Com 'zero louvável' no currículo, Ralf deve completar 400 jogos pelo Corinthians neste domingo

12 mil visualizações 110 comentários Comunicar erro

Ralf tem 399 jogos com a camisa do Corinthians

Ralf tem 399 jogos com a camisa do Corinthians

Alan Morici/Ag. Corinthians

Um dos nomes mais importantes da história do Corinthians e sem sombra de dúvida o principal volante do novo milênio que já passou pelo clube, Ralf deve chegar à marca de 400 jogos pelo Timão no clássico deste domingo, contra o Santos, na Arena, em Itaquera, pela partida de ida das semifinais do Campeonato Paulista. O volante tem tudo para ser escalado.

Diante da marca expressiva, curiosamente também alcançada neste mês de março pelo goleiro Cássio, o Meu Timão traz abaixo uma espécie de raio-X das passagens de Ralf pelo Corinthians. Tímido para conceder entrevistas e líder de poucas palavras no vestiário, o camisa 15 (moralmente camisa 5) é gigante dentro e fora de campo no Timão.

Antes do raio-X... Já viu o Saudações Corinthianas sobre o Ralf?

400 jogos

Ralf é hoje o 18º jogador que mais vezes vestiu a camisa do Corinthians na história. No atual elenco, só perde justamente para Cássio, que tem três jogos a mais. A tendência é Ralf, até o fim desta temporada, desbancar Baltazar (404 jogos), Wilson Mano (405), Oreco (409) e até Marcelinho Carioca (433), ocupando potencialmente a 14ª posição em tal ranking.

2 passagens

Ralf defendeu o Corinthians de 2010 a 2015, passou duas temporadas no Beijing Guoan, da China, e está no clube desde o início de 2018 – tem contrato até o fim de 2020.

Nesses períodos, viveu diferentes momentos de titularidade e reserva. Muito mais titular que reserva, claro. De 2010 a 2013, foi inquestionável como o "primeiro primeiro volante" do time. Em 2014 e 2015, passou a sofrer mais com lesões e, paralelamente, com a concorrência de Bruno Henrique. Terminou a campanha do hexacampeonato brasileiro titular, mas não tão absoluto quanto em outros tempos. Acabou vendido ao futebol chinês...

O ídolo corinthiano voltaria em 2018 para concorrer com o novo camisa 5 do elenco: Gabriel, dono de atuações incontestáveis na campanha do heptacampeonato brasileiro. Seja pelas lesões que atordoam o "novato" até os dias atuais, seja pela própria crescente demonstrada por Ralf mês após mês, não demorou para a experiência falar mais alto: é hoje, mais uma vez, como quase dez anos atrás, titular absoluto – mesmo que com o número 15 nas costas.

0 expulsão

Talvez tão espantosa quanto a marca de 400 jogos seja este zero específico que Ralf carrega no currículo: o de número de cartões vermelhos recebidos pelo Corinthians. O volante, mesmo atuando na posição que mais se cobra marcação e desarmes, jamais foi expulso uma vez sequer. Para efeito de comparação, Gabriel já soma três idas antecipadas ao chuveiro.

9 gols

Quem disse que também não faz gol? É bem verdade que o feito é raro, quase um por ano... Mas Ralf "ostenta" nove golzinhos com a camisa do Corinthians ao longo de suas duas passagens. O último deles contra o São Paulo, no Brasileirão do ano passado.

Curiosamente, Ralf está agora diante de outro clássico... Contra o Santos, pelo Estadual. E foi inclusive num desses que marcou seu segundo tento pelo Timão, lá no Paulistão de 2010, junto com Ronaldo, Dentinho & cia., numa vitória de 4 a 2 sobre o rival da Baixada Santista.

7 títulos

É título que você quer? Toma logo sete então! Ralf é um dos nomes mais vitoriosos da história do Corinthians. Foi ele quem levantou a taça do hexacampeonato brasileiro de 2015. Antes disso, foi também campeão do Brasileiro de 2011, da Libertadores e do Mundial de 2012, do Paulista e da Recopa Sul-Americana de 2013. Depois, voltaria a conquistar o Paulistão, agora em 2018. Alguém duvida de mais troféus vindo por aí?!

Ralf ganhou honra de erguer troféu do hexa

Ralf ganhou honra de erguer troféu do hexa

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Seleção

Ralf foi treinado por Mano Menezes em seus primeiros meses de Corinthians. E foi o suficiente para conquistar o técnico gaúcho, que o convocou para a Seleção Brasileira nos anos seguintes. Com Felipão, o volante corinthiano ainda acumulou mais uma convocação, tendo disputado ao todo sete partidas com a camisa canarinha entre 2011 e 2013.

Veja mais em: Ralf, História do Corinthians e Ídolos do Corinthians.

Veja Mais:

  • Corinthians se manteve entre os cinco primeiros do Brasileiro

    Corinthians conta com virada nos acréscimos e fica entre os cinco melhores no BR-19; veja tabela

    ver detalhes
  • Levantamento de bandeirões no Setor Norte foi um dos motivos da multa pesada por parte da Conmebol

    Corinthians recebe multa pesada da Conmebol por três motivos diferentes; entenda

    ver detalhes
  • Felipe Vezaro foi o grande nome do Corinthians na partida desta segunda-feira

    Corinthians conta com Vezaro em noite espetacular e bate Bauru na primeira vitória no NBB

    ver detalhes
  • Neto comentou sobre faltas de Sornoza, erro de Marllon, fase de Urso e muito mais

    Neto critica Marllon, ironiza Sornoza batedor de falta e cobra até 'pata de Urso' na TV

    ver detalhes
  • Duelos contra o Santos mostram queda da confiança da torcida em Carille

    Linha do tempo: clássicos contra o Santos evidenciam queda do Corinthians de Carille na temporada

    ver detalhes
  • Corinthians vive momento ruim, mas segue com boas chances de ir ao principal torneio do continente

    Mesmo em mau momento, Corinthians segue com boas chances de ir para a Libertadores

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: