Jair reconhece temor e garante 'força máxima' contra perigo do Z4

Jair reconhece temor e garante 'força máxima' contra perigo do Z4

27 mil visualizações 88 comentários Comunicar erro

Sob o comando de Jair, Timão soma quatro derrotas consecutivas

Sob o comando de Jair, Timão soma quatro derrotas consecutivas

Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

O Corinthians não terá tanto tempo para lamentar o revés sofrido na final Copa do Brasil. Derrotada pelo Cruzeiro na noite da última quarta-feira, a equipe paulista agora se volta ao Brasileirão, torneio no qual precisa melhorar urgentemente seu aproveitamento. Em entrevista coletiva concedida após a derrota por 2 a 1 na Arena Corinthians, o técnico Jair Ventura reiterou que o Timão não pode fechar os olhos para o momento em que se encontra na Série A.

“(A possibilidade de rebaixamento) existe em muitos clubes. A gente sabe da nossa força. Lógico, quando você tem mais competições, divide as atenções. Temos de ficar tristes até o jogo na Bahia”, declarou Jair, adiantando que não preservará jogadores para as nove “decisões” que o Corinthians tem pela frente.

“A dor da nossa torcida é a nossa pela perda de um título. Já iriamos encarar com a maior responsabilidade o Brasileiro. Poupamos contra o Santos, agora não vamos poupar ninguém, vamos com força máxima”, sintetizou.

Leia também:
Corinthians iguala número de derrotas sofridas em 2007; nenhum clube da Série A perdeu mais no ano
Jô fez quase três vezes mais gols do que os quatro centroavantes do Corinthians juntos em 2018
Em seu pior turno na história, Corinthians mira nove finais para evitar tragédia no Brasileiro

Embora atual campeão, o Corinthians ocupa apenas a 11ª colocação no Campeonato Brasileiro deste ano. Nas primeiras 29 rodadas, o time do Parque São Jorge conquistou nove vitórias, empatou oito e perdeu outras doze, obtendo assim aproveitamento de 40,2%. Números abaixo da expectativa e puxados pelo returno trágico do Timão, 18º pior.

Questionado sobre qual havia sido o teor do bate-papo com os atletas pós-vice-campeonato, Jair explicou que pouco trocou palavras no vestiário. “Quando você perde, o momento requer falar pouco, todos estão magoados. A dor da torcida é a nossa dor também. O que falo para vocês (imprensa) é que nós não temos o direito de ficar com essa dor até o fim do ano. Vai até quando iniciar nosso próximo jogo, iniciou o jogo na Bahia, acabou a dor e voltamos a ter atenção máxima no Brasileiro”, concluiu, corroborado pelo presidente Andrés Sanchez.

“Lógico. Estamos a três, quatro pontos da zona, lógico que preocupa. Estamos tristes hoje, mas agora é vida nova. Vamos disputar até o fim. Já estamos remontando o time para o ano que vem, mas não é simples”.

Quatro pontos acima do Z4, o Corinthians volta a campo no domingo, quando encara o Vitória, 16º, no Barradão, em Salvador. O duelo tem início às 16h e é válido pela 30ª rodada. Em seguida, o Timão recebe o Bahia, outro concorrente direto, na Arena, no próximo dia 27.

Confira os próximos jogos do Corinthians

21 Out, Dom, 16h00 - Vitória x Corinthians - Brasileiro
27 Out, Sáb, 19h00 - Corinthians x Bahia - Brasileiro
04 Nov, Dom, 17h00 - Botafogo x Corinthians - Brasileiro
10 Nov, Sáb, 17h00 - Corinthians x São Paulo - Brasileiro
14 Nov, Qua, 21h45 - Cruzeiro x Corinthians - Brasileiro

Veja mais em: Jair Ventura, Andrés Sanchez, Arena Corinthians e Copa do Brasil.

Veja Mais:

  • Timão divulga primeira relação de atletas inscritos no Estadual; lista ganhará novos jogadores

    Paulistão: Corinthians inscreve 19 nomes e reserva vagas a reforços; veja relação

    ver detalhes
  • Agora em definitivo: Boselli é esperado no Brasil nesta sexta-feira

    Boselli inicia viagem para se reapresentar ao Corinthians

    ver detalhes
  • Arana, Vagner Love e mais: Corinthians agita mercado da bola 2019

    VÍDEO: Arana, Vagner Love e mais: Corinthians agita mercado da bola 2019

    ver detalhes
  • Corinthianos e são-paulinos se enfrentam no terceiro domingo de fevereiro, na Arena

    Clássico do Corinthians pelo Paulistão tem horário alterado novamente pela FPF

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes