Andrés Sanchez nega desvios na Arena e reitera que Corinthians pagará estádio

6.9 mil visualizações 58 comentários

Por Meu Timão

Andrés discursa durante 2º evento-teste da Arena, em 2014

Andrés discursa durante 2º evento-teste da Arena, em 2014

Rodrigo Coca/Agência Corinthians

Andrés Sanchez voltou a negar possíveis desvios de dinheiro no modelo de financiamento da Arena Corinthians, inaugurada em maio de 2014. Em seu novo perfil no Instagram, o ex-presidente e ex-superintendente de futebol do Timão fez um desabafo sobre o assunto e garantiu que o clube honrará seu compromisso com o pagamento do estádio, cujo preço final supera R$ 1 bilhão.

Mas para aqueles que falavam que o estádio era de graça, a resposta está dada”, escreveu Sanchez, em referência às deleções recentes de executivos da construtora Odebrecht, responsável pelas obras da Arena.

Leia mais: Ex-diretor da Odebrecht diz que Arena Corinthians seria outro estádio se não fosse a Copa do Mundo

Ficou claro que o Corinthians tem um estádio onde não houve desvios, não houve nenhum ato de corrupção e foi construído para ser a nossa casa. E para quem não acredita, esperem um pouco mais, vocês vão ver. Vamos honrar com nosso compromisso”, prometeu o hoje deputado federal (PT-SP).

O “recado” de Andrés tem como ponto de partida a delação do empresário Marcelo Odebrecht à Polícia Federal sobre o início das conversas entre Corinthians, prefeitura de São Paulo, governo do estado, governo federal e Odebrecht pela construção do estádio privado que viria a ser a casa do clube paulista.

Segundo Marcelo, a ideia do Timão era erguer um estádio mais modesto, de cerca de R$ 400 milhões. Entretanto, como São Paulo corria risco de ficar fora da rota da principal competição esportiva do planeta – a Copa do Mundo –, o poder público recorreu à iniciativa privada e ao Corinthians para pôr o plano de outra Arena em prática.

Estádio de abertura de Copa do Mundo é um absurdo. Você faz o estádio para um dia. É o evento da abertura, que tem 70 chefes de estado, e depois você tem de desmontar um bocado de coisa. Nenhum outro evento vai justificar aquele estádio”, disse Marcelo Odebrecht.

“Então o estádio para a abertura da Copa do Mundo, que foi dimensionado para o Corinthians àquela época, era um estádio de mais ou menos R$ 800 milhões, R$ 900 milhões. Você sai de um estádio de R$ 400 milhões, que era o que o Corinthians queria, para um de R$ 800 milhões, R$ 900 milhões, por causa das exigências da abertura da Copa do Mundo”, recorda.

Veja a publicação de Andrés no Instagram

Eu aguentei por um bom tempo insinuações e maldosos de plantão porque sabia que a verdade um dia viria a tona. Me perdoem pelo desabafo. Mas para aqueles que falavam que o estádio era de graça, a resposta está dada. A Arena Corinthians é nossa, é da Nação Corintiana e temos o compromisso de pagar por ela e vamos pagar. Ficou claro que o Corinthians tem um estádio onde não houve desvios, não houve nenhum ato de corrupção e foi construído para ser a nossa casa. E para quem não acredita, esperem um pouco mais, vocês vão ver. Vamos honrar com nosso compromisso. O Corinthians ao longo de sua história centenária já mostrou que paga tudo que assumi. Corintiano tenha orgulho de nossa casa, ela foi construída com muito respeito a você e com muito amor. Vai Corinthians.

Uma publicação compartilhada por Andrés Sánchez (@andressanchez_oficial) em

Confira o depoimento do executivo à PF

Veja mais em: Arena Corinthians, Andrés Sanchez e Diretoria do Corinthians.

Veja Mais:

  • Corinthians enfrenta Palmeiras na próxima quarta-feira, às 21h30

    Duelo entre Corinthians e Palmeiras pelo Paulistão tem horário definido; veja detalhes

    ver detalhes
  • Invadimos a Arena Corinthians de carro e tomamos blitz do Marcelinho Carioca

    VÍDEO: Invadimos a Arena Corinthians de carro e tomamos blitz do Marcelinho Carioca

    ver detalhes
  • Atacante Yony González não jogará mais pelo Corinthians

    Corinthians anuncia devolução de Yony González ao Benfica; veja nota oficial

    ver detalhes
  • Corinthians vai ter apenas dois dias para realizar o procedimento e deixar Jô apto para a estreia do Paulistão

    O que o Corinthians precisa fazer para contar com Jô no Dérbi? Entenda o procedimento

    ver detalhes
  • Corinthians tem, neste momento, 19 volantes sob contrato

    Corinthians chega a 19 volantes sob contrato profissional com promoção de Xavier; veja lista

    ver detalhes
  • Marcinho estava praticamente fechado, mas diretoria suspendeu conversas com o Botafogo; Yony González está fora

    Diretoria do Corinthians repensa gastos com contratações por conta de pressão externa

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: