Corinthians marca no fim e vence amistoso contra o Vila Nova

29 mil visualizações 331 comentários Comunicar erro

Régis chegou a sair de campo, mas voltou após lesão e marcou gol da vitória

Régis chegou a sair de campo, mas voltou após lesão e marcou gol da vitória

Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

Vila Nova 1 X 2 Corinthians

Amistosos 2019
04 de julho de 2019, 21:30
Vila Nova 1 x 2 Corinthians
Serra Dourada

Depois de perder para o Botafogo-SP no último sábado, o Corinthians voltou a campo nesta quinta-feira para seu segundo amistoso durante a pausa para a Copa América. O adversário da vez foi o Vila Nova, em Goiás. E a equipe alvinegra levou a melhor.

Dessa vez, o Timão venceu por 2 a 1, com gols marcados por Vagner Love e por Régis, já nos acréscimos da segunda etapa. O meia, cabe ressaltar, saiu de campo no intervalo e voltou no fim de jogo, por conta de lesão sofrida por Janderson.

Agenda - Antes da volta do Brasileirão, marcada para o dia 14 de julho, contra o CSA, o Corinthians tem um último amistoso. Neste domingo, às 11h, a equipe visita o Londrina, em Maringá.

Escalação

Mesmo com o revés no primeiro amistoso de intertemporada, o técnico Fábio Carille promoveu uma única alteração na escalação alvinegra, colocando Boselli na vaga de Mateus Vital.

O Timão, então, começou o jogo com Walter; Bruno Méndez, Manoel, Henrique e Danilo Avelar; Ralf e Júnior Urso; Régis, Pedrinho e Vagner Love; Boselli.

Corinthians foi a campo com uma única alteração

Meu Timão

No segundo tempo, o comandante trocou todas as peças, escalando Caíque, Daniel Marcos, Marllon, João Victor e Carlos Augusto; Gabriel, Matheus Jesus e Sornoza; Janderson, Mateus Vital e João Celeri.

Do outro lado, o Vila Nova começou o confronto com Rafael Santos; Jeferson, Wesley, Jussai e Gastón; Ramon, Joseph, Mateus, Alan Mineiro e Richard; Bruno Mota.

Primeiro tempo

O começo de jogo mostrou um pouco do que seria a etapa inicial para o Corinthians. Logo no primeiro minuto, Walter foi testado e teve de fazer boa defesa para evitar o gol dos donos da casa, que vieram para cima.

Sem conseguir ficar com a bola, o Timão seguiu bastante inofensivo, enquanto os mandantes seguiam trocando passes na intermediária alvinegra. E o resultado disso foi nova defesa de Walter, aos oito minutos de jogo.

O jogo ficou feio, em ritmo de amistoso. Ainda assim, era o Vila Nova quem ditava o ritmo, ficando mais com a bola e errando menos passes que o Corinthians. Muito espaçado, o Timão viu Boselli isolado na frente, enquanto Carille tentou encaixar Pedrinho e Régis, sem sucesso.

30 minutos se passaram e nenhuma chance foi criada pelos time paulista. Ainda dominante e empurrado pela torcida, o Vila Nova voltou a levar perigo logo aos 31, em chute que chegou a bater na rede, mas pelo lado de fora.

Apesar do bom momento dos goianos, foi o Corinthians que abriu o placar. Aos 38 minutos, Walter deu lançamento preciso para Love, que aproveitou falha da defesa para marcar, na primeira finalização da equipe no jogo - o centroavante ainda escorregou e contou com a sorte para driblar o goleiro adversário.

Love marcou na única chance do Timão no jogo

Love marcou na única chance do Timão no jogo

Reprodução/TV

Segundo tempo

Como no amistoso contra o Botafogo, o técnico Fábio Carille promoveu onze alterações para a segunda etapa, voltando do intervalo com Caíque, Daniel Marcos, Marllon, João Victor e Carlos Augusto; Gabriel, Matheus Jesus e Sornoza; Janderson, Mateus Vital e João Celeri.

Mesmo bastante modificado, o Timão passou a ditar o ritmo do jogo. Logo aos cinco minutos, Carlos Augusto arrancou pela esquerda e cruzou bem. Atrapalhado por Janderson, que também ia na bola, Sornoza acabou não finalizando bem.

Quem balançou as redes, porém, foi o Vila Nova. No lance seguinte, Mateus Anderson apareceu nas costas de Carlos e obrigou Caíque França a fazer grande defesa. No rebote, Richard apareceu para conferir e empatar.

E o gol animou o Vila Nova. Aos 10 minutos, o mesmo Richard arriscou de fora da área. Após desvio, Caíque teve de afastar para a linha de fundo. Na sequência, o goleiro saiu para espalmar uma bola e quase tomou o gol, mas se recuperou bem para fazer outra grande defesa. Aos 12 minutos, outra bela intervenção do alvinegro.

A falta de entrosamento ficou evidente do lado alvinegro. Com poucas trocas de passe, o Timão tentou criar pelo lado direito, com os avanços do estreante Daniel Marcos, tentando fazer associações com Janderson e Sornoza.

Foi pela esquerda, porém, que a equipe chegou com mais perigo. Aos 24 minutos, Carlos Augusto finalizou forte, mas acabou travado pelo defensor adversário. No rebote, Vital cruzou sem sucesso para a área.

Aos 28 minutos, o jogo mudou de panorama. Em boa jogada, Matheus Jesus foi parado com falta forte. A entrada resultou na expulsão de Joseph, do Vila Nova - o jogador deixou o braço no volante alvinegro.

Ligado em campo, Janderson foi para uma dividida com o goleiro e levou a pior, tendo que deixar o campo. Como o embate é amistoso, Carille pôde recolocar o meia Régis, substituído no intervalo, em campo.

Aos 37, o jogo voltou a ter um pouco de emoção. Bem no jogo, Matheus Jesus dominou de frente para o gol e bateu forte de canhota, dando um susto no goleiro Rafael Santos. O Timão seguiu sondando a área adversária, mas sem grande perigo.

Já nos acréscimos, porém, Carlos Augusto cruzou na medida para Régis marcar seu primeiro gol com a camisa alvinegra, decidindo o amistoso em Goiás.

Veja mais em: Amistosos do Corinthians.

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a notícia: