De volta ao Corinthians, Roberto de Andrade tem desafios de curto prazo; entenda

2.3 mil visualizações 39 comentários Comunicar erro

Por Meu Timão

Roberto de Andrade é presidente do Corinthians desde fevereiro de 2015

Roberto de Andrade é presidente do Corinthians desde fevereiro de 2015

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O presidente do Corinthians, Roberto de Andrade, voltou a trabalhar nesta segunda-feira. Quase uma semana depois de receber alta do hospital Albert Einstein, onde passou três dias internado por dores no peito, o dirigente retomou as atividades inerentes ao cargo no Timão normalmente. E ele tem uma série de pendências para resolver num curto espaço de tempo.

A primeira delas diz respeito à homenagem a ser prestada pelo Corinthians às vítimas da tragédia da Chapecoense, que perdeu grande parte do elenco, comissão e diretoria no acidente aéreo da última terça-feira, nas proximidades de Medellín, na Colômbia. O clube discute a possibilidade de quebrar o protocolo e entrar em campo de verde, ou até mesmo com o uniforme do clube catarinense, na rodada final do Campeonato Brasileiro, contra o Cruzeiro, no Mineirão – de acordo com o repórter Marco Bello, colunista do Meu Timão, o marketing alvinegro aguarda apenas o aval da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para viabilizar a ação.

Para o diretor de futebol Flávio Adauto, recém-anunciado por Roberto, o tributo é mais do que válido. “Por mim, o Corinthians joga de camisa verde, calção verde, meia verde. Mas tem que ver uniforme um, uniforme dois, conversar com patrocinador, o que acho é que não teríamos problema. Vimos modelo, layouts de como seria, camisa branca com distintivo da Chapecoense... gente, o que for o melhor para o momento e significar participar das homenagens, estaremos fazendo. A cor é o menos importante neste momento”, explicou o dirigente em entrevista concedida na semana passada.

A decisão sobre qual cor os jogadores do Timão vestirão no próximo domingo, contudo, não parece ser tão complicada. Isso porque o presidente atravessa período conturbado na política do clube e, em novembro, teve o pedido de impeachment protocolado por um grupo de conselheiros de oposição na Comissão de Ética. Como determina o estatuto vigente do Corinthians, o prazo para apresentação de defesa teve início segunda-feira passada e segue por dez dias.

Por fim, Roberto também terá de definir o futuro do lateral-esquerdo Guilherme Arana. Com proposta da Inter de Milão, da Itália, o jogador aguarda a posição do presidente quanto ao interesse da equipe paulista em vendê-lo. A oferta estaria na casa dos 5 milhões de euros (cerca de R$ 18,4 milhões) – 40% do valor entraria nos cofres do Parque São Jorge.

Em tempo: mesmo com o fim da temporada próximo, o Corinthians já discute o planejamento do departamento de futebol de 2017. A diretoria busca contratações e depende da classificação à Libertadores para saber, de fato, o quanto poderá investir.

Veja mais em: Roberto de Andrade, Acidente aéreo da Chapecoense, Impeachment e Diretoria do Corinthians.

Veja Mais:

  • Volante ao lado do idoso atropelado e de sua família

    Ralf transfere vítima de acidente de hospital e faz visita nessa segunda-feira

    ver detalhes
  • Neto acusa elenco corinthiano de tentar derrubar Carilleneto

    Neto acusa elenco corinthiano de tentar derrubar Carille, detona jogadores e faz apelo ao técnico

    ver detalhes
  • Imagina como seria se você tivesse Fábio Carille como seu chefe no seu trabalho

    [Mayara Munhoz] Imagina como seria se você tivesse Fábio Carille como seu chefe no trabalho

    ver detalhes
  • Declarações de Carille não estão sendo bem recebidas pelo ambiente do Corinthians

    Declarações de Carille são vistas como 'desnecessárias' e incomodam ambiente no Corinthians

    ver detalhes
  • Ramiro foi disparado o corinthiano que mais falou e gesticulou no treino desta segunda

    Janderson e Régis goleadores, Ramiro líder: reservas treinam forte por reabilitação no Corinthians

    ver detalhes
  • Ralf foi único jogador entre aqueles hoje considerados titulares que treinou com bola nesta segunda

    Sem punição, Ralf volta ao Corinthians e deve ser opção para Carille quarta-feira

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: