Com gol de Danilo e um jogador a menos, Corinthians vence mais um clássico contra o São Paulo

Corinthians Corinthians 1 x 0 São Paulo São Paulo

Paulista 2015

Com gol de Danilo e um jogador a menos, Corinthians vence mais um clássico contra o São Paulo

Por Meu Timão

Danilo marcou seu sexto gol contra o São Paulo

Danilo marcou seu sexto gol contra o São Paulo

Foto: Daniel Augusto Jr. / Agência Corinthians

Neste domingo, Corinthians e São Paulo realizaram o segundo clássico entre as duas equipes em 2015. Se encontrando anteriormente pela Libertadores, os dois times vieram quase completos para o jogo válido pelo Paulistão.

Do lado são paulino, o jogador Pato foi cortado da partida - isso porque o jogador ainda pertence ao Corinthians, e a cláusula estabelece que ele só poderia enfrentar o Timão mediante pagamento de multa.

Já no Timão, Tite não pôde contar com Renato Augusto e Fábio Santos, que seguem em tratamento no Departamento Médico do clube. Com isso, o Corinthians foi a campo com: Cássio, Uendel, Gil, Felipe, Fagner, Ralf, Elias, Danilo, Jadson, Emerson Sheik e Guerrero.

A partida aconteceu no Morumbi, onde o São Paulo vive tabu: desde 2007 são 13 jogos sem vencer o Corinthians em seu próprio estádio. Talvez por isso, o rival do Timão viu um cenário desolador no clássico: pouquíssimos torcedores são paulinos compareceram à partida.

Primeiro tempo com golaço

O primeiro tempo da partida começou faltoso, mas logo nos minutos iniciais, o Corinthians abriu o placar. Aos 10 minutos, Danilo fez um golaço - mesmo chutando de perna direita, após receber um cruzamento de Guerrero. O jogador igualou a marca de Elias - que também tem seis gols sobre o São Paulo.

O gol no início determinou o ritmo do primeiro tempo, o Corinthians parecia administrar mais a partida, e confiava no seu sistema defensivo. Com isso, o Timão acabou perdendo posse de bola - a etapa terminou com 35% de posse de bola para Corinthians, 65% para os rivais.

Embora tenha controlado menos a bola, o Corinthians foi mais efetivo - e acertou as 4 finalizações no gol de Rogério Ceni. A defesa também funcionou melhor, e pôs em prática a linha de impedimento que vem sido fortemente treinada por Tite: em 5 momentos, o Timão deixou o ataque adversário em posição irregular.

Segundo tempo com show de Cássio

A segunda etapa da partida mal começou, e a arbitragem já cometeu erros que prejudicaram o Corinthians. Em lance polêmico, Gil levou amarelo por ter colocado a mão na bola logo aos 7 minutos. No lance, a bola foi chutada em cima do jogador, que levantou o braço para se defender - na interpretação do árbitro, o lance foi intencional e o zagueiro levou o cartão.

O problema é que Gil já tinha um cartão amarelo - que veio "de graça" no primeiro tempo, quando o juiz distribuiu cartões após reclamações de Ganso. Com o segundo amarelo, Gil foi expulso e o São Paulo conquistou um pênalti.

Rogério Ceni chegou para bater e perdeu seu segundo pênalti para o gigante Cássio. Apesar de manter a vantagem no placar, a situação ficaria mais difícil para o Corinthians - por isso, Tite fez a primeira substituição. O treinador chamou Edu Dracena no lugar de Danilo, para recompor a defesa.

Com um a menos, o São Paulo chegou mais vezes durante o segundo tempo, mas durante todo o tempo Cássio esteve firme no gol, fazendo grandes defesas. O zagueiro Felipe também fez grande atuação, e o Corinthians segurou o resultado. Aos 22 minutos, o treinador mexeu novamente para reestruturar o time corinthiano, tirando Sheik - que já tinha amarelo - para a entrada de Cristian.

Aos 35 minutos, a última alteração seria a entrada de Malcom, mas Fagner sentiu dores e Tite preferiu a entrada de Edilson na lateral, para evitar o desgaste de jogadores. A partida terminou sob gritos de olé da torcida corinthiana, que fez a festa no Morumbi.

Com o resultado, o Corinthians chegou em 13 jogos sem perder na casa dos rivais. Os dois times já tem um terceiro encontro marcado para o dia 22 de abril, pelo jogo de volta da Libertadores da América.

Quem Atuou

Títulares

Reservas

Técnico

Árbitro

Comente a partida entre Corinthians e São Paulo

  • 1000 caracteres restantes