Mais um prêmio ao artilheiro! Corinthiano Jô é eleito craque do Brasileirão

23 mil visualizações 57 comentários Comunicar erro

Por Meu Timão

Jô participou da cerimônia da CBF ao lado da esposa e do filho

Jô participou da cerimônia da CBF ao lado da esposa e do filho

Lucas Figueiredo/CBF

Depois de levar para casa três taças do prêmio Bola de Prata, entregue pelos canais ESPN, o centroavante Jô, do Corinthians, voltou a receber troféus individuais na noite desta segunda-feira. O camisa 7, artilheiro da Série A ao lado de Henrique Dourado, do Fluminense, foi eleito o melhor jogador de todo o Campeonato Brasileiro.

A cerimônia oficial de premiação da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para o Brasileirão 2017 foi realizada no Rio de Janeiro, sede da entidade. Além de melhor jogador, Jô foi premiado pela artilharia da competição e por compor a seleção ideal do torneio - outros quatro profissionais do Corinthians foram eleitos: o zagueiro Balbuena, os laterais Fagner e Guilherme Arana e o técnico Fábio Carille, também escolhido o treinador revelação.

"Primeiramente mais uma vez agradecer a Deus por ter me capacitado a fazer um bom ano. a torcida do Corinthians que teve muita paciência com essa equipe, agradecer ao presidente Roberto por ter acreditado não só em mim mas na nossa equipe também, todos sabemos que tem suas limitações e suas características boas. Ao Fábio, jogadores, enfim", disse.

"Eu, particularmente, dedico esse prêmio a eles porque sem eles não estaria aqui e não teria feito um ano tão maravilhoso. Nossa profissão é assim, você tem que se cuidar, levar o futebol a sério. A gente termina o ano muito satisfeito. Eu não esperava um ano tão maravilhoso, mas quando se tem Deus e fé, qualquer ser humano é capaz de reverter uma situação adversa. Agradeço a todos por mais um prêmio", acrescentou.

Leia também:
Jô reafirma desejo de ficar no Corinthians, exalta carinho da Fiel e mantém vivo sonho na Seleção
Jô grava vídeo à Fiel após se tornar primeiro corinthiano artilheiro do Brasileirão

Contratado no fim de 2016, após passar um semestre afastado dos gramados, Jô foi fundamental para a temporada vitoriosa do Corinthians. Com o camisa 7 como referência ofensiva, a equipe do Parque São Jorge faturou o Campeonato Paulista e o Brasileirão.

Artilharia

Jô, como já era de conhecimento geral, foi também eleito artilheiro do Brasileirão. O centroavante do Corinthians empatou na primeira posição entre os goleadores da competição com o colega de posição Henrique Dourado, do Fluminense. Ambos balançaram as redes adversárias 18 vezes cada. A entrega dos troféus aconteceu também nesta segunda-feira.

Números de Jô pelo Corinthians em 2017

  • Jogos: 64
  • Aproveitamento: 66.6%
  • Vitórias: 36
  • Empates: 20
  • Derrotas: 8
  • Gols marcados: 86 (média de 1.34)
  • Gols sofridos: 43 (média de 0.67)
  • Gols de Jô: 25
  • Gols de Jô no Brasileirão: 18

Veja mais em: , Heptacampeonato brasileiro e Campeonato Brasileiro.

Veja Mais:

  • Ralf volta ao plantel do Timão para o jogo desta quarta-feira

    Com três retornos, Corinthians confirma lista de relacionados contra o Goiás; veja provável time

    ver detalhes
  • Arena compete com outros sete estádios pela honraria de sediar a final continental

    Conmebol confirma Arena Corinthians como candidata para sediar final da Libertadores de 2020

    ver detalhes
  • Treinador português corre risco de demissão no Monaco

    Possível interesse do Corinthians em técnico do Monaco repercute na Europa

    ver detalhes
  • Corinthians Sub-20 decide vaga na semifinal no Parque São Jorge

    Corinthians conhece datas das quartas do Paulista do Sub-20, Sub-17 e Sub-15; veja como ficou

    ver detalhes
  • Casa invadida pelo carro de Ralf amanheceu com pichações nesta terça-feira

    Muro de casa invadida por carro de Ralf, do Corinthians, é pichado

    ver detalhes
  • Cássio comentou sobre as recentes críticas ao técnico Fábio Carille

    'Não vejo ninguém incomodado aqui', diz Cássio sobre declarações de Carille

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: