Carille pode promover quatro mudanças na equipe pelo segundo jogo consecutivo

Carille pode promover quatro mudanças na equipe pelo segundo jogo consecutivo

Carille completa um mês como treinador do Corinthians no próximo dia 17

Carille completa um mês como treinador do Corinthians no próximo dia 17

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Próximo de completar um mês no comando técnico do Corinthians, Fábio Carille tem encontrado dificuldades para encontrar a “equipe ideal”. Assim como no empate por 0 a 0 com o Atlético-MG, na última quarta-feira, ele pode promover quatro alterações – ao menos duas por necessidade – na escalação para o duelo com o Santa Cruz, às 21h45 (de Brasília) desta quarta, na Arena Pantanal, pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Para o compromisso frente ao rival mineiro, o treinador não pôde contar com Fagner e Ángel Romero, a serviço de Brasil e Paraguai nas Eliminatórias Sul-Americanas à Copa do Mundo de 2018, respectivamente. Na ocasião, além dar nova chance a Léo Príncipe e Gustavo, que haviam iniciado a derrota por 2 a 0 para o Botafogo no banco de reservas, Carille promoveu os retornos de Giovanni Augusto e Rodriguinho, antes suspensos em razão do acúmulo de três cartões amarelos.

Agora, pelo segundo jogo consecutivo, o sucessor de Cristóvão Borges tem a necessidade de trocar, no mínimo, uma peça de seu quebra-cabeça, além da possibilidade de definir outras três alterações, estas por opção técnica, diante do oponente de Recife, vice-lanterna da competição nacional.

O goleiro Cássio, recuperado de dores no ombro esquerdo, treina normalmente desde a semana anterior e espera voltar à meta corinthiana; na zaga, Yago, com lesão na coxa esquerda, dá lugar a Pedro Henrique; o lateral-esquerdo Uendel, à disposição de Carille desde o confronto com o Atlético-MG, deve tornar Guilherme Arana suplente novamente; por fim, Gustavo, ainda sem marcar gols com a camisa preta e branca, é dúvida por incômodo na coxa e tende a ser substituído por Lucca.

A efeito de comparação, o Corinthians que mediu forças com o adversário de Belo Horizonte tinha a seguinte formação: Walter; Léo Príncipe, Yago, Fabián Balbuena e Guilherme Arana; Camacho; Marquinhos Gabriel, Giovanni Augusto, Rodriguinho e Marlone; Gustavo. Agora, porém, Carille pode optar por: Walter (Cássio); Léo Príncipe, Pedro Henrique, Balbuena e Guilherme Arana (Uendel); Camacho; Marquinhos Gabriel, Giovanni Augusto, Rodriguinho e Marlone; Lucca (Gustavo).

Olha eu aqui! – O treinamento do Corinthians de segunda-feira pela manhã, no CT Joaquim Grava, contou com a participação do novo promovido da equipe sub-20: Guilherme Mantuan. Prestes a ser anunciado como novo profissional do clube, o meia, de 19 anos, trabalhou sob o comando de Carille e pode ser opção para o embate de quarta-feira.

Veja Mais:

  • Torcidas organizadas propõem pacto pela paz em São Paulo

    Torcidas organizadas propõem pacto pela paz em São Paulo

    ver detalhes
  • Camisa do Corinthians criada por torcedores em homenagem à Chape

    Corinthians bate o martelo sobre homenagens à Chapecoense

    ver detalhes
  • Ronaldinho chegou a estar na mira do Corinthians, revela agente

    Irmão de Ronaldinho Gaúcho revela 'plano de marketing' do Corinthians e provocação de Andrés

    ver detalhes
  • Brasileirão agora tem quatro vagas - não três - à fase de grupos da Libertadores

    Conmebol anuncia novidade, e Corinthians volta ao páreo por vaga direta na Libertadores

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes