Treinador especulado para substituir Tite no Timão nega contato

19 mil visualizações 100 comentários

Por Meu Timão

'Incomodado' com especulações, Eduardo Baptista negou que tenha dialogado com diretoria do Corinthians

'Incomodado' com especulações, Eduardo Baptista negou que tenha dialogado com diretoria do Corinthians

PontePress/ThiagoToledo

O Corinthians já trabalha com a hipótese de perder o técnico Tite para a Seleção Brasileira. Um dos nomes cotados para substituir o multicampeão alvinegro, o treinador Eduardo Baptista, da Ponte Preta, negou que tenha conversado com integrantes da cúpula do Timão e afirmou estar focado no clube campinense.

“É tudo no campo da especulação, estou focado no que eu faço, temos uma partida importante pela frente. Não penso mais nada que não seja a Ponte e o jogo de amanhã (quarta-feira)”, afirmou Eduardo Baptista, em entrevista coletiva nesta terça-feira, no Majestoso.

O técnico da Ponte Preta teve de responder ao menos cinco perguntas a respeito da possibilidade de assumir o Corinthians. Informações dão conta de que ele e Abel Braga, atualmente sem time, estão na lista de pretendidos pela direção do Parque São Jorge. Já parte da torcida corinthiana reivindica o nome de Fernando Diniz, que levou o Osasco Audax à decisão do último Campeonato Paulista.

“Estou feliz na Ponte, é um time de representatividade nacional e organizado. Tenho contrato e um trabalho a fazer. Por enquanto não tem nada”, frisou o treinador, que exaltou a carreira de Tite e se mostrou incomodado com a situação. “Sou um cara muito sério. O Corinthians tem um treinador de nível nacional, e falar sobre o Corinthians me incomoda. Vim aqui falar de Ponte”, finalizou.

Eduardo tem 46 anos e iniciou a carreira no Sport em 2014. Filho de Nelsinho Baptista, ex-treinador do Timão, ele levou a agremiação da Ilha do Retiro à 11ª colocação do Campeonato Brasileiro, melhor posição do clube na era dos pontos corridos. Antes de assumir a Ponte Preta, teve breve passagem pelo Fluminense.

A possibilidade de Tite aceitar o convite para dirigir a Seleção Brasileira ganhou força no início da tarde desta terça-feira, quando a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) anunciou o desligamento de Dunga e Gilmar Rinaldi, então técnico e coordenador de seleções, respectivamente. Depois de capitanear o treino do Corinthians, ele deixou o CT Joaquim Grava e seguiu, de jato particular cedido pela entidade, para o Rio de Janeiro, onde se reunirá com Marco Polo Del Nero.

Veja Mais:

  • Dirigente uruguaio diz que Corinthians não deu alternativas e explica ação na Fifa

    [Marco Bello] Dirigente uruguaio diz que Corinthians não deu alternativas e explica ação na Fifa

    ver detalhes
  • Andrés Sanchez ainda não sabe quando voltarão os treinos e jogos; presidente do Corinthians quebra a cabeça fora de campo

    Salários atrasados e outras pendências: Corinthians planeja 'semana do alívio' com grana de Pedrinho

    ver detalhes
  • A MarjoSports ocupava as mangas da camisa alvinegra desde 2019

    Corinthians anuncia rescisão com um de seus patrocinadores por conta da paralisação

    ver detalhes
  • Giovanny em ação na final da Copa do Brasil Sub-17, diante do Palmeiras, no Pacaembu, em novembro de 2017

    Chega ao fim contrato de atacante que não atuou pelo Corinthians por quase três anos

    ver detalhes
  • Corinthians fez vídeo para se posicionar contra o racismo

    Vidas negras importam: Corinthians destaca ídolos e vítimas recentes em vídeo contra o racismo

    ver detalhes
  • Passo a passo: a participação de torcedores no protesto pela democracia na Avenida Paulista

    VÍDEO: Passo a passo: a participação de torcedores no protesto pela democracia na Avenida Paulista

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: