Fim da 'era Tite'? Veja quem pode assumir o comando técnico do Corinthians

Fim da 'era Tite'? Veja quem pode assumir o comando técnico do Corinthians

Por Meu Timão

Quem assume o Corinthians após saída de Tite?

Quem assume o Corinthians após saída de Tite?

Foto: Montagem/Meu Timão

Com a saída próxima do técnico Tite, que deve assumir o comando da Seleção Brasileira, o Corinthians, obviamente, ficará sem treinador. Dificilmente um nome será anunciado a tempo de comandar a equipe já diante do Fluminense, no jogo da próxima quinta-feira, no Mané Garrincha. Ainda assim, a diretoria alvinegra precisará correr contra o tempo para buscar um substituto para aquele que se tornou o comandante com mais títulos na história do clube do Parque São Jorge.

Assim, o Meu Timão preparou uma lista com prováveis nomes cotados pelo Corinthians e que estejam em situação agradável no mercado. Confira abaixo!

Mano Menezes

Depois de Tite, Mano foi o treinador com melhores resultados à frente do Corinthians nos últimos anos. Em sua primeira passagem, conquistou os títulos da Série B de 2008 e do Paulistão e da Copa do Brasil de 2009. Na segunda vez que foi contratado pelo Timão, reformulou o elenco e conquistou vaga na Libertadores de 2015. Apesar de ser um nome possível, haja vista que está desempregado desde que foi demitido do Shandong Luneng, da China, é improvável. Isso porque deixou o clube no fim de 2014 brigado com a chapa de Andrés Sanchez, que comanda o clube desde o fim de 2007 e hoje tem Roberto de Andrade como presidente.

Vanderlei Luxemburgo

Assim como Mano Menezes, Luxemburgo foi demitido recentemente na China, após passagem frustrante pelo Tianjin Quanjian na Segunda Divisão do país. Apesar de não ter tido bons trabalhos nos últimos clubes que dirigiu, o treinador tem identificação com o Timão. Foi no Corinthians, afinal de contas, que foi campeão brasileiro de 1998 e paulista de 2001.

Abel Braga

Considerado medalhão entre os treinadores brasileiros disponíveis no mercado, Abel Braga foi demitido do Al-Jazira, dos Emirados Árabes, no fim do ano passado. Desde então, está sem trabalhar, apesar de ter vínculo trabalhista com o clube até o fim de junho e portanto pode trocar de equipe a partir de julho apenas. No Oriente Médio, teve duas boas passagens. Em terras brasileiras, alternou bons trabalhos no Fluminense e no Internacional na última década. Na época da saída de Mano Menezes do Corinthians, no fim de 2014, chegou a ser cotado pela diretoria então comandada por Mário Gobbi.

Oswaldo de Oliveira

Oswaldo de Oliveira foi, sem dúvida, um dos grandes técnicos vencedores da história do Corinthians. No fim do século 20, conquistou o Brasileirão e o Paulistão de 1999 e o Mundial de Clubes da Fifa de 2000. Passou cinco anos no Japão, retornou ao Brasil em 2011, acumulou alguns bons trabalhos no eixo Rio-São Paulo e, agora, vive mau momento no Sport. O clube pernambucano está na zona de rebaixamento do Brasileirão, com apenas uma vitória em oito rodadas. Vale lembrar que, assim como Abel Braga, Oswaldo de Oliveira também foi cotado no Corinthians em 2014.

Diego Aguirre

Técnico uruguaio que recentemente teve passagens frustradas por Internacional e Atlético-MG, Aguirre teria interesse em seguir no futebol brasileiro. Ele foi demitido do clube mineiro no mês passado. Apesar de não ter feito grandes trabalhos no Brasil, é bem avaliado pela imprensa uruguaia e, em território sul-americano, em termos de Libertadores, é um nome grosso modo bem avaliado.

Fernando Diniz

Com 42 anos, Diniz fez um grande trabalho no último Campeonato Paulista à frente do Osasco Audax, marcado pelo futebol envolvente e ganhando até elogios de Tite. Após levar o clube ao vice-campeonato estadual, com direito a eliminar o Corinthians em plena Arena, foi contratado pela "filial" Oeste, na Série B do Brasileirão, onde faz campanha razoável, ocupando o décimo lugar. Fato é que, em caso de convite por parte do Timão, ele muito provavelmente não pensaria duas vezes em deixar a equipe de Itápolis e aceitar o desafio.

Eduardo Baptista

Com 46 anos e filho do também treinador Nelsinho Baptista, Eduardo atualmente treina a Ponte Preta. Acumulou, no Sport, de 2014 a 2015, seus primeiros jogos como técnico efetivado. E impressionou positivamente. Acabou contratado pelo Fluminense, onde não durou muito. De acordo com o Globoesporte.com, Eduardo Baptista é desejo de Andrés Sanchez, ex-presidente que, apesar de alegar não ter mais influência no futebol alvinegro, tem sim influência no futebol alvinegro.

Osmar Loss

Osmar Loss chegou ao Corinthians no segundo semestre de 2013 e, nas categorias de base do Timão, acumula grandes trabalhos e conquista de títulos. A equipe sub-20, sob seu comando, já foi bi-campeã paulista, campeã brasileira e campeã da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Ele é bem visto, ao menos como técnico do futebol amador, nos bastidores do Parque São Jorge.

Veja Mais:

  • Dispensado do Corinthians, Willians se pronuncia em rede social

    Dispensado do Corinthians, Willians se pronuncia em rede social

    ver detalhes
  • Chapecoense está na Libertadores de 2017; Corinthians segue lutando por vaga

    Conmebol confirma título à Chape, e Libertadores-2017 terá ao menos oito brasileiros

    ver detalhes
  • Wladimir tem 805 jogos com a camisa do Corinthians em seu currículo

    Invasão Corinthiana, impeachment de Andrade e tragédia da Chape: bate-papo com Wladimir

    ver detalhes
  • Muricy atualmente trabalha como comentarista no SporTV

    Corinthians convidou Muricy Ramalho para ocupar cargo na base

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes