Ralf sonha com título inédito pelo Corinthians e afirma: 'Não me vejo com outra camisa'

Ralf sonha com título inédito pelo Corinthians e afirma: 'Não me vejo com outra camisa'

Por Thaina Barros e Rodrigo Vessoni, no CT Joaquim Grava

2.6 mil visualizações 36 comentários Comunicar erro

Ralf já soma seis títulos em sua trajetória pelo Corinthians

Ralf já soma seis títulos em sua trajetória pelo Corinthians

Foto: Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

Nesta quarta-feira, o Corinthians enfrenta o seu primeiro duelo contra o Cruzeiro na final da Copa do Brasil. Ralf conta com uma chance de ouro nesta disputa: a possibilidade de conquista o único título que não tem pelo clube. De volta ao Timão nesta temporada, após passagem pela China, o volante não esconde a vontade de levantar sua sétima taça com a camisa alvinegra.

"Único título que me falta. Não me vejo com outra camisa, tive oportunidade de ir para rivais, mas sei que é diferente. Tudo o que construí foi através do Corinthians. Respeito todas as equipes, mas todos sabem como sou grato ao Corinthians", disse Ralf.

Na soma das duas passagens pelo clube alvinegro, o volante de 34 anos já conquistou duas taças no Campeonato Brasileiro, em 2011 e 2015, uma no Paulista e na Recopa Sul-Americana em 2013, além da conquista inédita da Libertadores e do bicampeonato no Mundial de Clubes na temporada de 2012.

A expectativa pela taça na Copa do Brasil é alta, mas Ralf manteve o tom ameno e garantiu respeito máximo ao adversário. "A gente respeita o Cruzeiro, grande time, excelente treinador. É esquecer o Brasileiro e pensar no Cruzeiro, em fazer um grande primeiro jogo para ter condição de ser campeão diante do nosso torcedor", projetou o volante, relembrando a derrota de 3 a 0 para o Flamengo na última sexta-feira, pelo Brasileirão.

Leia também:
Corinthians anuncia contratação de Gustavo Mosquito
Corinthians abre as portas do CT Joaquim Grava para Luis Fabiano se recuperar de lesão

E não é só Ralf que sonha com o título inédito na Copa do Brasil. Além dele, o atacante Emerson Sheik, o meia Danilo e o goleiro Cássio - todos multicampeões pelo Timão - também sonham com a conquista inédita pelo torneio. O último deles, inclusive, ganhou uma atenção especial do volante.

Questionado sobre a disputa de Cássio com o goleiro do Cruzeiro, Fábio, o veterano foi categórico. "Dois grandes goleiros que vivem excelente fase. Fábio conheço de jogar contra, Cássio a gente convive. Vivem boas fases e fazem por merecer, Cássio foi para a seleção, Fábio ainda não, mas o que faz no Cruzeiro é de tirar o chapéu, merece uma chance", analisou.

Cássio é capitão fixo do Corinthians desde a chegada do técnico Jair Ventura no clube, há pouco mais de um mês. Para Ralf, o posto está bem preenchido pelo camisa 12. "Está em excelentes mãos hoje com o Cássio, antes os técnicos davam a outros jogadores. Damos o respaldo a ele, todos têm sua voz ativa, a braçadeira é mais para o cara que o técnico se identifica", encerrou.

Corinthians e Cruzeiro se enfrentam às 21h45 (de Brasília) desta quarta-feira, no Estádio do Mineirão, em Belo Horizonte. A partida é válida pelo jogo de ida e a decisão acontece na Arena, em Itaquera, no próximo dia 17.

Veja mais em: Ralf, Cássio, Copa do Brasil, Danilo e Emerson Sheik.

Veja Mais:

  • Torcida do Corinthians fez bela festa no Mineirão na primeira final da Copa do Brasil

    TV Globo transmite jogo entre Corinthians e Cruzeiro para três estados e DF; ex-Timão comentam

    ver detalhes
  • Pedrinho deve jogar aberto nesta noite; meia tem quatro gols em 52 jogos em 2018

    Com novidades na escalação, pressionado Corinthians revê Cruzeiro no Mineirão; saiba tudo

    ver detalhes
  • Torcida do Corinthians promete comparecer em grande número na Fazendinha

    Corinthians anuncia ingressos esgotados para final sub-20 contra Palmeiras na Fazendinha

    ver detalhes
  • Livre de incômodo, Douglas deve ser novidade no time titular do Corinthians

    Com retorno de volante, Corinthians relaciona 22 para viagem a Belo Horizonte

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes