Campeão da Libertadores, Corinthians/Audax encerra 2017 com números impressionantes; veja

820 visualizações 15 comentários

Por Meu Timão

O Timão sagrou-se campeão da Libertadores de forma inédita e invicta

O Timão sagrou-se campeão da Libertadores de forma inédita e invicta

Reprodução Facebook/Corinthians Audax

As meninas do Corinthians/Audax sagraram-se campeãs da Copa Libertadores no último final de semana, de forma invicta. Após a conquista inédita, que pôs fim à temporada alvinegra, o Timão é dono de números impressionantes: A equipe de Arthur Elias tem média de três gols por jogo, contando com 75% de aproveitamento nos pontos conquistados em 2017.

Tendo sido finalistas do Campeonato Brasileiro, semifinalistas do Paulista e campeãs da Libertadores, as corinthianas ostentam os números bem positivos: nos 47 jogos que disputou em todo o ano, o Timão balançou as redes 149 vezes, totalizando uma média de três tentos por partida. E o sistema defensivo não fica atrás, não: As redes do time preto e branco foram vazadas 23 vezes, com média de 0,4 gols sofridos por embate.

Na temporada, a mulherada detém 35 vitórias, sete empates e cinco derrotas - levando em consideração apenas os resultados conquistados no tempo regulamentar. Se transformarmos tais números em porcentagens, foram 74% de êxitos, 15% de igualdades e 11% de derrotas.

Leia também:
Invictos, '11 de Carille' estão prestes a se tornar equipe mais escalada da história do Corinthians
Carille nega pressão, mas revela dificuldades na hora de cobrar elenco do Corinthians
Maltos repercute empate do Sub-17 e comenta primeiro jogo na Arena: 'Sonho de criança'

A artilharia do time do Parque São Jorge fica a cargo da atacante Byanca Brasil, que encontrou o caminho das redes em 28 oportunidades. Em seguida, aparecem a meio-campista Amanda Brunner e a também a atacante Gabi Nunes - que ficou fora de grande parte do segundo semestre por lesão -, com 16 tentos. Grazi, polivalente, encerra a lista das artilheiras com 15 gols.

Um outro dado interessante diz respeito ao comandante do Timão. O técnico Arthur Elias, em seu segundo ano à frente do Corinthians, deu sequência à sua filosofia de valorização de elenco e usou 33 das 34 jogadoras que tinha à sua disposição.

Após o título inédito, assegurado em Assunção, no Paraguai, as atletas devem seguir atendendo a imprensa e, na sequência, serão contempladas com seus respectivos períodos de férias.

Veja mais em: Futebol feminino.

Veja Mais:

  • Adson no chão e Thiago Heleno, que causou as dores no meia-atacante, ao seu lado; jogo na Arena da Baixada foi no fim de agosto

    Sem muitas chances no Corinthians, Adson reencontra Thiago Heleno após lance que machucou seu joelho

    ver detalhes
  • Morte de Sócrates completa 10 anos em dezembro de 2021

    Corinthians planeja lançamento de camisa em homenagem a Sócrates

    ver detalhes
  • Corinthians inicia a sua temporada de 2022 no dia 26 de janeiro com o Paulistão

    FPF define tabela do Campeonato Paulista e Corinthians conhece jogos da edição de 2022 do Estadual

    ver detalhes
  • Arquiteto Ruy Ohtake faleceu aos 83 anos

    Morre o arquiteto Ruy Ohtake, responsável pelo projeto do CT Joaquim Grava

    ver detalhes
  • Cris Gambaré e Arthur Elias falaram sobre o planejamento do Corinthians para o de 2022

    Diretora não descarta Marta e Andressa Alves no Corinthians em 2022: 'Nada é impossível'

    ver detalhes
  • Cris Gambaré falou sobre as polêmicas envolvendo a grande final do Paulista Feminino

    Cris Gambaré detalha processo de definição da final do Paulistão e lamenta jogo fora da Arena

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia:

x