Corinthians 1 x 1 Santos - Amistosos 2019

Amistosos 2019 - Corinthians 1 x 1 Santos

https://www.meutimao.com.br/jogo/13-01-2019/amistosos_2019/corinthians-1-x-1-santos

02:00

2019-01-13T17:30:00

Corinthians Corinthians 1 x 1 Santos Santos

Amistosos 2019

Sobre a Partida

Gustagol marca, mas Corinthians fica no empate em clássico alvinegro de pré-temporada

O autor do primeiro gol do Corinthians no ano de 2019 é... Gustagol! Com gol do camisa 19 (e assistência do canhoto André Luis), o Timão ficou no empate por 1 a 1 com o rival Santos na tarde deste domingo, na Arena Corinthians, em Itaquera, em clássico de pré-temporada. O zagueiro Pedro Henrique (contra) anotou para os visitantes.

Com a igualdade no placar, o troféu Gylmar dos Santos Neves, uma homenagem ao lendário goleiro que defendeu os dois clubes, foi entregue ao Corinthians, que recebeu menos cartões amarelos nos 90 minutos de bola rolando.

O Timão agora se volta à primeira rodada do Campeonato Paulista. O atual bicampeão estreia no próximo domingo diante do São Caetano, às 17h, na mesma Arena Corinthians.

Leia também:
Boselli 'se vira' e consegue ver amistoso do Corinthians no México; veja publicação
Corinthians apresenta jogadores à torcida divididos por setores; Carille é o mais ovacionado

Como jogamos

Carille escalou o Corinthians com quatro reforços e num 4-2-3-1, com Sornoza (esquerda) e André Luis (direita) abertos pelos lados do campo. A equipe, portanto, foi formada por Cássio (capitão), Fagner, Pedro Henrique, Henrique e Danilo Avelar; Richard e Ramiro; André Luis, Jadson e Sornoza; Gustavo.

Escalação titular ok - Corinthians x Santos

Meu Timão

Do outro lado, Jorge Sampaoli armou assim o Santos: Vanderlei, Victor Ferraz (capitão), Luiz Felipe, Gustavo Henrique e Orinho; Diego Pituca, Alison e Jean Mota; Derlis González, Felippe Cardoso e Bruno Henrique.

Primeiro tempo

Elenco vibra com gol de Gustagol no início do clássico alvinegro em Itaquera

Elenco vibra com gol de Gustagol no início do clássico alvinegro em Itaquera

Reprodução/TV

O Timão levou apenas quatro minutos para marcar seu primeiro gol em 2019. André Luis recebeu na ponta direita, cortou para o meio e cruzou na medida para Gustavo. O centroavante, reintegrado após empréstimo de destaque no Fortaleza, não desperdiçou e cabeceou firme, sem chances de defesa para Vanderlei.

O gol no início deu maior tranquilidade ao Corinthians nos primeiros minutos de amistoso. Com a bola, a equipe de Carille trocava passes com paciência e explorava os lados do campo com André Luis e Sornoza; sem ela, se defendia num 4-4-2, com Gustavo e Jadson mais à frente.

Gustagol quase faz o segundo:

Só que o Timão adotou postura bastante defensiva depois de abrir o placar, permitindo que o Santos trabalhasse a posse de bola à sua maneira e pisasse no campo de ataque com maior frequência. Num de seus primeiros ataques, o rival deixaria tudo igual na Arena Corinthians.

Aos 24 minutos do primeiro tempo, Jean Mota fez belo levantamento e viu o zagueiro Pedro Henrique, do próprio Corinthians, cabecear contra a própria meta. O lance fez a Fiel imediatamente aumentar o volume vindo das arquibancadas, deixando o ambiente da Arena ainda mais bacana.

Os donos da casa melhoraram na segunda parte do primeiro tempo, sobretudo quando a bola passava pelos pés do volante Ramiro, que dava dinâmica ao jogo alvinegro, marcava como poucos e ainda tinha fôlego para chegar ao ataque. Aos 41 minutos, de frente para o gol, o reforço ex-Grêmio finalizou de fora da área e viu a bola passar à direita do gol de Vanderlei.

Fora isso, muita movimentação e disputa das duas equipes que até abusaram das faltas ao longo da etapa inicial - oito contra seis.

Segundo tempo

Carille optou por não mexer no time no intervalo, possivelmente para dar ritmo àqueles que devem de fato iniciar a temporada como titulares. O clássico alvinegro recomeçou como havia terminado, com o Santos tomando a iniciativa e o Timão explorando os contra-ataques em velocidade. Jadson era o mais participativo dos corinthianos, chamando o jogo para si e tentando distribuir para os pontas.

Aos 16 minutos, enfim, todos os onze titulares foram substituídos. Carille escalava assim o Corinthians para os 30 minutos finais: Walter, Michel Macedo, Marllon, Léo Santos e Douglas; Thiaguinho e Araos; Gustavo Silva, Mateus Vital e Marquinhos Sousa; Roger.

Escalação reserva ok - Corinthians x Santos

Meu Timão

As inúmeras mudanças (também do lado santista) prejudicaram o nível técnico do clássico. Os donos da casa insistiam pelo lado esquerdo, onde Gustavo Silva dava trabalho aos defensores santistas; Marquinhos Sousa, aberto na direita, era discreto e pouco se apresentava à frente.

Sem o entrosamento necessário, o Corinthians pouco produziu na parte final da partida. Por outro lado, tratando-se de uma primeira aparição diante da torcida, a equipe foi combativa e deu bons sinais em campo. O goleiro Walter, por exemplo, quase não foi acionado.

O clássico serviu para Carille e Jorge Sampaoli terem uma melhor noção de seus elencos, além de mostrar às torcidas de ambos os clubes os jogadores que o defenderão ao longo de 2019.

No caso do Timão, dez atletas não estiveram à disposição, incluindo o centroavante argentino Mauro Boselli, principal contratação para a temporada.

Um bom teste e uma boa primeira impressão dos corinthianos em Itaquera. Agora é Paulistão!

Ficha técnica de Corinthians 1 x 1 Santos

Competição: Amistosos
Local: Arena Corinthians, São Paulo, SP
Data: 13 de Janeiro de 2019 (domingo)
Horário: 17h30 (de Brasília)
Árbitro: Vinicius Furlan
Assistentes: Marco Antônio de Andrade Júnior e Evandro de Melo Lima
Gols: Gustavo (Corinthians); e Pedro Henrique (gol contra) (Santos)
Cartões amarelos: Ramiro, Thiaguinho e Ángelo Araos (Corinthians); Victor Ferraz, Guilherme Nunes, Yuri Alberto e Daniel Guedes (Santos)
Público: 32.954 pagantes (público total: 33.173)
Renda: R$ 868.451,00

CORINTHIANS: Cássio (Walter); Fagner (Michel Macedo), Pedro Henrique (Léo Santos), Henrique (Marllon) e Danilo Avelar (Douglas); Richard (Mateus Vital) e Ramiro (Thiaguinho); André Luis (Gustavo Silva), Jadson (Ángelo Araos) e Sornoza (Marquinhos); Gustavo (Roger).
Técnico: Fábio Carille

SANTOS: Vanderlei; Victor Ferraz (Daniel Guedes), Luiz Felipe (Fábian Noguera), Gustavo Henrique e Orinho (Yuri); Diego Pituca (Copete), Alison (Guilherme Nunes) e Jean Mota (Arthur Gomes); Derlis González (Carlos Sánchez), Felippe Cardoso (Eduardo Sasha) e Bruno Henrique (Yuri Alberto).
Técnico: Jorge Sampaoli

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a partida: Corinthians 1 x 1 Santos

  • 1000 caracteres restantes