Cristian lamenta situação atual, diz seguir rotina no Corinthians e critica diretoria

Cristian lamenta situação atual, diz seguir rotina no Corinthians e critica diretoria

Por Meu Timão

101 mil visualizações 231 comentários Comunicar erro

Afastado depois de reclamar da diretoria do Timão, Cristian disse que aceitaria ser reintegrado

Afastado depois de reclamar da diretoria do Timão, Cristian disse que aceitaria ser reintegrado

Foto: Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

Afastado do elenco do Corinthians desde o dia 15 de março, o volante Cristian quebrou o silêncio neste domingo. Em entrevista ao programa Resenha ESPN, o ainda jogador do Timão foi sincero ao falar de sua situação atual, disse seguir uma rotina de treinamentos no CT Joaquim Grava e criticou a atual direção do clube, condicionando a saída do ex-gerente de futebol Edu Gaspar com as recentes decisões tomadas pelo departamento.

“Estou treinando todos os dias, horários diferentes. Amanhã eles (elenco) treinam de manhã, eu treino às duas (da tarde). Tem o preparador físico lá, estou treinando normal, mas sozinho”, confirmou Cristian, que recordou o momento em que foi avisado de que estava fora da lista de inscritos do Campeonato Paulista.

“Na verdade eu fui informado, mas essa informação eu não sei qual é a clareza. Campeonato começa na sexta, me avisaram na quinta. Para mim não dá. Tem a programação desde dezembro, avisar numa quinta-feira à tarde que você não vai jogar? O campeonato começa na sexta. Eu vou para onde?”, bradou o camisa 16.

Leia mais: Entenda por que Cristian foi afastado do elenco do Timão

Questionado se seria afastado caso o treinador do Corinthians fosse Tite, hoje na Seleção Brasileira, e não Fábio Carille, Cristian foi sincero. “Acho que não. A mesma coisa que aconteceu esse ano aconteceu com o Tite também (ficar fora do Paulistão), mas em nenhum momento ele falou que eu estava fora do grupo. Era opção dele, eu estava machucado, eu o entendia também, não tem como inscrever um jogador machucado”, explicou, antes de elogiar Edu Gaspar. “Mas acho que o Corinthians, com a saída do Tite e, principalmente, do Edu, deu uma atrapalhada. Porque o Edu era um gestor de pessoas, de conseguir levar os jogadores na conversa, olho no olho, era bem bacana. Acho que depois da saída dele deu uma perdida”, declarou.

Cristian tem contrato com o Corinthians apenas até dezembro e não sabe se permanecerá no Parque São Jorge até lá. A possibilidade de voltar a ser utilizado no Timão segue nos seus planos.

“Sempre tenho vontade de continuar, isso partiu de mim ficar afastado, partiu deles. Eu sou empregado do clube, respeito o que eles mandam fazer. Se eles me mandarem treinar de novo com o grupo, eu treino. Faço o que eles mandam fazer”, finalizou.

Veja mais em: Cristian.

Veja Mais:

  • Árbitro que prejudicou Corinthians diante do Flamengo é escalado para volta das semifinais

    Árbitro que prejudicou Corinthians diante do Flamengo é escalado para volta das semifinais

    ver detalhes
  • Agora capitão fixo do Corinthians, Cássio ergue a taça do hepta, em 2017

    Fim de rodízio? Volante do Corinthians nega conversa de Jair sobre escolha de capitão fixo

    ver detalhes
  • Pacaembu irá receber clássico entre Corinthians e Santos no Brasileirão

    Rival solicita, e Corinthians voltará ao Pacaembu ainda em 2018

    ver detalhes
  • Reservas fizeram uma atividade de um contra um durante boa parte desta terça-feira

    Treino do Corinthians tem ausência de titulares, um contra um dos reservas e goleiros no futevôlei

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes