Independiente 0 x 1 Corinthians - Libertadores 2018

Libertadores 2018 - Independiente 0 x 1 Corinthians

https://www.meutimao.com.br/jogo/18-04-2018/libertadores_2018/independiente-0-x-1-corinthians

02:00

2018-04-18T21:45:00

Corinthians Corinthians 1 x 0 Independiente Independiente

Libertadores 2018

Sobre a Partida

Corinthians 'goleia' Independiente por 1 a 0 e assume liderança isolada de grupo da Libertadores

Corinthians e Independiente (ARG) fizeram na noite desta quarta-feira, em Avellaneda, na Grande Buenos Aires, um dos duelos mais eletrizantes do futebol sul-americano em 2018. Mesmo com chances para ambos os lados, brasileiros e argentinos empatavam sem gols até os 35 minutos do segundo tempo. Empatavam, no pretérito... De cabeça, Jadson marcou o único gol da vitória alvinegra, válida pela terceira rodada da fase de grupos da Libertadores.

O triunfo no estádio Libertadores de América dá ao Corinthians a liderança isolada do Grupo 7 do certame, com sete pontos. Millonarios (COL), com quatro pontos, e Independiente, três, ocupam segunda e terceira colocações, nesta ordem. O posto de lanterna da chave pertence ao Deportivo Lara (VEN), com três.

Para a partida, Carille optou por uma escalação com duas alterações em relação à da vitória sobre o Fluminense domingo passado, na Arena: Maycon e Jadson entraram nos respectivos lugares de Renê Júnior e Mateus Vital, opções no banco de reservas.

O Corinthians, portanto, foi a campo com a seguinte formação: Cássio, Fagner, Balbuena (capitão), Henrique e Sidcley; Ralf e Maycon; Ángel Romero, Jadson, Rodriguinho e Clayson.

Provável escalação para Corinthians x Independiente


Meu Timão

Já o Independiente, comandado por Ariel Holan, armou sua equipe com Campaña, Fabricio Bustos, Figal, Amorebieta e Gastón Silva; Nicolás Domingo, Gaibor, Verón, Martín Benítez e Menéndez; Silvio Romero.

Olho no Meu Timão! - O Corinthians volta a campo já no domingo, mas pelo Brasileirão. A equipe mede forças com o Paraná Clube fora de casa, às 11h, pela segunda rodada do Nacional.

O jogo

A promessa era de um Corinthians fechado e apostando nos contra-ataques contra um Independiente ofensivo, disposto a abrir o placar a qualquer custo. E foi assim em grande parte do primeiro tempo. A equipe argentina esbanjava posse de bola superior a 64%, mas encontrava dificuldades para fazer Cássio trabalhar. Em contrapartida, o Timão foi o primeiro a criar chance de perigo.

Aos 12 minutos, Clayson encontrou Maycon na entrada da área. O camisa 8 alvinegro, sem opções de passe, invadiu e finalizou rasteiro, obrigando o goleiro Campaña a fazer boa defesa. A partir daqui, o Independiente deu indícios de que dominaria o jogo – com direito a Silvio Romero perdendo gol dentro da área – mas o Corinthians de Carille, acostumado a sofrer, se fechava e contra-atacava em velocidade como em poucas partidas na atual temporada.

Veja a festa da Fiel no Libertadores de América

Rodriguinho deu ao menos três passes em profundidade ao longo da etapa inicial, um deles para Clayson, que poderia ter aberto o placar, mas perdeu o timing, freou e optou pelo arremate, posteriormente desviado para a linha de fundo. Em outro, Romero “maratonou” por metade do campo e bateu fraco, direto para as mãos do arqueiro do Independiente.

É possível dizer até que o Timão produzia acima do esperado, levando em consideração o adversário (maior campeão do torneio, com sete títulos), o peso de um duelo de Libertadores e o fator visitante. Sinais de que uma vitória em Avellaneda estava longe de ser sonho...

Ao Independiente, restava se mandar ao ataque em busca dos três pontos, pois jogava ao lado de sua torcida e, na teoria, tinha obrigação de vencer. Ariel Holan colocou o meia Meza e camisa 9 Gigliotti já no início do período complementar. Ainda assim, o Corinthians demonstrava maturidade em solo argentino, dava sossego a Cássio e impunha velocidade pelos lados do campo, embora pecasse na finalização.

Carille fez sua primeira substituição aos 28 minutos do segundo tempo, quando sacou Clayson, discreto, para a entrada de Mateus Vital. O objetivo era fazer o Timão ficar com a bola por maior tempo e ter fôlego novo tanto para atacar como para marcar.

Só que o Corinthians, torcedor, estava disposto a retornar ao Brasil com três pontos na bagagem. Aos 35 minutos, Vital cruzou da esquerda e encontrou Jadson, em posição regular, dentro da área. Mesmo marcado, o camisa 10 desviou e colocou os brasileiros à frente do placar na Argentina.

O time de Avellaneda, é bem verdade, chegou a balançar a rede do Timão aos 41. O trio de arbitragem, contudo, viu impedimento inexistente de Silvio Romero, que desviara para o gol e superara Cássio. Pois o Corinthians, que nada tem a ver com isso, fez o dever de casa (longe de casa) e somou três pontos bem-vindos!

Confira os próximos jogos do Corinthians

22 Abr, Dom, 11h00 - Paraná Clube x Corinthians
29 Abr, Dom, 16h00 - Atlético-MG x Corinthians
02 Mai, Qua, 21h45 - Corinthians x Independiente
06 Mai, Dom, 11h00 - Corinthians x Ceará
12 Mai, Sáb, 19h00 - Corinthians x Palmeiras

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a partida: Independiente 0 x 1 Corinthians

  • 1000 caracteres restantes