana, ainda em recuperação.

No segundo tempo, o Corinthians passou a jogar no campo defensivo e ficou mais exposto. O Internacional, usou a pressão à seu favor e trabalhou a bola no ataque e travou a saída de bola corinthiana. Por isso, aos 25 minutos, o treinador corinthiano sentiu que era hora de uma mudança no ataque: sacou Malcom para a entrada de Romero.

Apesar disso, somente três minutos depois, aos 28, o Internacional conseguiu desempatar a partida e virar o jogo, com gol de Valdívia. O autor do gol, porém, precisou deixar o campo após sentir uma torção cerca de 10 minutos depois.

Tite ainda fez mais uma mexida na equipe, tirando Ralf para a entrada de Cristian, porém, o placar não se alterou. Com o resultado, o Corinthians perdeu a invencibilidade que já durava mais de 17 jogos. Apesar disso, o Atlético-MG, segundo colocado do Brasileirão também sofreu a derrota e com isso a diferença de pontos não se alterou.

Não há tempo para lamentar, porém: o próximo jogo do Corinthians é outro desafio a ser superado. A equipe enfrentará o Santos neste domingo, na Arena Corinthians, novamente às 11h da manhã.

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a partida entre Corinthians e Internacional

  • 1000 caracteres restantes