Corinthians x São Paulo

Pelo Campeonato Paulista, o Corinthians vai empatando contra o São Paulo

Acompanhe ao vivo

Corinthians e São Paulo ficam no empate sem gols em primeira final do Paulistão

Corinthians Corinthians 0 x 0 São Paulo São Paulo

Paulista 2019

Corinthians e São Paulo ficam no empate sem gols em primeira final do Paulistão

36 mil visualizações 893 comentários Comunicar erro

Corinthians não conseguiu balançar as redes fora de casa

Corinthians não conseguiu balançar as redes fora de casa

Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

Com a vantagem de decidir o Paulistão em casa, no próximo domingo, o Corinthians foi ao Morumbi para a primeira partida contra o São Paulo. Em jogo equilibrado e de poucas chances, as equipes ficaram no empate por 0 a 0, levando a decisão para o segundo confronto, na Arena Corinthians, em Itaquera.

Como não há gols fora de casa, qualquer empate leva a finalíssima para os pênaltis. Para ser campeão no tempo normal, então, o Timão precisa de uma vitória por qualquer resultado contra o rival.

Calma lá! - Antes de focar na decisão em casa, o plantel alvinegro tem uma longa viagem pela frente. Em jogo válido pela Copa do Brasil, a equipe visita a Chapecoense nesta quarta-feira, às 21h30, na Arena Condá - é o primeiro jogo da quarta fase do torneio.

Escalação

Após partida bem abaixo da média contra o Santos, na semifinal, o técnico Fábio Carille resolveu mudar. Além da entrada de Carlos Augusto no lugar do lesionado Danilo Avelar, outras duas novidades começaram a partida no Morumbi: Jadson e Ramiro.

O Timão, então, foi a campo com Cássio; Fagner, Manoel, Henrique e Carlos Augusto; Ralf, Júnior Urso e Jadson; Ramiro, Gustavo e Clayson.

Time vem com três alterações em relação ao time da semifinal

Meu Timão

Os donos da casa, por sua vez, foram surpreendidos com o desfalque de Igor Liziero. Cuca montou o time com Tiago Volpi; Hudson, Bruno Alves, Arboleda e Reinaldo; Luan, Igor Gomes e Everton; Antony, Carneiro e Everton Felipe.

Primeiro tempo

Querendo aproveitar o fator casa, o São Paulo rapidamente se lançou ao ataque, mas sem perigo para Cássio. No lance seguinte, ainda no primeiro minuto de jogo, Clayson fez grande jogada, cortou dois marcadores e bateu fraco, no meio do gol. O lance deu indícios do que seria a etapa inicial da final.

Reativo, o Timão se postou bem para tentar aproveitar os contra-ataques, sobretudo pelo lado esquerdo, com o camisa 25, mais uma vez muito bem. Ao lado do atacante, o grande destaque alvinegro vinha sendo Júnior Urso, muito participativo no meio de campo.

Aos 15 minutos, Jadson, que pouco apareceu, bateu falta na área. Na sobra, Ramiro bateu forte, por cima no gol. No lance seguinte, foi a vez de Everton tentar surpreender Cássio, com chute de fora da área. Atento, o arqueiro alvinegro deu um tapa para fora.

Dez minutos depois, banho de água fria na Fiel. Entre os melhores do Corinthians na partida, Júnior Urso sentiu a virilha e deixou o campo para dar lugar ao volante Richard, de característica mais defensiva.

Volante deixou o campo com dores na região da virilha

Volante deixou o campo com dores na região da virilha

Reprodução/TV

Muito pegado, o primeiro tempo se aproximava do fim sem grandes chances para nenhuma das equipes. Aos 34, porém, Fagner avançou bem pela direita e cruzou rasteiro. Marcado de perto, Gustavo não conseguiu o domínio.

No lance seguinte, a primeira aparição do VAR - árbitro de vídeo. Em chute do são paulino Everton, Ralf travou a finalização. O time da casa pediu pênalti, mas depois de mais de dois minutos de conferência, a penalidade não foi marcada.

Clayson, ainda principal válvula de escape do Timão, seguiu oferencendo perigo em suas arrancadas. Aos 45, deixou dois marcadores para trás em belo drible e bateu travado. A bola quase parou no pé de Gustavo, mas acabou afastada.

Antes do apito para o intervalo, deu tempo de Cássio mostrar toda sua importância. Em cabeçada de Arboleda, o camisa 12 fez grande defesa. A bola parecia se encaminhar para as redes após a intervenção com a mão, mas o ídolo da Fiel agiu rápido e afastou com o pé esquerdo.

Segundo tempo

O Corinthians começou a etapa final querendo jogo. No primeiro minuto, Carlos Augusto foi ao fundo e achou Ramiro. O volante tentou rolar para Richard, mas acabou errando o passe. No lance seguinte, Gustagol tentou arrancada, mas foi travado pela defesa.

Depois das tentativas, o São Paulo se reencontrou e também chegou duas vezes com perigo. Primeiro, Hernanes, que entrou no intervalo, bateu falta frontal na barreira. Depois, o próprio volante arriscou chute de fora, mas por cima do gol.

O jogo voltou a ficar muito truncado, mas com o time da casa rodando a bola e o Corinthians sem conseguir a posse para armar contra-ataques. Aos 12, Hernanes arriscou nova finalização e dessa vez acertou o alvo, mas parou em boa defesa de Cássio.

Mesmo pior na partida, o Timão achou um contra-ataque. Pela direita, Ramiro cruzou bem e achou Gustavo. O centroavante conseguiu cabecear, mas sem direção. O lance, porém, foi uma exceção ao que seguiu se desenhando no jogo: São Paulo com a bola e o Corinthians tentando usar o pivô do camisa 19 para avançar.

Corinthians tentou muios lançamentos para o pivô de Gustagol

Corinthians tentou muitos lançamentos para o pivô de Gustagol

Reprodução/TV

Aos 25 minutos, Carille fez sua segunda alteração na partida, sacando Jadson, pouquíssimo participativo no jogo, e colocando Mateus Vital. Assim que o meia entrou, porém, quem chegou com perigo foi o São Paulo - no segundo pau, Nenê apareceu livre, mas bateu mal, chutando para fora. Na sequência, Everton Felipe, nas costas de Fagner, cabeceou por cima.

Foi com Vital, porém, que o Timão tentou ameaçar. Após desarme de Carlos, o camisa 22 arrancou bem, mas o passe para Gustavo saiu sem força. No lance seguinte, escanteio batido pelo meia e Henrique, livre, testou para fora.

Na sequência, mais uma boa chance nos pés de Hernanes. O volante recebeu de Helinho, dominou e bateu forte, tirando tinta do travessão de Cássio. O lance animou os mandantes, que se lançaram ainda mais ao ataque - aumentando os espaços para as escapas alvinegras.

E os chutes de fora da área seguiram dando sustos na Fiel. Aos 39, Luan recebeu de frente e bateu com desvio, que acabou enganando Cássio. A bola, porém, passou rente a trave direita do goleiro. Depois do susto, mais uma mudança de Carille: Love no lugar de Ramiro.

A entrada do camisa 9 até ajudou o Corinthians a ficar mais com a bola, mas sem mudar o panorama da partida, que ainda teve um pedido de pênalti dos comandados de Carille negado pelo árbitro de vídeo. Fim de papo e a decisão fica para Itaquera.

Veja mais em: Campeonato Paulista e Majestoso.

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes