Corinthians tem cotas de transmissão penhoradas para encerrar dívida com arquiteto da Arena

Corinthians tem cotas de transmissão penhoradas para encerrar dívida com arquiteto da Arena

Por Meu Timão

Corinthians mantinha dívida milionária com escritório de arquitetura que projetou a Arena

Corinthians mantinha dívida milionária com escritório de arquitetura que projetou a Arena

Foto: Divulgação / Arena Corinthians

O Corinthians teve as cotas de transmissão de jogos do Campeonato Brasileiro, que recebe da emissora carioca Rede Globo, penhoradas pela Justiça. A decisão veio a fim de encerrar a dívida do clube com o escritório do arquiteto Anibal Coutinho, a Coutinho Diegues Cordeiro Arquitetos, responsável pelo projeto da Arena em Itaquera. Os pagamentos que eram destinados ao Timão serão depositados em uma conta determinada pelo órgão judiciário. A informação é do Blog do Perrone, do portal Uol Esporte.

Ainda segundo a publicação, a decisão judicial também definiu a penhora da conta corrente do Corinthians para o fim do débito. A ação partiu do escritório de Coutinho em outubro do ano passado, contendo uma cobrança de R$ 11,1 milhões pelo trabalho realizado na Arena em Itaquera. Na ocasião, o Timão chegou a desmentir um imbróglio sobre a situação por meio de uma nota oficial, mas não deu detalhes sobre a dívida milionária.

Leia também:
Desembargador é escolhido presidente de comissão eleitoral do Corinthians
TV Globo deixa rival de lado e transmite duelo do Corinthians na Sul-Americana

O processo judicial foi tramitado na 27ª Vara Cível do Rio de Janeiro. Após a decisão, o clube do Parque São Jorge reconheceu a dívida e foi obrigado também a pagar pelos honorários do advogado do escritório de Anibal Coutinho, o que deu um valor final de R$ 11.883.015,95 de débito.

As penhoras definidas pela Justiça ao Corinthians atingiram uma diferença de R$ 13 milhões, que foi recuperada pelo clube. “Com os bloqueios em conta e de nossos recebíveis não devemos mais nada. Isso já faz alguns meses. Até já conseguimos levantar um dinheiro que tinha sido bloqueado a mais pela Justiça. O processo está encerrado”, afirmou o diretor jurídico do Corinthians, Alberto Bussab, ao blog.

Em 2015, quando o Corinthians ainda seguia sob a presidência de Mário Gobbi, Coutinho chegou a emprestar R$ 7 milhões ao clube, entre os pagamentos que tinha direito a receber sobre seu trabalho na Arena em Itaquera. Com as correções, o valor da dívida chegou aos R$ 11,1 milhões do início da ação.

Veja mais em: Arena Corinthians.

Veja Mais:

  • O GERENTE ENLOUQUECEU

    VÍDEO: O GERENTE ENLOUQUECEU

    ver detalhes
  • Jô e Guilherme Arana estão na seleção da Bola de Prata

    Jô volta a falar do desejo de jogar Libertadores, mas não crava permanência no Corinthians

    ver detalhes
  • Com saída de Adriano, Marquinhos herdou a camisa 10 do Timão na Libertadores 2012

    Campeão em 2011, Marquinhos diz ter celebrado hepta do Corinthians e ensaia retorno

    ver detalhes
  • Golaço de Rodriguinho sobre o Sport entrou em vídeo de emissora italiana

    Canal de esportes da Itália produz vídeo com cinco gols mais belos do hepta do Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes