Em jogo de seis gols, Corinthians vira e vence Santa Cruz em Cuiabá

Corinthians Corinthians 4 x 2 Santa Cruz Santa Cruz

Brasileirão 2016

Em jogo de seis gols, Corinthians vira e vence Santa Cruz em Cuiabá

Por Meu Timão

Guilherme marcou dois gols na partida desta quarta-feira

Guilherme marcou dois gols na partida desta quarta-feira

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

O Corinthians entrou em campo na noite desta quarta-feira pressionado. Um resultado diferente de vitória contra o Santa Cruz o afastaria da zona de classificação para a Copa Libertadores.

Os três pontos, porém, foram conquistados na Arena do Pantanal. O mando de campo foi vendido pelo time de Pernambuco. Com dois gols de Guilherme, o Corinthians venceu por 4 a 2. Marlone e Lucca completaram o placar.

Na provável última partida de Fábio Carille no comando da equipe, já que o Timão deve anunciar a contratação de Oswaldo de Oliveira a qualquer momento, a equipe se portou bem. E ele teve grande participação nisso. Os gols do Timão só aconteceram após o treinador alterar a posição de Marlone - o meia saiu da esquerda e passou a jogar na direita. O Santa Cruz também deu trabalho, inclusive abrindo o placar primeiro na Arena.

Tudo igual

O Corinthians começou a partida na Arena do Pantanal assustando. Logo no primeiro minuto, Marquinhos Gabriel deu lindo passe para Marlone, que dominou na cara do goleiro, mas chutou pra fora.

Aos três minutos, porém, o Santa Cruz respondeu. Grafite recebeu lançamento, puxou o contra-ataque e foi desarmado por Balbuena ao tentar driblar o paraguaio. Três minutos depois, Giovanni Augusto tem nova chance pela esquerda, mas manda a bola para fora.

Os primeiros minutos foram dominados pelo Timão, que chegou a ter quase 70% de posse de bola no primeiro tempo. Aos 18, porém, Walter precisou trabalhar. Grafite tocou e Keno chutou de primeira. O goleiro do Timão impediu o gol.

Aos 26, o Santa Cruz chegou de novo, dessa vez com Grafite. Ele ganhou no corpo de Pedro Henrique e chutou sem ângulo. Mesmo assim, Walter se esticou para defender e ainda viu a bola bater na trave antes de sair.

Minutos depois, aos 29, a pressão da equipe de Pernambuco funcionou. Keno recebeu lançamento na esquerda, bateu colocado, Walter defendeu e no rebote Grafite empurrou a bola para o fundo das redes. Gol do Santa Cruz.

Após o gol, o Corinthians ainda tentou criar chances para reverter o placar. Aos 34, Rodriguinho tabelou com Marlone, que bateu fraco e viu Edson ficar com a bola.

Dois minutos depois, um lance duvidoso. Léo Príncipe foi tocado por Danny Morais dentro da área e pediu pênalti. O árbitro mandou seguir. Na sequência, porém, Giovanni Augusto tocou para Marlone, que cruzou para Guilherme dentro da área. O meia, improvisado como centroavante, bateu colocado e deixou o jogo igual. 1 a 1.

A virada

Assim como no primeiro tempo, o Timão começou a segunda etapa pressionando. E deu certo bem cedo. Aos dois minutos, Marlone recebeu passe de Camacho na direita, cortou para o meio e acertou um belo chute de longe. A virada do Timão. 1 a 2.

Dois minutos depois, o Santa Cruz tentou empatar o placar. Arthur recebeu na área e tentou bater em direção ao gol. Balbuena chegou antes e afastou o perigo.

Aos nove minutos, Guilherme se tornou o nome do jogo. Giovanni Augusto cruzou da direita, o meia se antecipou e mandou a bola, de cabeça, para o fundo do gol. 3 a 1 para o Corinthians.

Por conta da diferença do placar, o Santa Cruz foi para cima do Timão. Aos 14, Walter defendeu, com as pontas dos dedos, uma chute de Arthur, e viu Grafite só acompanhar a jogada, sem conseguir aproveitar.

Aos 17, o primeiro cartão amarelo para o Corinthians da partida. Marquinhos Gabriel foi amarelado por reclamação e está fora do próximo jogo do Timão, contra o América-MG. O atleta estava pendurado com dois cartões amarelos.

Aos 22 minutos, mais uma boa jogada do Santa Cruz. Grafite recebeu passe, encheu o pé, mas a bola foi pelo lado de fora do gol. Minutos depois, Keno invadiu a área pela esquerda e mandou por cima do gol.

Com a partida favorável para o Timão, Carille começou a fazer alterações na equipe. Aos 26, tirou Camacho para colocar Willians. A mudança não agradou a torcida presente na Arena do Pantanal, que vaiou o treinador. Aos 31, Giovanni Augusto deixou o jogo para a entrada do volante Cristian.

Quando tudo parecia praticamente resolvido, Marion invadiu a área, Pedro Henrique tirou de carrinho e Keno pegou o rebote e mandou a bola para o fundo do gol. O Santa diminuiu: 2 x 3.

Antes do fim do segundo tempo, o volante Willians ainda levou um cartão amarelo por falta em Roberto. No final, aos 43, Carille ainda tirou Guilherme, autor de dois gols, e promoveu a entrada de Lucca. E, mais uma vez, a alteração do treinador deu certo. O atacante aos 46, aumentou o placar para o Timão. Marlone bateu falta para dentro da área, e no rebote, Lucca esticou a perna e mandou a bola para o fundo do gol. 4 a 2 e fim de jogo.

A próxima partida do Corinthians acontece neste domingo, contra o América-MG, na Arena em Itaquera.

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a partida entre Corinthians e Santa Cruz

  • 1000 caracteres restantes