Invasão Corinthiana, impeachment de Andrade e tragédia da Chape: bate-papo com Wladimir

23 mil visualizações 24 comentários Comunicar erro

Wladimir tem 805 jogos com a camisa do Corinthians em seu currículo

Wladimir tem 805 jogos com a camisa do Corinthians em seu currículo

Wladimir, homem que por mais vezes vestiu a camisa do Corinthians na história do clube, se rendeu à torcida alvinegra. Em conversa com o Meu Timão durante evento comemorativo do aniversário de 40 anos da Invasão Corinthiana, o ex-lateral-esquerdo lembrou com muito carinho do deslocamento de cerca de 70 mil torcedores de São Paulo ao Rio de Janeiro para assistirem à semifinal do Campeonato Brasileiro de 1976 nas arquibancadas do Maracanã.

"O peso da torcida ali foi 50%. Quando entramos em campo, não imaginávamos que teríamos tantos torcedores. Afinal, estávamos na casa dos inimigos", recordou, se referindo sobre o feito protagonizado pela torcida do Corinthians há exatos 40 anos.

"Nós sabíamos que iríamos enfrentar uma dificuldade tremenda lá. O Fluminense tinha um time fantástico. O que não sabíamos é que teríamos metade do Maracanã ocupado por nós. Dividiram o Maraca e aí não tinha pra ninguém. Fomos para cima deles", completou.

O Fluminense, de acordo com os jornais da época, era o favorito para aquele jogo. Entre outros craques, os cariocas tinham em seu esquadrão o ex-corinthiano Rivellino. Ainda assim, empurrados pela Fiel, os jogadores do Timão é quem saíram do Maracanã com a classificação à final do Brasileirão, após empate no tempo regulamentar e vitória nos pênaltis.

Outros assuntos

Durante o bate-bapo com o Meu Timão, Wladimir também falou sobre outros assuntos, como por exemplo o processo de impeachment contra o presidente do Corinthians, Roberto de Andrade. Conselheiro de oposição no Parque São Jorge, o ex-jogador lembrou o já falecido ex-presidente Vicente Matheus e lamentou o que considera hoje como "uma gestão que só advoga em causa própria":

Wladimir, de rosa, compareceu à quadra da Gaviões no sábado

Wladimir, de rosa, compareceu à quadra da Gaviões no sábado

Foto: Divulgação

"Futebol hoje é dirigido por oportunistas, pessoas que se beneficiam do clube. Não era igual minha época, quando a família Matheus colocava dinheiro no clube quando precisava. O Corinthians bem administrado não precisava de ninguém para colocar nem tirar. O dinheiro do Corinthians tem de ser usado em benefício do próprio clube e de sua nação. Infelizmente isso não acontece hoje, então ficamos lamentando esse tipo de administração que só advoga em causa própria, sem pensar no que o Corinthians representa para a nação."

Apesar de não ter relação com o Corinthians do passado nem do presente, a tragédia que abateu o avião da Chapecoense e chocou o mundo do futebol na última semana não deixou de ser citada por Wladimir. O ídolo do Timão mostrou-se bastante sentido pelo acidente aéreo que matou 71 pessoas.

"Extremamente lamentável. Um ocorrido que chocou o Brasil inteiro, inclusive os esportistas e ex-esportistas. Eu diria que o Brasil está de luto pela Chapecoense. Fico imaginando se fosse o nosso time envolvido. Como reagiríamos? Então está havendo uma justa comoção nacional. Espero que a Chapecoense, assim como os familiares das vítimas, consigam suportar esse momento".

Veja mais em: Ídolos do Corinthians, Jogos Históricos, Impeachment e Acidente aéreo da Chapecoense.

Veja Mais:

  • Volante ao lado do idoso atropelado e de sua família

    Ralf transfere vítima de acidente de hospital e faz visita nessa segunda-feira

    ver detalhes
  • Neto acusa elenco corinthiano de tentar derrubar Carilleneto

    Neto acusa elenco corinthiano de tentar derrubar Carille, detona jogadores e faz apelo ao técnico

    ver detalhes
  • Imagina como seria se você tivesse Fábio Carille como seu chefe no seu trabalho

    [Mayara Munhoz] Imagina como seria se você tivesse Fábio Carille como seu chefe no trabalho

    ver detalhes
  • Declarações de Carille não estão sendo bem recebidas pelo ambiente do Corinthians

    Declarações de Carille são vistas como 'desnecessárias' e incomodam ambiente no Corinthians

    ver detalhes
  • Ramiro foi disparado o corinthiano que mais falou e gesticulou no treino desta segunda

    Janderson e Régis goleadores, Ramiro líder: reservas treinam forte por reabilitação no Corinthians

    ver detalhes
  • Ralf foi único jogador entre aqueles hoje considerados titulares que treinou com bola nesta segunda

    Sem punição, Ralf volta ao Corinthians e deve ser opção para Carille quarta-feira

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: