Tiago Nunes quebra nesta quarta uma 'trilogia' de 12 anos no Corinthians

23 mil visualizações 79 comentários

Por Meu Timão

Pela primeira vez desde a famigerada temporada de 2007, que marcou o único rebaixamento do Corinthians à segunda divisão do Campeonato Brasileiro, o clube do Parque São Jorge vai iniciar um ano de trabalho sem ter no seu banco de reservas os três técnicos históricos deste período: Mano Menezes, Tite e Fábio Carille.

Tiago Nunes, que estreia nesta quarta-feira, contra o New York City, às 20h (de Brasília), pela Florida Cup, quebra a "trilogia" que marca o período de vitórias alvinegras recentes. O último antes dele a não ser integrante do trio e começar a temporada como treinador corinthiano foi Emerson Leão, em 2007.

Tiago Nunes é uma das principais novidades no Corinthians-2020

Tiago Nunes é uma das principais novidades no Corinthians-2020

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

A sequência foi iniciada em 2008, quando Mano Menezes acabou contratado para reerguer o clube em meio ao baque de jogar a Serie B nacional. O técnico, atualmente sem emprego depois de uma passagem pelo Palmeiras, também iniciou as temporadas de 2009 e 2010 no Timão.

Leia também:
Corinthians encara tradicional equipe de Nova Iorque em estreia na Florida Cup; veja detalhes
Marcelinho relembra conquista histórica e exalta time do Corinthians no Mundial de 2000
Corinthians contrata meia argentino e goleiro para reforçar o Sub-23

Foi a janela que precisava se abrir para que Tite, contratado em outubro do ano do centenário, emendasse a sua sequência. Na segunda passagem pelo Timão, o hoje comandante da seleção brasileira iniciou os trabalhos em 2011, 2012 e 2013, uma das melhores séries da história alvinegra.

Com um final ruim em 2013, foi Tite quem passou o bastão para Mano Menezes começar o ano em 2014, trabalhando até dezembro e promovendo uma troca inversa ao final: Tite, depois de um período sabático, voltou ao Timão para começar 2015 e 2016, saindo apenar para ser técnico do Brasil.

Aí entra o terceiro nome: Fábio Carille. A bem da verdade, o comandante dos tricampeonato paulista e do Brasileiro de 2017 esteve no banco de reservas de 2009, mas como auxiliar tanto de Mano como de Tite. Sua trajetória como o principal nome da comissão foi iniciada em 2017, continuando também em 2018 e 2019, mesmo com uma saída para a Arábia Saudita no meio do caminho.

Veja mais em: Tiago Nunes, Fábio Carille, Tite e Florida Cup.

Veja Mais:

  • Vagner Mancini encerrou  neste domingo a preparação para duelo contra o Red Bull Bragantino

    Corinthians encerra preparação para enfrentar o Red Bull Bragantino; veja provável escalação

    ver detalhes
  • Presidente do Corinthians lamentou tragédia que aconteceu na manhã deste domingo

    Presidente do Corinthians se solidariza após acidente aéreo que vitimou jogadores do Palmas

    ver detalhes
  • Corinthians e Red Bull Bragantino se enfrentam nessa segunda-feira

    Corinthians tem favoritismo contra o Bragantino nas casas de apostas

    ver detalhes
  • Duilio Monteiro Alves assumiu a presidência do Corinthians no último dia 4 de janeiro

    Corinthians deverá desembolsar R$300 mil por mês após veto de suspensão de pagamentos do Profut

    ver detalhes
  • [Vitor Chicarolli] Vitinho, do Flamengo, pode solucionar problemas do Corinthians em 2021

    ver detalhes
  • [Luis Fabiani] Mateus virou vital: a herança milionária que Mancini pode deixar no Corinthians

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: