Tricampeão mundial com a Seleção critica ataque do Corinthians

Tricampeão mundial com a Seleção critica ataque do Corinthians

Por Meu Timão

André (foto) e Romero foram destaques da coluna de Tostão no jornal Folha de S.Paulo

André (foto) e Romero foram destaques da coluna de Tostão no jornal Folha de S.Paulo

Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Não é apenas a torcida do Corinthians que está insatisfeita com o rendimento de Ángel Romero e André no Campeonato Brasileiro. Apontado como um dos maiores jogadores da história, o ex-centroavante Tostão usou a ironia para criticar a dupla de atacantes do Timão em sua coluna desta quarta-feira do jornal Folha de S.Paulo.

Em um trecho do texto, o herói do tricampeonato mundial da Seleção apontou o clube do Parque São Jorge como um dos postulantes ao título brasileiro, mas mandou um recado: Romero e André não podem ser titulares do Corinthians comandado por Cristóvão Borges.

“Enquanto isso, a bola rola no Brasileirão. Quase todos os times marcam também com quatro no meio-campo. Apesar de Bolaños ter perdido vários gols na vitória sobre o Corinthians, o Grêmio tem agora um atacante veloz, que se infiltra entre ou nas costas dos zagueiros, para receber a bola. Se o Corinthians for campeão – é um dos candidatos ao título –, com a dupla de atacantes formada por André e Romero, será um descrédito para o campeonato.”, escreveu.

Tostão se tornou ídolo do Cruzeiro na década de 60. Ainda jovem, desfilou habilidade com a camisa da equipe de Belo Horizonte e não demorou a virar ídolo da torcida. Na temporada anterior ao Mundial de 1970, levou um chute no olho esquerdo do zagueiro Castañas, do Millonarios de Bogotá, da Colômbia, e foi diagnosticado com deslocamento da retina. Operado, disputou a Copa do Mundo no México e foi campeão ao lado de Pelé e Jairzinho. Deu fim à carreira em 1974 por conta da contusão.

Leia a coluna de Tostão na Folha de S.Paulo na íntegra

Na retranca, a seleção feminina da Suécia empatou em 0 a 0 com o Brasil e ganhou nos pênaltis.

Hoje, a modesta Honduras, dirigida pelo colombiano Jorge Luis Pinto, treinador da seleção da Costa Rica na Copa de 2014, a grande surpresa daquele Mundial, deve repetir a estratégia usada na Copa, a de marcar com nove jogadores à frente da área e contra-atacar com velocidade, principalmente pelo lado do lateral-direito Zeca, sempre mal posicionado.
Zagallo, na Copa de 1958, percebeu que um time não podia ter apenas dois jogadores marcando no meio-campo. Quando o Brasil perdia a bola, ele recompunha pela esquerda e formava um trio no meio, com Zito e Didi. Quando a equipe recuperava a bola, Zagallo avançava como um ponta pela esquerda. Em 1962, fez o mesmo, o que foi repetido pela seleção na Copa de 1970, com Rivellino, dirigida por Zagallo. Hoje, a maioria das equipes de todo o mundo joga dessa forma, porém, dos dois lados. Quando perdem a bola, marcam com quatro no meio-campo (dois volantes e um meia de cada lado).

A seleção olímpica, nos dois primeiros jogos, atuou como na Copa de 1954, antes de Zagallo, com apenas dois jogadores no meio-campo e com quatro na frente (4-2-4), com os dois “Gabrieis”, Neymar e o meia-atacante Felipe Anderson. Nenhum voltava para marcar. Por influência de Tite, a equipe mudou. Quando perdia a bola, jogava com um Gabriel de cada lado, marcando e atacando, em uma linha de quatro no meio-campo. Com isso, Neymar atuou mais livre pelo centro, formando dupla com Luan. O time melhorou.

Enquanto isso, a bola rola no Brasileirão. Quase todos os times marcam também com quatro no meio-campo. Apesar de Bolaños ter perdido vários gols na vitória sobre o Corinthians, o Grêmio tem agora um atacante veloz, que se infiltra entre ou nas costas dos zagueiros, para receber a bola. Se o Corinthians for campeão – é um dos candidatos ao título –, com a dupla de atacantes formada por André e Romero, será um descrédito para o campeonato.

O Santos, bastante desfalcado, ganhou por 3 a 0 do Atlético, apontado como o maior favorito, por causa de cinco vitórias seguidas. Agora, o melhor é o Palmeiras. De novo. Até quando? Imagino que se o Santos, na Vila Belmiro, jogar com o time juvenil contra qualquer adversário, é favorito. Deve ser por causa dos fantasmas, vivos ou mortos, dos grandes craques do passado, que habitam o estádio e que ficaram impregnados no inconsciente coletivo dos jogadores, desde as categorias de base. Além disso, os adversários tremem na Vila.

O Flamengo, outro candidato ao título, parece que vai e não vai. O time tem três centroavantes, só joga um (Guerrero), três meias de ligação, Diego, Mancuello e Alan Patrick, mas só tem jogadores razoáveis pelos lados.

Apesar de alguns acidentes e de algumas bandidagens, as Olimpíadas continuam majestosas. O Rio, além da beleza, sabe celebrar as festas e a vida. Os atletas, além de profissionais, se emocionam e lutam por algo inexplicável, que transcende a conquista da medalha de ouro e os ganhos materiais.

Sobe e desce

Quando parecia que o Cruzeiro teria várias boas atuações e vitórias seguidas, empata um jogo, em casa, que deveria ter vencido, contra o Coritiba, que também luta contra o rebaixamento. A ausência de Fábio por todo o campeonato é preocupante. O Cruzeiro já deveria procurar outro goleiro, com urgência.

Quando parecia que o Atlético era o time para se distanciar dos outros candidatos ao título do Campeonato Brasileiro, perde por 3 a 0 para um Santos sem seus melhores jogadores. Apesar da derrota na Vila Belmiro, é bonito ver o volante Rafael Carioca jogar. Dizem que Tite vai convocá-lo para as Eliminatórias. Se for, será merecido.

Quando parecia que existia uma esperança de o América ter uma trajetória heroica, o time volta a perder.

Veja Mais:

  • Pablo já disse mais de uma vez que quer permanecer no Corinthians

    Corinthians sobe oferta e espera sim de Pablo: 'Espero que seja suficiente'

    ver detalhes
  • Alvo do Corinthians, Roger deve ser oficializado como reforço do Internacional nos próximos dias

    Decisão de Roger não é repudiada pela diretoria do Corinthians: ‘Faz parte...’

    ver detalhes
  • Ginásio Wlamir Marques recebeu jogo 4 da final do NBB em 2017

    Corinthians faz pré-inscrição na Liga Ouro e reativa basquete após 21 anos

    ver detalhes
  • 32 mil torcedores foram ao estádio em Itaquera no último treino aberto

    Por agradecimento à Fiel, Corinthians deve abrir treino no sábado na Arena

    ver detalhes

Comente a notícia:

  • 1000 caracteres restantes
  • Melhores comentários

    Foto do perfil de Zec

    Ranking: 1581º

    Zec 500 comentários

    por @zec.miranda

    André foi indicação do Tite, só ele viu condições nesse jogador, enquanto isso mandou embora Marquinhos porque era da base e Não deu chance pra nenhum garoto no ataque e quase acabou com a carreira do Malcom.

  • Foto do perfil de Victor

    Ranking: 2316º

    Victor 333 comentários

    por @victorrios

    Todo mundo menos o Cristóvão acha que Romero e André não da.

  • Últimos comentários

    Foto do perfil de Vinicius

    Ranking: 1369º

    Vinicius 574 comentários

    171º. por @vinizl17

    KKKKKKKKKKKKKKKKK esse papinho de "eu amo o clube, não tenho ídolos" é a coisa mais tosca que inventaram. Desculpa aí fortão, evoluidão KKKKKKKKKKKK vá carpir um lote antes de falar besteira

  • Foto do perfil de Vinicius

    Ranking: 1369º

    Vinicius 574 comentários

    170º. por @vinizl17

    Eu que te pergunto se dói ver um cara que ganhou todos os títulos possíveis estar no auge e ser um dos maiores ídolos da história do clube e da torcida, e você aí, sentindo rancor e inveja... :/

  • Foto do perfil de Vinicius

    Ranking: 1369º

    Vinicius 574 comentários

    169º. por @vinizl17

    Grandes nós somos há muitos e muitos anos. Mas os títulos que ganhamos nos últimos anos foram sim, em parte, graças ao Tite.

    Na minha opinião, gratidão independe de ser pago ou não. Eu sinto gratidão por meus professores por exemplo, ainda que eu tenho pago para eles me ensinarem... Acho que gratidão independe de valores, mas enfim... Minha opinião.

    Foto do perfil de Janio

    Janio 2205 comentários

    20/08/2016 às 17h07 por @janio.souza

    Segue o jogo! Os modinhas pós Tite acreditam que somos grandes por causa do Tite...
    Não venero jogador e nem tenho gratidão até porque nenhum jogou de graça ou fez um favor... Todos muitoooooo bem pagos... Ou seja nosso Clube pagou... É como o jardineiro da minha casa.. Não é porque meu jardim é lindo e fantástico que devo ter gratidão para com ele... Eu paguei e muito bem para ter esse jardim...

  • Foto do perfil de Janio

    Ranking: 252º

    Janio 2205 comentários

    168º. por @janio.souza

    Segue o jogo! Os modinhas pós Tite acreditam que somos grandes por causa do Tite...
    Não venero jogador e nem tenho gratidão até porque nenhum jogou de graça ou fez um favor... Todos muitoooooo bem pagos... Ou seja nosso Clube pagou... É como o jardineiro da minha casa.. Não é porque meu jardim é lindo e fantástico que devo ter gratidão para com ele... Eu paguei e muito bem para ter esse jardim...

    Foto do perfil de Vinicius

    Vinicius 574 comentários

    19/08/2016 às 17h57 por @vinizl17

    Não tem que venerar ninguém, o que não acho certo é ser ingrato, é ficar ofendendo o maior treinador da história do clube.
    E também não pode mentir sobre o Everton Ribeiro sendo que o primeiro a "dispensá-lo" do clube foi o Mano, então não tem que colocar na conta (só) do Tite não.
    E nem ficar chamando de "viúva" quem tem ídolos no clube, simplesmente porque você não tem...

    E o Tite é o Tite graças ao Corinthians sim. Mas o Corinthians é campeão da Libertadores e do Mundial 2012 graças ao Tite também... E dos outros títulos também.
    Talvez em outro clube, o Tite não teria tido toda essa história que teve no Corinthians. Mas talvez sem o Tite, o Corinthians não teria tido todas essas conquistas que teve.

    Então é uma parceria, onde o clube e o treinador são completamente e igualmente responsáveis por tudo. Assim como os jogadores.

  • Foto do perfil de Vinicius

    Ranking: 1369º

    Vinicius 574 comentários

    167º. por @vinizl17

    Não tem que venerar ninguém, o que não acho certo é ser ingrato, é ficar ofendendo o maior treinador da história do clube.
    E também não pode mentir sobre o Everton Ribeiro sendo que o primeiro a "dispensá-lo" do clube foi o Mano, então não tem que colocar na conta (só) do Tite não.
    E nem ficar chamando de "viúva" quem tem ídolos no clube, simplesmente porque você não tem...

    E o Tite é o Tite graças ao Corinthians sim. Mas o Corinthians é campeão da Libertadores e do Mundial 2012 graças ao Tite também... E dos outros títulos também.
    Talvez em outro clube, o Tite não teria tido toda essa história que teve no Corinthians. Mas talvez sem o Tite, o Corinthians não teria tido todas essas conquistas que teve.

    Então é uma parceria, onde o clube e o treinador são completamente e igualmente responsáveis por tudo. Assim como os jogadores.

    Foto do perfil de Janio

    Janio 2205 comentários

    18/08/2016 às 23h09 por @janio.souza

    Tite é Tite devido ao Corinthians e não o contrário! Porque eu tenho que venerar alguém? Não entendi... Gosto apenas do Corinthians... Jogador, treinador e presidente... A merda... Amo apenas meu clube... O resto é resto...

  • Foto do perfil de Ricardo

    Ranking: 668º

    Ricardo 1034 comentários

    166º. por @ricardo.cardoso.gome

    Exatamente, não seria hipócrita de não reconhecer o que ele fez aqui, só deixou a desejar msm nesse quesito.

    Foto do perfil de Vinicius

    Vinicius 574 comentários

    19/08/2016 às 17h48 por @vinizl17

    Claro, jamais disse isso. O fato dele errar às vezes o faz humano... E errou, como todos os treinadores. Mas ao contrário de todos os outros que já estiveram aqui, acertou mais e ganhou mais. É que tem vários aqui no fórum que são ingratos, mas acho que não é seu caso. Abraço

  • Foto do perfil de Vinicius

    Ranking: 1369º

    Vinicius 574 comentários

    165º. por @vinizl17

    Claro, jamais disse isso. O fato dele errar às vezes o faz humano... E errou, como todos os treinadores. Mas ao contrário de todos os outros que já estiveram aqui, acertou mais e ganhou mais. É que tem vários aqui no fórum que são ingratos, mas acho que não é seu caso. Abraço

    Foto do perfil de Ricardo

    Ricardo 1034 comentários

    18/08/2016 às 22h23 por @ricardo.cardoso.gome

    Vamos ver. Não é porque ganhou títulos que ele é Deus não, fez cagada dispensando o Marquinhos e pedindo esses perebas que chegou ao clube.

  • Foto do perfil de Ronnie

    Ranking: 301º

    Ronnie 1906 comentários

    164º. por @ronnie.damiao

    Respeito seu ponto de vista Jonathan...
    Conheço e também respeito o trabalho dele a muito tempo desde quando fui assinante do Estado de Minas...
    Talvez eu não tenha sido claro na minha dissertação...
    Só quis ressaltar que seja quem for da mídia falando do Corinthians a repercussão a abrangência sempre será maior...
    Discordo de algumas coisas que ele falou mas...

    Respeitosamente...

    Foto do perfil de Jonathan

    Jonathan 674 comentários

    19/08/2016 às 08h57 por @jonsccp82

    O que eu vi foi uma análise correta e sóbria. A preocupação com ibope passou longe deste texto do Tostão que, convenhamos, é um dos melhores comentaristas da atualidade e respeitado no mundo todo.

    Gênio dentro e fora dos gramados!

  • Foto do perfil de Tiago

    Ranking: 5560º

    Tiago 108 comentários

    163º. por @tiago.eterno.7x1

    Que? Quem não jogava por causa de bastidores? Malcon sempre jogava, sempre foi titular, até a torcida criticava por ele sempre ser titular

    Foto do perfil de Leonardo

    Leonardo 18 comentários

    19/08/2016 às 08h28 por @leonardo.silva123

    Alguns Não jogavam por conta dos bastidores tá na cara isso

  • Foto do perfil de Beto

    Ranking: 3855º

    Beto 182 comentários

    162º. por @beto.naarea

    Quando achei que Serginho, Didi, Mark Willians e Souza eram péssimos, veio André e Romero para relembrar tempos medonhos... Dá até saudade de Finazzi...