Carille: 'Só saio do Corinthians quando me mandarem embora'

5.8 mil visualizações 32 comentários

Por Meu Timão

Feliz com oportunidade no Timão, Carille descarta aceitar proposta futura antes do fim do contrato

Feliz com oportunidade no Timão, Carille descarta aceitar proposta futura antes do fim do contrato

Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

Elogiado pelo início do Corinthians no Campeonato Brasileiro, Fábio Carille não pretende deixar o clube tão cedo. O treinador do Timão, que assumiu a equipe no fim de 2016 e a levou ao título do Campeonato Paulista em menos de seis meses, descarta aceitar uma eventual proposta antes do término de seu contrato. Aliás, ele vai além: só sairá do Parque São Jorge quando for obrigado.

O Corinthians me deu a oportunidade e eu só saio quando me mandarem embora”, disse Carille, em entrevista à Rádio Bandeirantes. “Nunca imaginei começar no Corinthians. Normalmente os técnicos iniciam nas categorias menores e sou um privilegiado, pois sou respeitado e muito feliz”, acrescentou o técnico.

Carille chegou ao Corinthians no início de 2009 a pedido de Mano Menezes. O ex-lateral-esquerdo foi incorporado à comissão técnica permanente do clube e trabalhou até 2016 como auxiliar, sendo responsável até por treinamentos específicos do grupo profissional no CT Joaquim Grava.

Leia também: Como o Corinthians deixou o 'jogo reativo' para ser a equipe que mais trocou passes no Brasileirão

Sincero, Carille não esconde o fato de ter se espelhado em Tite, ex-Corinthians e hoje comandante da Seleção Brasileira. Ele também rende elogios a grandes treinadores do futebol europeu. “Costumo falar do Tite, pois convivi com ele por cinco anos meio e seis títulos. É a linha que eu sigo. O Guardiola, Simeone e o Mourinho são grandes técnicos, mas é difícil de falar, pois não tenho convivência”.

Com duas vitórias e um empate, o Timão quer manter o embalo na fase inicial do Brasileirão. A equipe alvinegra fará seu primeiro clássico neste sábado, diante do Santos, às 19h (de Brasília), na Arena Corinthians. Para Carille, a ideia é manter o padrão de desempenho do time.

“Temos que nos manter equilibrados, a mesma estratégia. Hoje somos líderes e estamos na terceira rodada. Para vencermos o Santos precisamos ser consistentes”, projetou o técnico, que descarta fazer projeções a longo prazo. “Vamos brigar por coisas grandes, por objetivos grandes. Se vai ser campeão eu não sei, mas vamos trabalhar bastante”, concluiu.

Veja mais em: Fábio Carille, Campeonato Brasileiro e Tite.

Veja Mais:

  • Banco BMG deve mudar as cores de seu logo no novo uniforme do Corinthians

    Patrocinador desafia torcida do Corinthians e condiciona logotipo preto e branco a novas contas

    ver detalhes
  • Corinthians ficou no empate por 1 a 1 com o Ituano no último compromisso antes da paralisação

    Governador de São Paulo indica prazo para anunciar retorno do Paulistão; saiba previsão

    ver detalhes
  • VÍDEO: Nova camisa do Corinthians não é só no futebol: olha essa história do Free Fire do Timão

    ver detalhes
  • Manhã foi de trabalhos coletivos no CT Joaquim Grava

    Tiago Nunes comanda trabalhos coletivos em reapresentação do Corinthians após folga; veja fotos

    ver detalhes
  • Gabriel Pereira vem treinando com os profissionais do Corinthians

    Técnico que trouxe Gabriel Pereira ao Corinthians analisa chegada do meia ao profissional

    ver detalhes
  • Elenco trabalha com bola desde a última quarta-feira

    Corinthians inicia segunda semana de trabalhos com bola no CT; relembre como foram primeiros dias

    ver detalhes

Últimas notícias do Corinthians

Comente a notícia: