Andrés Sanchez detona 'soberbo' São Paulo e vê Corinthians como zebra em decisão

Andrés Sanchez detona 'soberbo' São Paulo e vê Corinthians como zebra em decisão

Por Vinícius Souza e Rodrigo Vessoni

28 mil visualizações 227 comentários Comunicar erro

Andrés falou após vitória do Corinthians sobre São Paulo no tempo normal e nos pênaltis

Andrés falou após vitória do Corinthians sobre São Paulo no tempo normal e nos pênaltis

Foto: Rodrigo Vessoni/Meu Timão

Costumeiramente ácido, Andrés Sanchez não poupou críticas ao rival São Paulo após a classificação do Corinthians às finais do Campeonato Paulista, na noite desta quarta-feira, na Arena, nos pênaltis. Em entrevista na zona mista do estádio, o presidente alvinegro chamou o time adversário de soberbo e ironizou a força do elenco de Diego Aguirre.

“Não é fácil ganhar dos soberbos. Por isso que suamos para ganhar. A soberania deles é terrível”, afirmou Andrés, citando exemplos de como membros da comissão técnica e diretoria do Corinthians são tratados em clássicos no Morumbi.

Nós estamos acostumados a eliminá-los. Eles têm de maneirar as palavras deles, respeitar mais os outros. Vê se teve guerra aqui, se alguém tomou cerveja no vestiário, se alguém foi xingar no camarote. Mas eles têm de aprender a montar time primeiro”, disparou.

A declaração de Andrés faz referência ao tratamento de Diego Aguirre, técnico do São Paulo, ao corinthiano Fábio Carille antes da primeira semifinal – o uruguaio não reconheceu o comandante do Timão antes de a bola rolar, deixando o técnico chateado com o ocorrido.

Já um site parceiro do São Paulo em venda de ingressos anunciou a comercialização de entradas para o primeiro duelo da inexistente decisão contra o Palmeiras, “prevendo” que a equipe eliminaria o Corinthians em Itaquera. O que não ocorreu...

“Comigo, não, mas no camarote sim. Jogam cerveja, o ônibus chega e jogam cerveja, garrafa. O camarote no Morumbi você passa no meio da torcida, então é xingado, é garrafada aqui. Falaram que ia ter guerra aqui e não teve guerra nenhuma. Foram muito bem tratados, como tem de ser todo mundo que vem e quando a gente vai também. Esse negócio de fazer a guerrinha não ganha, ganha dentro do campo”.

Andrés também projetou a final entre Corinthians e Palmeiras. Na visão do cartola, a equipe de Carille é zebra e jogará contra o “time a ser batido”.

O Palmeiras investiu muito mais e tecnicamente tem grandes jogadores, então é favorito. Mas nós vamos como zebras para tentar ganhar”, declarou Sanchez. “É um time muito difícil de ser batido. O Palmeiras hoje é o bicho papão do Brasil, a zebra vai tentar ganhar. O Corinthians perto do Palmeiras é zebra. E o Palmeiras, todo campeonato que entrar é o grande favorito”, acrescentou.

Leia também:
Rodriguinho diz que faltou respeito de rival, defende Carille e convida são-paulinos para final
Cássio beira nota dez, Pedrinho se destaca e Fiel distribui notas altas para o Corinthians

Questionado se o Corinthians havia voltado à condição de “quarta força do futebol paulista”, Andrés deixou a ironia para outro momento. “Não é quarta força, não. Mas todo mundo reconhece que o Palmeiras hoje é mais forte do que o Corinthians. Mas com a união do clube vamos tentar ganhar”, finalizou.

O primeiro Dérbi acontece já neste sábado, às 16h30, na Arena Corinthians.

Veja mais em: Andrés Sanchez, Majestoso, Dérbi, Arena Corinthians e Diretoria do Corinthians.

Veja Mais:

  • Romero marcou o único gol da partida de ida; Timão tem vantagem mínima por vaga nas semifinais

    Corinthians tenta afastar crise e se classificar às semifinais da Copa do Brasil; saiba tudo

    ver detalhes
  • Pedrinho (à frente) será titular nesta quarta-feira; Jonathas, opção no banco

    Loss define escalação do Corinthians para decisão contra Chapecoense, mas pode ter baixa

    ver detalhes
  • Ricardo Fischer foi o cestinha da partida com 29 pontos anotados

    Corinthians se impõe no Parque São Jorge e vence a primeira no Paulista de basquete

    ver detalhes
  • Daniel Marcos assinou seu primeiro contrato profissional com o Corinthians

    Ex-Palmeiras, lateral-direito de 16 anos assina contrato profissional com o Corinthians

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes